Peanut response to different sources and doses of phosphorus

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.21251

Keywords:

Arachis hypogaea L.; Phosphate fertilization; Cerrado Mineiro.

Abstract

In Brazil, peanut production grows annually. In the state of Minas Gerais, to achieve crop productivity, nutritional investment is essential and one of the main nutrients for peanut development is phosphorus. Due to the scarcity of information on peanut production in the Cerrado Mineiro, the experiment aimed to evaluate the influence of phosphorus doses and sources in the peanut tree. The statistical design used was randomized blocks (DBC), distributed in two factorial schemes, one being 5 x 2 x 6 (doses x sources x evaluon seasons) during crop development and the other 5 x 2 (doses x sources) at the end of the cycle, at the time of production. The treatments consisted of 5 phosphorus doses (0, 40, 80, 120, 160 Kg ha-1), 2 phosphorus sources (single superphosphate and triple superphosphate) and 6 evaluation seasons (15, 30, 45, 60, 75 and 95) days after emergence. In the 2 designs there were 4 repetitions. Growth and yield analyzes were performed. With the analysis it was possible to observe that superphosphate source ensured greater contribution of leaf area and dry matter, but at plant height the best source was triple superphosphate with doses 40 and 160 kg ha-1. Due to the contribution of dry matter, structural improvement of the culture and a 21.51% lower cost, it was concluded that the best source of phosphorus to be used is simple superphosphate.

Author Biographies

Thais Cardoso de Souza, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais

Engenheira Agrônoma formada pelo Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Arinos.

Francisco Valdevino Bezerra Neto, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais

É Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - Campus Arinos, onde, desde que entrou em exercício em julho de 2011, atuou como Coordenador de Pesquisa, Membro da CEPE, Diretor de Ensino, e membro do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Tecnologia de Produção de Grãos. Na mesma Instituição, orientou diversos trabalhos de conclusão de curso sendo Coordenador de projeto de pesquisa cadastrado. Possui Licenciatura em Ciências Agrícolas pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2002), Mestrado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (2005) e Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2009). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Agronomia, atuando principalmente melhoramento genético vegetal. Atuou como professor de ensino superior na iniciativa privada nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, e professor substituto de EBTT no Instituto Federal do Espírito Santo, campus Itapina.

Maria Ângela Cruz Macêdo dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais

Agrônoma formada pela Universidade Federal do Cariri. Atuei como bolsista de Iniciação a Docência e Iniciação Acadêmica. Fui monitora das disciplinas de Microbiologia básica, Princípios de Entomologia, Irrigação e drenagem e de Hidráulica aplicada. Realizei estágio curricular com pesquisa no Laboratório de Solos da Universidade Federal do Cariri (UFCA). Mestre em Engenharia Agrícola na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), com trabalho desenvolvido na Embrapa Mandioca e Fruticultura, pesquisando estresse biótico e abiótico em citros. Doutora em Engenharia Agrícola na UFRB, enfatizando pesquisas com uso da modelagem agro-hidrológica na temática de serviços ambientais e áreas degradadas no semiárido brasileiro.

References

Aguiar, A. T. E., Gonçalves, C., Paterniani, M. E. A. G. Z., Tucci, M. L. S. & Castro, C. E. F. (2014). Instruções agrícolas para as principais culturas econômicas. Boletim IAC, n. º 200. 7 Ed. Instituto Agronômico. https://www.iac.sp.gov.br/publicacoes/arquivos/iacboletim200.pdf

Agência Minas (2020). Safra de amendoim em Minas crescerá quase 50% neste ano (2019). http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticia/safra-de-amendoim-em-minas-crescera-quase-50-neste-anose

Alvarez, R C. F., Rodrigues, J. D., Marubayashi, O. M., Alvarez, A. C. C., Cruscio, C. A. C. et al. (2005). Análise de crescimento de duas cultivares de amendoim (Arachis hypogaea L.). Acta Scientiarum Agronomy, 27(4), 611-6. https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/download/1700/1095/

Bernardo, S. & Soares, A. A.; Mantovani, E. C. (2008). Manual de Irrigação. 8 Ed. Editora UFV.

Bertioli, D. J.; Seijo, G.; Freitas, F. O.; Valls, J. F. M.; Bertioli, S. C. M. L.; Moretzsohn, M.C. (2011). An overview of peanuts and its wild relatives. Plant Genetic Resources: Characterization and Utilization, 9(1); 134–149. https://doi.org/10.1017/S1479262110000444

Bolonhezi, D.; Pereira, J. C. V. N. A.; Godoy, I. J.; Gentilin Jr., O; Freitas, S. S. (2005). Manejo cultural do amendoim. In: O agronegócio do amendoim no Brasil. Editora Embrapa.

