Teaching of thermology: a proposal of didactic sequence based on the historical-critical pedagogy

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i12.20851

Keywords:

Teaching Thermology; Critical-Historical Pedagogy; Didactic sequence.

Abstract

In this article we present a didactic sequence that was developed for teaching of concepts of Thermology based on theoretical assumptions of historical-critical pedagogy (HCP). This pedagogy understands man as a historical being, built over time, and education as a fundamental process for this humanization. The didactic sequence, which has the theme “Global warming”, was structured based on the five structuring steps of HCP and experienced with students of the second grade of High School, during physics classes. Throughout the activities the students were observed and answered a questionnaire. With the observations and analysis of the responses, an empirical study with a qualitative approach was developed. The analysis of the data after the activities of the didactic sequence confirmed a greater knowledge on the part of the students about the concepts of Thermology discussed in comparison to the initial moment of the sequence. These students' diverse reactions, such as demonstrations of autonomy, spontaneity, and expectation to participate in the sequence's actions, confirmed that the five steps proposed in HCP contributed to their understanding of the social context.

References

Santos, M. M. (2019). Ensino de termologia: uma proposta de sequência didática baseada na Pedagogia Histórico-Crítica de Dermeval Saviani (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática. Universidade Federal de Sergipe.

Saviani, D. (2003). Escola e democracia. (36a ed.), Autores Associados, Coleção Polêmica do Nosso Tempo.

Sátiro, C. S. (2005). Ensino de ciências: abordagem histórico-crítica. Armazém do Ipê, Autores Associados.

Saviani, D. (2011). Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. (11a ed.), Autores Associados, Coleção Educação Contemporânea.

Batista, E. M. & Lima M. R. (2015). A pedagogia histórico-crítica como teoria pedagógica revolucionária. Laplage em Revista. 2015, Set,1(3):67-81.

Mashiba, G. C. X. & Gasparin J. L. (2018). A didática para a pedagogia histórico-crítica no estágio supervisionado do curso de pedagogia. Imagens da Educação. (3):e44239. doi.org/10.4025/imagenseduc.v8i3.44239

Teixeira P. M. M. (2003) A educação científica sob a perspectiva da pedagogia histórico-crítica e do movimento C.T.S. no ensino de ciências. Ciência & Educação. 9(2):177-190.

Ferreira, A. B. H. (2010). Dicionário Aurélio. (5a ed.), Positivo.

Lima C. & Cunha, M. B. M. (2016). A importância de uma abordagem histórica no ensino de ácidos e bases. In: Pinheiro B. C. S., Messeder H. S. M., Moradillo, E. F. & Silva, J. L. P. B. (2016). Identidade e formação docente em Química. Livraria da Física, 135-150.

Diniz, R. E. S. & Campos, L. M. L. (2020). Pedagogia histórico-crítica: princípios para formação de professores de ciências e biologia. Debates em Educação. 12(2):491-506.

Mori, R. C., & Curvelo, A. A. S. (2016). O pensamento de Dermeval Saviani e a educação em museus de ciências. Educação e Pesquisa. 42(2) 491-506. doi.org/10.1590/S1517-9702201604144612

Rubino L. N. (2010). A física envolvida no fenômeno do efeito estufa – uma abordagem CTS para o ensino médio (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física, Instituto de Física. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Frederico C. B. L. & Campos, M. F. T. R. (2016). Teoria social crítica e pedagogia histórico-crítica. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental., Ed. Especial 68-82.

Carvalho, R. P. (2011). Física do dia a dia – 105 perguntas e respostas sobre Física fora da sala de aula. (3a ed.), Autêntica Editora.

Brasil (2018). Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular, Ensino Médio. Brasília-DF, MEC, CONSED, UNDIME.

Pietrocola, M. (2005). Ensino de Física: conteúdo, metodologia e epistemologia em uma concepção integradora. (2a ed.), UFSC.

Xavier, M. A. R. & Kerr, A. S. (2004). A análise do efeito estufa em textos paradidáticos e periódicos jornalísticos. Caderno Brasileiro de Ensino de Física. 21(3), 325-349.

Martini, G., Spilenelli W. Reis, H. C., & Sant’Anna B. (2016). Conexões com a Física 2º ano. (3a ed.), Moderna.

Portal eCycle (2017). O que é aquecimento global? https://www.youtube.com/watch?v=LkHvR_dL3iA.

Moreira D. C. & Celeste, A. T. B. (2012). Construção de um termômetro para fins didáticos. Física na Escola. 13 (1), 32-34.

Moraes, R. & Galiazzi, M. C. (2011). Análise Textual Discursiva. Editora Unijuí.

Bellucco A. & Carvalho, A. M. P. (2014). Uma proposta de sequência de ensino investigativa sobre quantidade de movimento, sua conservação e as leis de Newton. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, 31(1), 30-59.

Santos G. G., Ribeiro T. N. & Souza D. N. (2018). Aprendizagem significativa sobre polímeros a partir de experimentação e problematização. Amazônia (UFPA). 14:141-158.

Published

27/09/2021

How to Cite

BATISTA, M. M. S. .; SOUZA, D. do N. . Teaching of thermology: a proposal of didactic sequence based on the historical-critical pedagogy. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 12, p. e469101220851, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i12.20851. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/20851. Acesso em: 1 mar. 2024.

Issue

Section

Human and Social Sciences