Effects on education in Brazil: a study with panel data in the period 2002-2014

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.21110

Keywords:

Education; Public expense; Panel data.

Abstract

This article empirically assesses effects on education in Brazil. The study addresses the issue with panel data in fixed effect and random effect by units of the federation in the period 2002-2014. Using other explanatory variables, the impact of spending on sport and leisure on education is discussed. Based on the two different panel models, the results support the hypothesis that increases in spending on sport and leisure produce increases in the years of study. The variables that represent expenditure on health and sanitation, access to drinking water, access to adequate sewage installation, school attendance and income inequality are also statistically significant in the study and confirm the expected signs.

Author Biography

Lacerda Sipriano Elias, Universidade Católica de Brasília

Doutorando de economia da UCB

References

Abreu Souza, M. I., Taques, F. H., de Oliveira, J. D. C., & Alencar, D. A. (2013). Relação entre a desigualdade e educação no Brasil: uma tentativa de dados em painel (1995-2009). Textos de Economia, 16(2), 111-142.

Borchers, J, & Meiners, W. (2019). Educação e distribuição de renda: uma leitura crítica do Brasil. Anais do 22º Encontro de Economia da Região Sul, 1-16.

Carli, A. A., & Costa, L. A. (2020). Água potável e saneamento básico: o encontro necessário de dois direitos fundamentais à saúde da vida em geral. Revista de Direito e Sustentabilidade, 6(2).

Carvalho, J. I. C. (2018). Educação e saneamento básico: o quadro brasileiro e seus reflexos sobre o ensino, educação e saneamento básico. O quadro brasileiro e seus reflexos sobre o ensino. 1-388

Duarte, L. B., & de Melo Belmiro, M. O. (2018). Utilização de dados em painel para analisar a relação entre a desigualdade de renda e educação nas regiões do Brasil. Revista Debate Econômico, 6(2), 4-20.

Feistel, R. A. B., & Maestrelli, S. R. P. (2012). Interdisciplinaridade na formação inicial de professores: um olhar sobre as pesquisas em educação em ciências. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 5(1), 155-176.

Gandra, J. M. D. F. V., Vieira, R. H., Rodrigues, C. T., & de Oliveira, L. P. (2016). Impacto do saneamento básico na educação brasileira: Perspectivas de políticas públicas no setor. Revista ESPACIOS| Vol. 37 (Nº 34) Año 2016.

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. (6a ed.), Editora Atlas SA.

Gujarati, D. (2019). Econometria: Princípios, teoria e aplicações práticas. Saraiva Educação SA.

Hausman, J. A. (1978). Specification tests in econometrics. Econometrica: Journal of the econometric society, 1251-1271.

Ipeadata, I. P. E. A., & Nacionais, C. (2018). < http://www. ipeadata. gov. br/>.

Junior, A. D. P., & da Silva, R. M. (2019). Fatores determinantes para a escolaridade na região sul do Brasil. Revista Estudo & Debate, 26(4).

Kassouf, A. L. (1995). Saneamento e educação. Bens substitutos ou complementares. ANPEC. XXII Encontro Nacional de Economia.

Kauark, F. D. S., Manhães, F. C., & Medeiros, C. H. (2010). Metodologia da pesquisa: um guia prático.

Kroth, D. C., & de Oliveira Gonçalves, F. (2019). O impacto dos gastos públicos municipais sobre a qualidade da educação: uma análise de variáveis instrumentais entre 2007 e 2011. Planejamento e Políticas Públicas, (53).

Machado, M. D. M. B. C. (2009). A interdisciplinaridade na construção dos conteúdos curriculares do Curso Médico da Unimontes.

Machado, M. D. M. B. C., & Batista, S. H. S. D. S. (2012). Interdisciplinaridade na construção dos conteúdos curriculares do curso médico. Revista Brasileira de Educação Médica, 36, 456-462.

Marconi, M. D. A., & Lakatos, E. M. (2017). Fundamentos de metodologia científica. (8a ed.), Atlas.

Medeiros, M. C., Barbosa, R. J, & Carvalhaes, F. (2019). Educação, desigualdade e redução da pobreza no Brasil (No. 2447). Texto para Discussão.

Moraes, D. Z, de Souza, E. C., & do Amparo, P. A. (2009). Política educacional e representações de justiça, êxito e fracasso na escola: o exame do periódico Ideias (l988-2004). Educação Unisinos, 13(2), 152-161.

Neri, M. C. (2008). Saneamento, educação, trabalho e turismo.

Neri, M. C., Melo, L., Sacramento, S., Neri, A. L., Calcada, A. L., Scharth, P., & Moreira, L. (2009). Trata Brasil: impactos sociais da falta de saneamento nas principais cidades brasileiras. FGV/IBRE, CPS, 120.

ONU. (2003). Esporte para o Desenvolvimento e a Paz: Em Direção à Realização das Metas de Desenvolvimento do Milênio. Relatório da Força Tarefa entre Agências das Nações Unidas sobre o Esporte para o Desenvolvimento e a Paz. Organização das Nações Unidas (ONU).

Prearo, L. C., Maraccini, M. C., & do Carmo Romeiro, M. (2015). Fatores determinantes do índice de desenvolvimento humano dos municípios do Estado De São Paulo. Revista Brasileira de Políticas Públicas, 5(1), 132-155.

Sachsida, A., Loureiro, P. R. A., & Mendonça, M. J. C. D. (2004). Um estudo sobre retorno em escolaridade no Brasil. Revista Brasileira de Economia, 58, 249-265.

Santos, A. G. D. (2019). Papel dos fatores políticos na decisão dos gastos com esporte e lazer nos municípios entre 2002 e 2016: evidências para as regiões Sul e Sudeste do Brasil.

Scriptore, J. S. (2016). Impactos do saneamento sobre saúde e educação: uma análise espacial. USP.

Scriptore, J. S., Azzoni, C. R., & Menezes Filho, N. A. (2018). Os Impactos Do Saneamento Básico Sobre A Educação: Usando A Privatização Como Variável Instrumental.

Silva Filho, R. B., & de Lima Araújo, R. M. (2017). Evasão e abandono escolar na educação básica no Brasil: fatores, causas e possíveis consequências. Educação por escrito, 8(1), 35-48.

Silva, H. M. G. D. (2015). A condição socioeconômica e cultural e o acesso à educação básica. Desafios Contemporâneos da educação. Cultura Acadêmica, 177-191.

Silva, V. A., & Esperidião, F. (2017). Saneamento básico e seus impactos na mortalidade infantil e no desenvolvimento econômico da região Nordeste. Scientia Plena, 13(10).

Sousa, T. R. V., & Leite Filho, P. A. M. (2008). Análise por dados em painel do status de saúde no Nordeste Brasileiro. Revista de Saúde Pública, 42, 796-804.

Varela, A. W. P., Noronha Filho, F. Áureo, Mesquita, K. F. C., Sousa, P. H. C., Neves de Souza, A. J, & Santos, M. de L. S. (2020). Saneamento básico em municípios da região Amazônica (Brasil). Research, Society and Development, 9(3), e177932570.

Wooldridge, J. M. (2010). Introdução à econometria: uma abordagem moderna. Cengage Learning.

Published

03/10/2021

How to Cite

MOREIRA, T. B. S. .; ELIAS, L. S. . Effects on education in Brazil: a study with panel data in the period 2002-2014. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e29101321110, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.21110. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21110. Acesso em: 2 dec. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences