Design methodology proposal for tubular biodigesters

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.21172

Keywords:

Tubular biodigester; Biodigester dimensioning; Biogas.

Abstract

This work compiles the scientific productions present in the literature, which bases the proposal of a methodology for technical dimensioning of tubular biodigesters. The proposed methodology presents a simplified and organized calculation routine that allows the user, based on two basic information (quantity and class that the animal belongs to), to obtain as results the geometric parameters of the biodigester pit and auxiliary boxes. In general, the design of the biodigester is based on defined geometric parameters that consider the volume of residues generated daily and the time that these residues must be retained for biodigestion to occur. This volume is estimated based on the energy needs of each property (biogas production), the number of animals present and the area available for application of the biofertilizer. The dimensions of the fossa estimated in the methodology were the volume (cubic meters), the width (meters), the length (meters) and the useful height (meters). The design methodology was presented synthesized in a flowchart. Having as primary data the type and number of animals, the procedure for the calculation requires a regional adaptation of each producer, considering the available literature, with data on hydraulic retention time and estimated amount of waste per day.

References

Abreu Neto, M. S. (2007). Tratamento de águas residuárias de suinocultura em reator anaeróbio compartimentado seguido de reator UASB. Dissertação de mestrado. Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal. 170p.

Anjum, A. (2012). Biomass: Energy and Environmental Concerns in Developing Country. I Research Journal of Environment Sciences, 1 (1), 54-57.

Balmant, W. (2009). Concepção, construção e operação de um biodigestor e modelagem matemática da biodigestão anaeróbica. Dissertação de mestrado. Pós-Graduação em Engenharia e Ciência dos Materiais - PIPE. Setor de Tecnologia, Universidade Federal do Paraná, Curitiba. 59p.

Bassam, N. (2010). Handbook of Bioenergy Crops: A Complete Reference to Species, Development and Applications. Earthscan: The United Kingdom, 2010. Disponível em: <https://nishat2013.files.wordpress.com/2013/11/handbook-of-bioenergy-crops.pdf >. Acesso em: 22 abr. 2016.

BEN. (2015). Balanço Energético Nacional 2015: Ano base 2014/Empresa de Pesquisa Energética. Rio de Janeiro: EPE, 2015. Acesso em 24 Abril, 2016. https://ben.epe.gov.br/downloads/Relatorio_Final_BEN_2015.pdf.

Bond, W. E. (2015). Biodigestor. Apresentação BGS – Equipamentos para biodigestores. In: XIX Seminário nordestino de Agropecuária, 2015, Fortaleza.

Coldebella, A. (2006). Viabilidade do uso do biogás da bovinocultura e suinocultura param geração de energia elétrica e irrigação em propriedades rurais. Dissertação de mestrado. Engenharia Agrícola/Engenharia de Sistemas Agroindustriais, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel.

Comitre, V. (1995). A questão energética e o padrão tecnológico da agricultura brasileira. Informações Econômicas, 25 (12), 29-34.

Corrêa, J. C., Benites, V. M., & Rebellatto, A. (2011). O uso dos resíduos animais como fertilizantes. In: II Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais, 2011, Foz do Iguaçu, PR.

Costa, R. C., & Prates, C. P. T. ( 2005). O papel das fontes renováveis de energia no desenvolvimento do setor energético e barreiras à sua penetração no mercado. BNDES Setorial, 21, 5-30, Rio de Janeiro, 2005. Acesso em 23 Abril, 2016. http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/conhecimento/bnset/set2102.pdf.

EPE. (2015). Empresa de Pesquisa Energética. Inventário Energético de Resíduos Rurais. Rio de Janeiro: Ministério de Minas e Energia.

Feiden, A., Reichl, J., Schwab, J., & Schwab, V. (2004). Avaliação da eficiência de um biodigestor tubular na produção de biogás a partir de águas residuárias de suinocultura. In: AGRENER GD 2004. 5º Encontro de Energia no Meio Rural e geração Distribuída. 2004. Anais. Campinas: Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético da UNICAMP/NIPE. 2004.

Gaspar, R. M. B. L. (2003). Utilização de biodigestores em pequenas e médias propriedades rurais com ênfase na agregação de valor: um estudo de caso na região de Toledo-PR. Dissertação de mestrado. Engenharia de Produção e Sistemas. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

Gerscovich, D. M. S. (2009). Apostila Estabilidade de Taludes. Faculdade de Engenharia/UERJ. Departamento de Estruturas e Fundações. Rio de Janeiro.

Kohler, P. (2017). Biodigestor. Apresentação Biokohler – Biodigestores. Show rural Coopavel. Cascavel.

Kuczman, O. (2007). Tratamento anaeróbio de efluente de fecularia em reator horizontal de uma fase. Dissertação de mestrado. Engenharia Agrícola, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, PR.

Kunz, A., Higarashi, M. M., & Oliveira, P. A. (2005). Tecnologias de manejo e tratamento de dejetos de suínos estudadas no Brasil. Cadernos de Ciência & Tecnologia, 22 (3), 651-665.

Lima, H. Q. (2011). Avaliação dos modelos Hashimoto e AMS-III.D para produção de metano com dejetos de suínos. Dissertação de mestrado. Tecnologia de Alimentos, Universidade Federal do Paraná, Curitiba. 148p.

Linhares, A. C. S. (2008). Análise da presença de um enfoque ambientalista em uma escola /faculdade de tecnologia na cidade de Curitiba. Um estudo de caso baseado na ISO 14001. Dissertação de mestrado. Engenharia Química, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba.

Macedo, F. J. (2013). Dimensionamento de biodigestores para tratamento de dejetos da produção suína. Graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis-SC.

Machado, G. B. (2013). Fertilizantes. Portal resíduos sólidos. Offenbach, Alemanha. Acesso em 10 Fevereiro, 2017. http://www.portalresiduossolidos.com.

Martine, G. (1991). A trajetória da modernização agrícola: A quem beneficia? In: Lua Nova, 23, 7-37. Acesso em 24 Abril, 2016. http://www.scielo.br/pdf/ln/n23/a03n23.pdf.

Morais, M. A. (2012). Estudo experimental e avaliação econômica da operação de biodigestores tubulares para a produção de biogás a partir de resíduos da suinocultura. Dissertação de mestrado. Engenharia de energia, Universidade Federal de Itajubá. 92p.

Moreira, T. S., Carvalho, R. F., Cassiano, E. C. O., Vazquez, D. C. Z., Nogueira, R. G. S., Paucar, L. C., Perna Junior, F., & Rodrigues, P. H. M. (2014). Utilização de biodigestores como alternativa para o tratamento de dejetos oriundos da produção animal. In: Novos desafios da pesquisa em nutrição e produção animal. Pirassununga-SP.

Nascimento, M. A. R., & Lora, E. E. S. (2004). Geração termelétrica: planejamento, projeto e operação. Rio de Janeiro: Interciência. 631p.

Oliveira, L. R. P. (2005). Biodigestor. In: VII Simpósio Goiano de Avicultura e II Simpósio Goiano de Suinocultura, 2005, Goiânia: Avesui Centro-Oeste, p. 4-8.

Oliveira, P. A., & Higarashi, M. (2006). Geração e utilização do biogás em unidades de produção de suínos. Concórdia: Embrapa Suínos e Aves. PNMA II – Programa Nacional do Meio Ambiente. 41 p

Oliver, A. P. M., Souza Neto, A. A., Quadros, D. G., & Valladares, R. R. (2008). Manual de treinamento em biodigestão. Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID). IRES (Market Development for Biodigestion in Brazil). Instituto Winrock – Brasil, 2008. 23p.

Peruzzo, J. (2013). Evolução dos métodos de resolução de equações algébricas. Santa Catarina: Clube de Autores. 129p.

Portes, Z. A. (2005). Aplicativo computacional para projetos de biodigestores rurais. Dissertação de mestrado. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Botucatu.

Sganzerla, E. (1983). Biodigestor: uma solução. Porto Alegre: Agropecuária. 86p.

Silva, C. E. (S. D.). Tratamento de Resíduos e Impactos Ambientais. Notas de Aula. Departamento de Hidráulica e Saneamento. Universidade Federal de Santa Maria. [ S. D.]. Acesso em 29 Janeiro, 2020. Disponível em: http://jararaca.ufsm.br/

Souza, S. N. M., Sordi, A., & Oliva, C. A. (2002). Potencial de energia primária de resíduos vegetais no Paraná. In: Encontro de Energia no Meio Rural, abr., 2002, Campinas. Acesso em 22 Abril, 2016. http://www.feagri.unicamp.br/energia/agre2002/pdf/0052.pdf.

Torres, G. A., & Tarifa, L. R. M. (2012). Aproveitamento de Resíduos Agrícolas. In: Dossiê Técnico. São Paulo: Universidade de São Paulo,

Vichi, F. M., & Mansor, M. T. C. (2009). Energia, meio ambiente e economia: o Brasil no contexto mundial. Química Nova, 32 (3), 757-767. doi: 10.1590/S0100-40422009000300019.

Von Sperling, M. (2016). Princípios básicos do tratamento de esgotos. Belo Horizonte: Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental - Universidade Federal de Minas Gerais. 211p. il.

Published

17/10/2021

How to Cite

ALVES, . A. M.; SIQUEIRA, J. A. C.; NOGUEIRA, C. E. C.; CUNHA, E. A. A.; ALVES, F. S.; FEIDEN, A.; TOKURA, L. K.; PETRAUSKI, A. . . Design methodology proposal for tubular biodigesters. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e407101321172, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.21172. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21172. Acesso em: 3 dec. 2021.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences