Teaching and learning of undergraduate Dentistry: students' perception of humanized care in a dental education institution

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.20843

Keywords:

Humanization of assistance; Education, higher; Comprehensive health care; Qualitative research.

Abstract

The present study sought, through a qualitative research, to understand the perception of humanization, among dentistry students, in dental care, in teaching clinics of a public university in the Southeast region of Brazil. Among the data production techniques, the focus group was chosen, in order to promote a participatory discussion of the study topic. Six students participated in this research, from different age groups and periods. Regarding the period, the participants were between the first and eighth period of the Dentistry course. Two participants were in the initial periods, having experienced visits to the Basic Health Unit and four students were in the periods with clinical experience and greater contact with the patient. As theoretical support for the elaboration of the script, the guidelines of the National Humanization Policy were used. The findings were interpreted according to content analysis, based on Symbolic Interactionism, which seeks to understand the relationship of social groups with human conduct in their daily relationship. After interpretation, three themes emerged: Perception of humanization; Humanization and Teaching and Users' Rights. It is important, in undergraduate courses in Dentistry, that the teaching of humanization is covered in a transversal way, in order to make theoretical approaches, with a vision that goes beyond the understanding of the human being collectively and individually in the process of comprehensive care.

Author Biographies

Rosa Núbia Vieira de Moura, Universidade Federal de Minas Gerais

Especialista em Saúde Pública pela Faculdade São Camilo/SP, Especialista em Saúde da Família pela Universidade Federal do Amazonas-UFAM, Mestre em Patologia Tropical pela UFAM, Doutora em Saúde Coletiva pela UFMG e Pós-doutorado/Saúde Coletiva pela UFMG.

Viviane Elisângela Gomes, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestre e doutora em Odontologia pela Universidade Estadual de Campinas - FOP/UNICAMP 

Efigênia Ferreira e Ferreira, Universidade Federal de Minas Gerais

Especialista em Saúde Coletiva pela PUCMINAS, mestre em Odontologia- Clinica Odontológica, pela Universidade Federal de Minas Gerais  e doutora em Ciência Animal - Epidemiologia, pela Universidade Federal de Minas Gerais.

References

Brasil. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação / Câmara de Educação. Resolução CNE/CES nº 3/2002, de 19 de fevereiro de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Odontologia.

Brasil. Ministério da Saúde. HumanizaSUS: Política Nacional de Humanização: a humanização como eixo norteador das práticas de atenção e gestão em todas as instâncias do SUS. Ministério da Saúde, 2004. 19p.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. Acolhimento nas práticas de produção de saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2006.

Brasil. Ministério da Saúde. Glossário temático: promoção da saúde. Ministério da Saúde, 2012. p. 23.

Brasil. Ministério da Saúde. Política Nacional de Humanização - PNH. 2013a.

Brasil. Ministério da Saúde. Financiamento público de saúde / Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana da Saúde. Ministério da Saúde, 2013b. 124p.

Brasil. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação / Câmara de Educação. Resolução CNE/CES nº 3, de 21 de junho de 2021 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Odontologia e dá outras providências.

Backes, D. S., Santos, K., M., Ribeiro, L. R. A. C., Crespo Drago, L., Klock, P. & Lorenzini Erdmann, (2009). A. O que os usuários pensam e falam do Sistema Único de Saúde? Uma análise dos significados à luz da carta dos direitos dos usuários. Ciência & Saúde Coletiva. 14(3):903-910.

Barck, M. M., Posanski, M., Oliveira, K. V. de. Brancher, J. A., Kriger, L. & Gabardo, M. C. L. (2018). Alteridade e empatia: virtudes essenciais para a formação do cirurgião-dentista, Revista da ABENO. 18(2):104-113.

Benevides, R. & Passos, E. (2005). Humanização na saúde: um novo modismo? Interface - Comunic, Saúde, Educ. 9(17):389-406.

Blumer, H. Symbolic Interactionism: Perspective and Method. Berkeley: University of California Press, 1969. 219p.

Carter, M. J. & Fuller, C. (2015). Symbolic interactionism. Sociopedia.isa. 1:1-17.

Carvajal, M., López, S., Sarabia-Alvarez, P., Fontealba, J., Padilla, M., Sumi, J., & Díaz-Narváez, V. P. (2019). Empathy levels of dental facult and students: a survey study at na academic dental instituion in Chile. Jounal of Dental Education. 83(10):1134-1141.

Castro, B. C. S., Almeida, L. G., Silva, R. C. & Goulart, B. F. (2019). Derechos y deberes de los usuarios del Sistema Único de Salud: relato de experiência. REFACS (online). 7(1):111-118.

Emmi, D. T., Silva, D. M. C. & Barroso, R. F. F. (2018). Integrated teaching to service experience in Health professional education: perception of dentistry students and graduates. Interface (Botucatu). 22(64):223-236.

Faé, J. M., Silva-Junior, M. F., Carvalho, R. B. de. Esposti, C. D. D. & Pacheco, K. T. S. (2016). A integração ensino-serviço em Odontologia no Brasil. Rev. ABENO [online]. 16(3):07-18.

Fortes, P. A. C. (2004). Ética, direitos dos usuários e políticas de humanização da atenção à saúde. Saúde Soc. 3(3):30-35.

Forte, F. D. S., Pessoa, T. R. R. F., Freitas, C. H. S., Pereira, C. A. L. & Junior, P. M. C. (2015). Reorientação na formação de cirurgiões-dentistas: o olhar dos preceptores sobre estágios supervisionados no Sistema Único de Saúde (SUS). Interface Comunicação Saúde Educação. 19(1):831-43.

Freire, Paulo. Pedagogia do oprimido. (73a ed.), ed. Paz e Terra, 2020. 256p.

Fuente-Martos, C. De La, M., rojas-Amezcua, M. R., gómez-Espejo, P., Lara-aguayo, E., Morán-Fernandez, E., Aguilar-Alonso, E. (2018). Humanization in healthcare arises from the need for a holistic approach to illness. Medicina Intensiva. 42(2):99-109.

Gatto Junior, J. R., Santo, A. S. dos. Brito, E. S. de. & Freitas, I. M. (2012). O Direito Humano à Saúde no Brasil e a Carta dos Direitos dos Usuários da Saúde. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics 1(2):47-64.

Guedes, C. R.; Pitombo, L. B. & De barros, M. E. B. (2009). Os processos de formação na política nacional de humanização: A experiência de um curso para gestores e trabalhadores da atenção básica em saúde. Physis. 19(4):1087-1109.

Guerra, C. T., Bertoz, A. P. de M., Fajardo, R. S., & Alves Rezende, M. C. R. (2015). Reflexões sobre o conceito de atendimento humanizado em Odontologia. Archives of health investigation, 3(6):31-36.

Guimarães, F. A. F. & Mello, A. L. S. F. (2017). Prestação de serviços odontológicos em instituições federais públicas de ensino superior e a integração com a rede de atenção à saúde. Rev ABENO. 17(3):10-20.

Grade, I. M. P.; Prochnow, R., Saab, R. & Pizzatto, E. (2016). Desafios na formação do Cirurgião-Dentista para o SUS. Rev. ABENO [online]. 16(3):02-06.

González, F. E. (2020). Reflexões sobre alguns conceitos da pesquisa qualitativa. Revista Pesquisa Qualitativa.8(17):155-183.

Graneheim, U. & Lundman, B. (2004). Qualitative content analysis in nursing research: concepts, procedures and measures to achieve trustworthiness. Nurse Educ Today. 24:105-112.

Lage, R. H., Alemeida, S. K. T. T., Vasconcelos, G. A. N., Assaf, A. V. & Robles, F. R. P. (2017). Ensino e Aprendizagem em Odontologia: Análise de Sujeitos e Práticas. Revista Brasileira de Educação Médica. 41(1):22-29.

Lévinas, E. Totalidade e infinito. Trad. de José Pinto Ribeiro. (70a ed.), 1980. p. 180

Martins, C.P. & LUZIO, C. A. (2017). HumanizaSUS policy: anchoring a ship in space. Interface (Botucatu). 2017; 21(60):13-22.

Mayernyik, M. A. & Oliveira, F. A. G. (2016). O cuidado empático: contribuições para a ética e sua interface com a educação moral na formação em saúde. Revista Brasileira de Educação Médica. 140(1):11-20.

Minayo, M. C. S. (2006). Prefácio. In: DESLANDES, S. F. Humanização dos cuidados em saúde: conceitos, dilemas e práticas [online]. FIOCRUZ. p.23-30.

Minayo, M. C. S. (2013). O desafio do conhecimento: Pesquisa qualitativa em saúde. Hucitec. 14.ed. 407p.

Minayo, M. C. (2017). Amostragem e saturação em pesquisa qualitativa: consensos e controvérsias. Revista Pesquisa Qualitativa. 5(7):01-12.

Moreira, M. A. D. M., Lustosa, A. M., Dutra, F, Barros, E. O., Batista, J. B. V. & Duarte, M. C. S. (2015). Public humanization policies: integrative literature review. Ciência & Saúde Coletiva. 20(10):3231-3242.

