Image representations of the body: an analysis in the Google Images search engine

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i14.21177

Keywords:

Social Representations; Image representation; Photography; Aesthetics; Feminine body.

Abstract

Objective: To analyze the imagery representation of the body on the internet. Methodology: With an exploratory-descriptive nature and a quali-quantitative approach, Semiotic Analysis was adopted, based on the theoretical assumptions of Bauer and Gaskell, respecting the methodological stages suggested by the authors: Choice of images; Denotative inventory; Analysis of the levels of meaning. In the first stage, the first 100 images from Google Images were collected, in a cross-section, on December 27, 2020, using the keyword: body. After applying the exclusion criteria, 42 images were selected. Results: The difference between the incidence of genders was significant, with males being present in 14.2% (n = 6) of the images and females in 85.8% (n = 36). According to the morphological profile of the sample, two images classified as out of the stereotyped pattern were identified, while the other photos (95.3%) referred to bodies that fit the stereotyped pattern, that is, that follow the media model of thinness. Still, seeking to identify the representation of the images, the emphasis given to aesthetics is highlighted (n = 31), to the detriment of images related to health (n = 7). Final considerations: The imagery representation of the virtual media presented in the sample shows the desired body as that predominantly female. In addition to the predominance of one gender, this body has specific morphological characteristics, and among women it is related to thinness and among men to a muscular body.

References

Andrelo, R. & De Almeida, L. B. C. (2015). A mídia e a representação do corpo: leitura crítica dos meios de comunicação. Comunicação Mídia e Consumo, 12(34), 46-66. http://dx.doi.org/10.18568/cmc.v12i34.797

Bauer, M. W. & Gaskell, G. 2010. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. In: Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Vozes.

Brito, A., Amaral, R., Cruz, T., Araújo, L. & Bellato, R. (2015). Saúde e estética do corpo feminino Paradoxo estabelecido e disseminado pela mídia. CIAIQ2015, (1).

Camargo, B. V., Goetz, E. R., Barbara, A. & Justo, A. M. (2007). Representação social da beleza de estudantes de Educação Física e de Moda. In: Resumos de comunicações científicas online, V Jornada Internacional e III Conferência Brasileira sobre Representações Sociais. Brasília.

Camargo, F. C. & Hoff, T. M. C. (2002). Erotismo e mídia. São Paulo: Expressão e arte editora.

Cendón, B. V. (2001). Ferramentas de busca na Web. Ci. Inf, 30(1), 39-49.

Citeli, M. T. (2001). Fazendo diferenças: teorias sobre gênero, corpo e comportamento. Estudos Feministas, 9(1), 131-145. https://doi.org/10.1590/S0104-026X2001000100007

De Medina Filho, A. L. (2013). Importância das imagens na metodologia de pesquisa em psicologia social. Psicologia & Sociedade, 25(2), 263-271.

De Oliveira, A. P., Assis, M., Lacerda, Y., Bagrichevsky, M. & Sampaio, K. S. (2010). Culto ao corpo e exposição de produtos na mídia especializada em estética e saúde. Movimento (ESEF/UFRGS), 16(1), 31-51.

De Rosa, A. & Farr, R. (1996). Icon and symbol: Two sides of the coin in the investigation of social representations. In: F. Buschini & N. Kalampalikis (Eds.), Penser la vie, le social, la nature. Melanges en hommage à Serge Moscovici (pp. 237-256). Paris: Les Editions de la Maison des Sciences de l'Homme.

Domingues, M. R. & Araújo, C. L. P. (2004). Conhecimento e percepção sobre exercício físico em uma população adulta urbana do sul do Brasil. Cadernos de Saúde Pública, 20(1), 204-215. https://doi.org/10.1590/S0102-311X2004000100037

Fernandes, S. E. T., Alves, N. R., Silva, T. R. de F., Farias, A. J. A. de, Pessoa, M. S. de A., & Santos, S. M. P. dos. (2021). Sexualidade e gênero: Um estudo de representações sociais com estudantes de enfermagem. Research, Society and Development, 10(5), e28810515035. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i5.15035

Garrini, S. P. F. (2007). Do corpo desmedido ao corpo ultramedido: reflexões sobre o corpo feminino e suas significações na mídia impressa. In: V Congresso Nacional de História da Mídia. São Paulo.

