Learning about human aging from the view of Nursing students

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.20984

Keywords:

Education Nursing; Health of the Elderly; Learning; Education higher.

Abstract

Objective: To analyze the perspectives of students in teaching and learning about the human aging process with a view to educational action. Methodology: This is an exploratory-descriptive qualitative approach research. Consisting of three phases: identification and selection of students able to participate in the study, individual interviews with script of questions and recording of answers and transcription of the speeches and answers in full for grouping thoughts. Results: The development of the teaching and learning process was observed in various aspects inherent to this phenomenon based on the views and subjectivity of students, categorizing classes with institutional, teacher, student and subjective scopes to learning and professional work in the human aging process. Conclusion: In the context of the research, the potential and difficulties present in the educational aspects of the aging process from the student perspective became evident, providing an opportunity to understand how this process of training and performance in nursing is constituted.

References

Bardin, L. (2016). Análise de Conteúdo. Edições 70.

Barros, K. B. N. T., dos Santos, S. L. F., & Lima, G. P. (2017). Perspectivas da Formação no Ensino Superior Transformada Através de Metodologias Ativas: Uma Revisão Narrativa da Literatura. Revista Conhecimento Online, 1, 65-76. https://periodicos.feevale.br/seer/index.php /revistaconhecimentoonline/article/view/472.

Bastos, C. C. B. C. (2017). Pesquisa qualitativa de base fenomenológica e a análise da estrutura do fenômeno situado: algumas contribuições. Revista Pesquisa Qualitativa, 5(9), 442-451. https://editora.sepq.org.br/rpq/article/view/156.

Brasil (2006). Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Brasília: Ministério da Saúde. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicaco es/evelhecimento_saude_pessoa_idosa.pdf.

Brighente, M. F., & Mesquida, P. (2016). Paulo Freire: da denúncia da educação bancária ao anúncio de uma pedagogia libertadora. Pro-Posições, 27(1), 155-177. 10.1590/0103-7307201607909.

Carvalho, C. R. A. D. (2015). A saúde do idoso no ensino superior de universidades públicas do Rio de Janeiro: o caso dos cursos de Educação Física, Enfermagem e Nutrição. Tese de doutorado – Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, Rio de Janeiro, Brasil. https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/12983

de Castro, S. P., & Malavasim, A. (2017). a relação da pedagogia da autonomia de paulo freire com a prática docente no contexto educacional. e-Mosaicos, 6(13), 105-111. 10.12957/e-mosaicos.2017.30808.

Dourado, L. F., & Oliveira, J. F. D. (2009). A qualidade da educação: perspectivas e desafios. Cadernos Cedes, 29(78), 201-215. 10.1590/S0101-32622009000200004.

Freire, P. (2011a). Extensão ou comunicação? (15a ed.). Paz e Terra.

Freire, P (2011b). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Paz e Terra.

Freitas, M. C. D., & Mendes, M. M. R. (2003). O ensino sobre o processo de envelhecimento e velhice nos cursos de graduação em enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, 56(5), 502-507. 10.1590/S0034-71672003000500007.

Leal, L. B., Pereira, K. L. A., Negreiros, A. L. B., Pequeno, A. M. C., Lima, G. P., Negreiros, F. D. D. S., & Leitinho, M. C. (2018). Método ativo problematizador como estratégia para formação em saúde. Rev. enferm. UFPE on line, 1139-1143. https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-970817

Mallmann, D. G., Galindo Neto, N. M., Sousa, J. D. C., & Vasconcelos, E. M. R. D. (2015). Educação em saúde como principal alternativa para promover a saúde do idoso. Ciência & Saúde Coletiva, 20, 1763-1772. 10.1590/1413-81232015206.02382014.

Martins, E. D., Moura, A. A., & de Araújo Bernardo, A. (2018). O processo de construção do conhecimento e os desafios do ensino-aprendizagem. Revista on line de Política e Gestão Educacional, 410-423. 10.22633/rpge.v22.n.1.2018.10731.

Minayo, M. C. D. S. (2017). Cientificidade, generalização e divulgação de estudos qualitativos. Ciência & Saúde Coletiva, 22, 16-17. 10.1590/1413-81232017221.30302016

Negreiros, R. V., & de Lima, V. C. B. (2018). Importância do estágio supervisionado para o acadêmico de enfermagem no hospital: compartilhando experiências vivenciadas com a equipe de trabalho. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, 16(2). 10.5892/ruvrd.v16i2.4359.

Neto, M. J. R., Rezende, M. C. R. A., de Oliveira Limírio, J. P. J., Dalben, A. C., Rezende, M. I. R. A., Pescinini-Salzedas, L. M., & Salzedas, L. M. P. (2020). Estereótipos sobre os idosos: o papel da Universidade na redução do ageismo. archives of health investigation, 9(1). 10.21270/archi.v9i1.5098.

Pereira, J. C. (2017). Afetividade: A importância da relação professor e aluno como fator motivacional no processo de ensino e aprendizagem. Monografia/TCC – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, Paraíba, Brasil. http://www.ccen.ufpb.br/cccb/contents/monografias/monografias-2017/jalcines-da-costa-pereira.pdf.

Souza, E. M. D., Silva, D. P. P., & Barros, A. S. D. (2021). Educação popular, promoção da saúde e envelhecimento ativo: uma revisão bibliográfica integrativa. Ciência & Saúde Coletiva, 26, 1355-1368. 10.1590/1413-81232021264.09642019.

Souza, M. A. R. D., Wall, M. L., Thuler, A. C. D. M. C., Lowen, I. M. V., & Peres, A. M. (2018). O uso do software IRAMUTEQ na análise de dados em pesquisas qualitativas. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 52. 10.1590/S1980-220X2017015003353.

Veras, R. P., & Oliveira, M. (2018). Envelhecer no Brasil: a construção de um modelo de cuidado. Ciência & saúde coletiva, 23, 1929-1936. 10.1590/1413-81232018236.04722018.

Published

11/10/2021

How to Cite

SANTOS, M. M. dos; GOMES, S. M. P. S. e .; SILVA, F. R. S. da .; SILVA, C. C. dos S. .; LIRA, J. M. de .; MEDEIROS, J. A. de; ALMEIDA JÚNIOR, J. J. de . Learning about human aging from the view of Nursing students . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e252101320984, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.20984. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/20984. Acesso em: 3 dec. 2021.

Issue

Section

Health Sciences