Mota, L. de Q., Farias, D. B. L. M., & Santos, T. A. dos. (2016). Humanização no atendimento odontológico: acolhimento da subjetividade dos pacientes atendidos por alunos de graduação em Odontologia. Arquivos Em Odontologia, 48(3):151-158

Moudatsou, M., Stavropoulou, A., Philalithis, A., & Koukouli, S. (2020). The Role of Empathy in Health and Social Care Professionals. Healthcare. Basel, Switzerland. 8(1):1-9.

Nora, C. R. D. & Junges, J. R. (2013). Política de humanização na atenção básica: revisão sistemática. Rev. Saúde Pública. 47(6):1186-1200.

Nuto, S. A. S., Noro, L. R. A., Cavalsina, P. G., Costa, I. C. C. & Roncalli, A. G. C. O. (2006). O processo ensino-aprendizagem e suas consequências na relação professor-aluno-paciente. Ciência & Saúde Coletiva. 11(1):89-96.

Puplaksis, N. V., Silva, M. M. P., Nobile, R. & Ramos, D. L. P. (2010). Disciplina de bioética na Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo. Rev. Latinoamericana de Bioética. 10(2):68–75.

Queiroz, M. G. & Dourado, L. F. (2009). O ensino da odontologia no Brasil: uma leitura com base nas recomendações e nos encontros internacionais da década de 1960. História, Ciências, Saúde. 16(4):1011-1026.

Rios, I. C. Humanização: a essência da ação técnica e ética nas práticas de saúde. Rev. Bras. Educ. Med. 33(2):253–261.

Saliba, N. A., Moimaz, S. A. S., Prado, R. L & Garbin, C. A. S. Percepção do cirurgião-dentista sobre formação profissional e dificuldades de inserção no mercado de trabalho. Rev. Odontol. UNESP. 41(5):297-304.

Scalioni, F. A. R., Alves, R. T., Matos, C. L. B. & Ribeiro, R. A. (2008). Humanização na Odontologia: a Experiência da Disciplina Odontopediatria II do Curso de Graduação em Odontologia da UFJF. Pesqui. Bras. Odontopediatria Clín. Integr. 8(2):185–190.

Soares Silva, A. de S., & Ribeiro, M. L. (2020). Relação professor-estudante no ensino superior: uma revisão de literatura. Educação Por Escrito. 11(1):1-10.

Souza, G. C., Lopes, M. L. de S., Roncalli, A. G., Medeiros-Junior, A. & Clara-Costa, I. do C. (2015). Referência e contra referência em saúde bucal: regulação do acesso aos centros de especialidades odontológicas. Rev. salud pública. 17 (3): 416-428.

Souza, M. K. B., Lima, Y. O. R., Paz, B. M. S., Costa, E. A., Cunha, A. B. O. & Santos, R. (2019). Potencialidades da técnica de grupo focal para a pesquisa em vigilância sanitária e atenção primária à saúde. Revista Pesquisa Qualitativa. 7(13):57-71.

Souza, L., Hokama, P., Hokama, N. (2020). A empatia como instrumento para a humanização na saúde: concepções para a prática profissional. REVASF. 10(21):148-167.

Souza, V. R., Marziale, M. H., Silva, G. T. & Nascimento, P. L. (2021). Tradução e validação para a língua portuguesa e avaliação do guia COREQ. Acta Paul Enferm. 34:1-9.

Stein, E. Il problema dell' Empatia. Roma: Edizioni Studium. 2003. 271p.

Sueiras, P., Romano-Betch, V., Vergil-Slagado, A., Hoyos, A., Quintana-Vasrgas, S., Ruddick, W., Castro-Santana, A., Islas-Andrade, S. & Altamirano-Bustamante, N.F. (2017). Today´s medical self and the other: Challenges and evolving solutions for enhanced humanization and quality of care. PLoS ONE. 12(7):1-23.

Terra, T. A. M., Brasil, L. O. F., Von Held, G. M. & Rocha, M. F. (2018). A importância da humanização para a formação médica através de uma análise bibliométrica. Acta Biomedica Brasiliensia. 9(2/):10-23.

Trad, L. A. B. (2009). Grupos focais: conceitos, procedimentos e reflexões baseadas em experiências com o uso da técnica em pesquisas de saúde. Physis Revista de Saúde Coletiva. 19(3):777-796.

Published

04/10/2021

How to Cite

SILVA, R. R. da .; MOURA, R. N. V. de .; GOMES, V. E. .; FERREIRA, E. F. e . Teaching and learning of undergraduate Dentistry: students’ perception of humanized care in a dental education institution. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e45101320843, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.20843. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/20843. Acesso em: 3 dec. 2021.

Issue

Section

Health Sciences