Cardozo, N. P.; Parreira, M. C.; Amaral, C. L.; Alves, P. L. C. A.; Bianco, S. (2011). Estimativa da área foliar de Crotalaria juncea L. a partir de dimensões lineares do limbo foliar. Bioscience Journal, 27(6), 902-907. http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/12123/8115

Camilo, J. V. (2020). Safra de amendoim em Minas crescerá quase 50% em 2020. http://www.agricultura.mg.gov.br/index.php/component/gmg/story/3727-safra-de-amendoim-em-minas-crescera-quase-50-em-2020.

Campanha Nacional de Abastecimento (CONAB). (2020). Acompanhamento da safra brasileira de grãos. Safra 2019/20, 7(9). Brasília-DF. https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/graos/boletim-da-safra-de-graos/item/download/32083_394e261c476ea1d66359bed03d095ecb

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). (2016). Manejo da adubação fosfatada para culturas anuais no Cerrado. Circular Técnica 33. Embrapa Cerrados. https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/154889/1/CT-33.pdf

Felippe, G. (2011). Amendoim: história, botânica e culinária. 1 Ed. Editora Senac.

Koche, J. C. (2011). Fundamentos de metodologia científica. Petrópolis: Vozes. http://www.adm.ufrpe.br/sites/ww4.deinfo.ufrpe.br/files/Fundamentos_de_Metodologia_Cienti%CC%81fica.pdf

Magalhães, P. C.; Durães F. O. M.; Rodrigues, J. A. S. Ecofisiologia. In: Rodrigues, J. A. S. (2007). Cultivo do sorgo. 5 Ed. Embrapa Milho e Sorgo.

Marques, D. J; Bianchini, H. C.; Roewer L. A. (2014) Fosfito de potássio contribui para enchimento de grãos. https://revistacampoenegocios.com.br/fosfito-de-potassio-contribui-para-enchimento-de-graos/#:~:text=Influ%C3%AAncia%20no%20enchimento%20de%20gr%C3%A3os&text=Nesse%20contexto%2C%20os%20fosfitos%20podem,consequente%20aumento%20na%20produtividade%20agr%C3%ADcola.

Mendes, J. P. P., Amaral, A. M., Verssiani, M. A. S, Santos, M. Â. C. M. (2020). Crescimento e qualidade de mudas de baru em resposta a hidroretentor e água magnetizada. Scientia Plena. 16(11), 1-10. https://doi.org/10.14808/sci.plena.2020.110201

Nogueira, R. J. M. C.; Távora, F. J. A. F.; Albuquerque, M. B.; Nascimento, H. H. C.; Santos, R. C. Ecofisiologia do amendoim (Arachis hipogaea L.). In: O Agronegócio do Amendoim do Brasil. (2013). 2 Ed. Editora Embrapa.

Pereira A. S.; Dorlivete, M. S.; Parreira, F. J.; Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [free e-book]. Santa Maria/RS. Ed. UAB/NTE/UFSM. https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1

Perin, A. (2001). Desempenho de leguminosas herbáceas perenes com potencial de utilização para cobertura viva e seus efeitos sobre alguns atributos físicos do solo. (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ.

Souza, U. O., Santos, L. G., Carvalho, G. B., Santos, A. R. & Souza, G. S. (2012). Adubação fosfatada e qualidade de luz modificada no desenvolvimento e produtividade da cultura do amendoim. Enciclopédia Biosfera, 8(15), 16-35. https://www.conhecer.org.br/enciclop/2012b/ciencias%20agrarias/adubacao.pdf

Verssiani, M. A. S.; Amaral, A. M.; Mendes, J. P. P.; Botelho, L. S.; Santos, M. Â. C. M. (2021). Influência da irrigação com água magnetizada no cultivo de pimenteiras do gênero Capsicum. Meio Ambiente Brasil (MABRA), 3(5), 064-080. http://meioambientebrasil.com.br/index.php/MABRA/article/view/158

Published

12/10/2021

How to Cite

SOUZA, T. C. de; BEZERRA NETO, F. V. .; SANTOS, M. Ângela C. M. dos; AMARAL, A. M. . Peanut response to different sources and doses of phosphorus. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e287101321251, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.21251. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21251. Acesso em: 2 dec. 2021.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences