A physical therapist approach to erectile dysfunction

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.21156

Keywords:

Treatment; Physiotherapy; Erectile dysfunction.

Abstract

Erectile dysfunction (ED) is the inability to achieve or maintain an erection strong enough to allow intercourse. ED can be a total inability to achieve an erection, or an inconsistent and unpredictable ability to achieve a satisfactory erection, or even a tendency to maintain an erection for a short period of time. Before to start any type of treatment for erectile dysfunction, the cause should be screened and the criteria followed, thus avoiding surgery or any type of invasive procedure, before treating clinical issues and risk factors. Various treatments are available for erectile dysfunction Several treatment options for erectile dysfunction are currently available: electrotherapy, psychosexual counseling, the use of external vacuum devices, medications, intracavernous injection therapy, and the use of a prosthetic prosthesis. penis. Physiotherapeutic interventions provide non-invasive, painless, easy-to-perform, and low-cost treatment methods. The objective of this work is to describe erectile dysfunction as a health problem and its treatment through a physiotherapy approach. The methodology used consisted of a descriptive, relative and current study, through a scientific bibliographic survey. Based on research, physical therapy is considered effective in preventing and treating erectile dysfunction. However, more studies are needed to improve physical therapy and discover new techniques to use.

References

Abreu, C. A (2015). A visão bioética diante do comportamento social na evolução do tratamento da disfunção erétil. Dissertação (mestrado).FAMERP.

Afif-abdo J (2007). Diagnóstico e tratamento da disfunção erétil. Diagn Tratamento.12(4):192-5. Portal regional da BVS.

Antonioli, R. S., & Simões, D (2010)- Abordagem fisioterapêutica nas disfunções sexuais femininas; Revista Neurociências.

Biggers, A., (2017) Everything You Need to Know About Erectile Dysfunction (ED).

Bueno, M. B. T., & Rombaldi. B. M. (2019) Percepções da Atuação Fisioterapêutica na Saúde do Homem: Revisão integrativa, Revista Saúde e Desenvolvimento Humano.7(3): 57-62.

Carboni C (2014) Efeitos da eletroestimulação funcional na disfunção erétil; Universidade Federal De Ciências Da Saúde De Porto Alegre – Ufcspa Curso De Pós-Graduação Em Ciências Da Reabilitação.

Carvalho L. M. A., & Santos S. M. P. (2018) Benefícios dos exercícios de kegel nas disfunções sexuais causadas pelas alterações no envelhecimento: uma revisão integrativa da literatura; VI Congresso Internacional de Envelhecimento Humano.

Costa, M. R (2016) Fatores associados à disfunção erétil em pacientes portadores de doença renal crônica em tratamento conservador. Tese de doutorado apresentada à Universidade Federal de Goiás.

Delgado A. M., & Ferreira I. S. V., & Sousa, M. A (2015) Recursos Fisioterapêuticos Utilizados no tratamento das Disfunções sexuais femininas, recursos fisioterapêuticos Utilizados no tratamento das Disfunções sexuais femininas, 4(1), 47-56.

Diniz A. F. A., Ferreira, R. C., Souza, I. L., & Silva, B. A (2020) Canais Iônicos como Alvos Terapêuticos Potenciais para Disfunção Erétil: Uma Revisão; Front Pharmacol.

Falchi & Ricci S. L (2016) Prevalência e fatores associados à disfunção erétil na zona urbana de Pelotas/RS - Brasil, em homens com idade entre 40 e 70 anos. Dissetação de mestrado apresentado Universidade Católica de Pelotas, 2016. Femininas. Rev Neurocienc.

Javaroni, V. (2011) Disfunção erétil: sintomas, tratamentos e causas.

Lima M. P., et al (2016)- Disfunção erétil no homem idoso.

Mayo clinic (2017) Benign prostatic hyperplasia BPH.

Michiles, C. H (2010) Disfunção Erétil Atação do Médico e do Psicólogo.

Miranda B. F., & Kraievski, E. S (2017) Pompoarismo: Os benefícios que traz para a vida da mulher,Rev Conexão Eletrônica, Três Lagoas-MG, vol.14, n1.

Moreira Jr et al (2014) Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz, Salvador, Bahia.

Nascimento M. C. B., Queiroz C. R., Vasconcelos F. R. M., Barros L. L. S., & Beuttenmüller, L (2016) Atuação do Fisioterapeuta, no tratamento da disfunção erétil – Revisão de Literatura; Anais do Congresso Brasileiro de Fisioterapia v.1 n.1.

Perez. F. S. B (2018) Fortalecimento perineal com um novo eletrodo móvel na incontinência urinária e disfunção sexual. Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília.

Peterle P. J., & Bueno F (2016)- Estudo analítico e comparativo de comprimidos contendo citrato de sildenafila adquiridos no mercado formal e informal. Revista Infarma Ciências Farmaceuticas. Caxias do Sul-RS.

Santos L. M (2013) Disfunção erétil: Uma abordagem fisioterapêutica, Faculdade de Educação e Meio Ambiente, Ariquemes-Ro.

Sarris A. B et al. (2016) Fisiopatologia, avaliação e tratamento da disfunção erétil: artigo de revisão. Rev Med (São Paulo).

Sousa J. G., et al (2011) Avaliação da força muscular do assoalho pélvico em idosas com incontinência urinária.Fisioter. mov.

Souza C. A., et al (2011) Importância do Exercício Físico no Tratamento da Disfunção Erétil; Rev Bras Cardiol.;24(3):180-185.

Stake R. E (2011)- Pesquisa qualitativa- Estudando como as coisas funcionam. Porto Alegre.

Theves J. A (2015) Avaliação da qualidade de citrato de sildenafila em amostras comercializadas de forma ilícita. Santa Cruz do Sul - RS, 2015.

Wespes E., et al (2002) Diretrizes para Disfunção Sexual Masculina: Disfunção Erétil e Ejaculação Prematura; Eur Urol; 49 (5): 806-15.

Published

10/10/2021

How to Cite

FRANCO, A. S. G. .; CARDOSO, M. N. .; SILVA, K. C. C. da. A physical therapist approach to erectile dysfunction. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e221101321156, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.21156. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21156. Acesso em: 6 dec. 2021.

Issue

Section

Health Sciences