Goetz, E. R., Camargo, B. V., Bertoldo, R. B. & Justo, A. M. (2008). Representação social do corpo na mídia impressa. Psicologia & Sociedade, 20(2), 226-236. https://doi.org/10.1590/S0102-71822008000200010

Jodelet, D. (2001) Representações sociais: um domínio em expansão. As representações sociais, 17-44.

Justo, A. M., Camargo, B. V. & Alves, C. D. B. (2014). Os efeitos de contexto nas representações sociais sobre o corpo. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 30(3), 287-297. https://doi.org/10.1590/S0102-37722014000300006

Markula, P. (2001). Beyond the Perfect Body Women’s Body Image Distortion in Fitness Magazine Discourse. Journal of Sport & Social Issues, 25(2), 158-179. https://doi.org/10.1177/0193723501252004

Marzano-Parisoli, M. M. (2001). The contemporary construction of a perfect body image: Bodybuilding, exercise addiction, and eating disorders. Quest, 53(2), 216-230. https://doi.org/10.1080/00336297.2001.10491741

Moscovici, S. (1963). Attitudes and opinions. Annual Review of Psychology. pps.231-260

Passos, M. D., Gugelmin, S. A., Castro, I. R. R. & Carvalho, M. C. V. S. (2013). Representações sociais do corpo: um estudo com adolescentes do Município do Rio de Janeiro, Brasil. Cad. saúde pública, 29(12), 2383-2393. https://doi.org/10.1590/0102-311X00027513

Rodrigues, J. C. (1999). O corpo na história. Editora Fiocruz.

Rodrigues, R. C. (2007). Análise e tematização da imagem fotográfica. Ciência da Informação, 36(3), 67-76.

Sá, C. P. (2002) Núcleo central das representações sociais (2ª ed.). Petrópolis: Vozes.

Santiago, L. V., Oliveira, N. B., Bulhões, A. M. C. & Simões, A. C. (2012). Representações sociais do corpo: um estudo sobre as construções simbólicas em adolescentes. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, 26(4), 627-643. https://doi.org/10.1590/S1807-55092012000400008

Secchi, K., Camargo, B. V. & Bertoldo, R B. (2009). Percepcao da imagem corporal e representacoes sociais do corpo. Psicologia: Teoria e pesquisa, 25(2), 229-237e. https://doi.org/10.1590/S0102-37722009000200011

Serra, G. M. A. & Santos, E. M. (2003). Saúde e mídia na construção da obesidade e do corpo perfeito. Ciência & saúde coletiva, 8(3), 691-701. https://doi.org/10.1590/S1413-81232003000300004

Sibilia, P. (2020). O show do eu: a intimidade como espetáculo. Contraponto Editora.

Tolentino, T. M. & Assumpção, L. O. T. (2012). Corpo, mídia e sociedade: O caso da revista" Corpo a Corpo". Motricidade, 8(S2), 779.

Uchoa, A. G. F. & Godoi, C. K. (2016). Metodologias Qualitativas de Análise de Imagens: origem, historicidade, diferentes abordagens e técnicas. In: Anais do IV Congresso Brasileiro de Estudos Organizacionais. Porto Alegre.

Vala, J. (1993). Representações sociais - para uma psicologia social do pensamento social. In: J. Vala & M.B. Monteiro (Orgs.), Psicologia Social Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Published

06/11/2021

How to Cite

ROSA, T. de S. .; BORGES, M. A. de O. .; GUERRA, L. R.; HEINZE, J. da S.; RUFFONI, R.; NAIFF, D. G. M. . Image representations of the body: an analysis in the Google Images search engine. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 14, p. e375101421177, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i14.21177. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21177. Acesso em: 14 jun. 2024.

Issue

Section

Health Sciences