Risky sexual behavior in adolescents does not depend on the level of knowledge about HIV/AIDS?

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.21468

Keywords:

Sexually Transmitted Diseases; Acquired immunodeficiency syndrome; Health education.

Abstract

Objective: to assess the knowledge and practices of adolescent students in relation to HIV/AIDS and other STIs. Methods: this is a cross-sectional study, with a quantitative approach, which included twelve public schools from seven cities in Rio Grande do Norte, with a sample of 623 individuals. Two electronic and interactive questionnaires were used for data collection. Data processing was performed using SPSS 25.0® and Stata 14.0. For the analysis of associated factors, the Item Response Theory was used. The project of this study was approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte, Protocol No. 99473118.2.0000.5292. Results: The participants who achieved the highest means of knowledge level were female (6.04 ± 4.47), with a partner (6.13 ± 4.49), white (6.10 ± 4.46) and received financial assistance from the government (6.72 ± 4.40). Most teenagers reported that they had already had their first sexual intercourse. Of those who continued to have sex in the last 6 months, only 31.3% used a condom. Final considerations: Adolescents have a considerable level of knowledge about the prevention of HIV/AIDS and other STIs, but their sexual practices do not follow the recommended preventive measures.

Author Biographies

Jéssica Kelly Ramos Cordeiro, Universidade Estadual da Paraíba

Postgraduate Program in Nursing. State University of Paraíba. Campina Grande, Paraíba, Brazil.

Waleska Fernanda Souto Nóbrega, Universidade Estadual da Paraíba

Doutoranda em Clínicas Odontológicas

Milena Edite Casé de Oliveira, Universidade Federal da Paraíba

Postgraduate program in cognitive neuroscience and behavior. Federal University of Paraiba. João Pessoa, Paraíba, Brasil.

Kedma Anne Lima Gomes, Universidade Federal da Paraíba

Postgraduate program in cognitive neuroscience and behavior. Federal University of Paraiba. João Pessoa, Paraíba, Brasil.

Tiago Almeida de Oliveira, Universidade Estadual da Paraíba

Department of Statistics. State University of Paraíba. Campina Grande, Paraíba, Brasil.

Ângelo Giuseppe Roncalli da Costa Oliveira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Department of Public Health. Federal University of Rio Grande do Norte. Natal, Rio Grande do Norte, Brasil.

References

Andrade, D. F., Tavares, H. R., & Valle, R. C. (2000). Teoria da Resposta ao Item: conceitos e aplicações. SINAPE.

Angelim, R. C. M., et al. (2016). Atividades educativas sobre práticas sexuais de risco para estudantes: relato de experiência. Revista de Enfermagem da Universidade Federal do Piauí (REUFPI), 5(1), 96-100.

Brasil. (2011). Pesquisa de conhecimento, atitudes e práticas na população brasileira. Ministério da Saúde.

Brasil. (2010). PNUD Brasil. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, 2010 - Todos os Estados do Brasil. https://www.br.undp.org/content/b razil/pt/home/idh0/ranki ngs/idhm-uf-2010.html.

Brasil. (2013). Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Dispõe sobre diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Brasil. (2016). Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar. Ministério da Saúde.

Cabrera-Garcia, V., Docal-Millán, M. D., Manrique-Mora, L. M., Piraquive, J. M., & Aguilar, C. M. (2018). Family and school: contexts associated with the onset of sexual activity among colombian teenagers. Revista de Salud Pública, 20(3), 279-85.

Ciriaco, N. L. C., Pereira, L. A. A. C., Campos, P. H. A., & Costa, R. A. (2019). A importância do conhecimento sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) pelos adolescentes e a necessidade de uma abordagem que vá além das concepções biológicas. Em Extensão, 18(1), 63-80.

Cordeiro, J. K. R., Santos, M. M., Sales, LK. O., Morais, I. F., & Dutra, G. R. S. F. (2017). Adolescentes escolares acerca das DST/aids: quando o conhecimento não acompanha as práticas seguras. Revista de Enfermagem UFPE on line, 11(7), 2888-96.

Costa, I. D. N., & Nunes, N. S. (2017). Compreensão dos adolescentes sobre a prevenção e transmissão das infecções sexualmente transmissíveis em escolas do município de presidente Médici, Rondônia, Brasil. Acta Biomedica Brasiliensia, 8(1), 12-23.

Costa, R. S. L., Silva, W. B. Nascimento, & K. J. O. (2018). Percepção de risco de adolescentes escolares em relação às infecções sexualmente transmissíveis em duas escolas de ensino médio do Acre. DêCiência em Foco, 2(2), 59-72.

Costa,M. I. F., Rodrigues, R. R., Teixeira, R. M., Paula, P. H. A., Luna, I. T., Pinheiro, P. N. C. (2020). Adolescentes em situação de pobreza: resiliência e vulnerabilidades às infecções sexualmente transmissíveis. Revista Brasileira de Enfermagem, 73.

Costenaro, R. G. S., Jesus, M. I. A., Oliveira, P. P., Roos, M. O., Stankowski, S. S., & Teixeira, D. A. (2020). Sexual Education With Adolescents: promoting health and socializing good social and family practices. Brazilian Journal of Development, 6 (12), 544-60.

Etikan, I., & Bala, K. (2017). Combination of Probability Random Sampling Method with Non Probability Random Sampling Method (Sampling Versus Sampling Methods). Biometrics & biostatistics international Journal, 5(6), 148.

Ferrari, W., Peres, S., & Nascimento, M. (2018). Experimentação e aprendizagem na trajetória afetiva e sexual de jovens de uma favela do Rio de Janeiro, Brasil, com experiência de aborto clandestino. Ciência e Saúde Coletiva, 23(9), 2937-50.

Flores, Y. Y. R. (2016). A violência sexual como fator limitante na percepção e gestão do risco de HIV em mulheres casadas com migrantes. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 24, e2782.

Fonseca, R. M. G. S., Santos, D. L. A., Gessner, R., Fornari, L. F., Oliveira, R. N. G., & Schoenmaker, M. C. (2018). Gênero, sexualidade e violência: percepção de adolescentes mobilizadas em um jogo online. Revista Brasileira de Enfermagem, 71(1), 652-59.

Hartmann, J. M., & Cesar, J. A. (2013). Conhecimento de preservativo masculino entre adolescentes: estudo de base populacional no semiárido nordestino, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, 29(11), 2297-2306.

Malta, D. C., Andreazzi, M. A. R., Oliveira-Campos, M., Andrade, S. S. C. A., Sá, N. N. B., Dias, L. M. A. J. R., Crespo, C. D., & Silva, J. B. (2014). Tendências dos fatores de risco e proteção de doenças crônicas não transmissíveis em adolescentes, pesquisa nacional de saúde do escolar (PeNSE 2009 e 2012). Revista Brasileira de Epidemiologia, 17(1), 77-91.

Martins, E. R. C., Medeiros, A. S., Oliveira, K. L., Fassarella, L. G., Moraes, P. C., & Spíndola T. (2020). Vulnerabilidade de homens jovens e suas necessidades de saúde. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, 24(1), e20190203.

Miranda, A. E., Ribeiro, D., Rezende, E. F., Pereira, G. F. M., Pinto, V. M., & Saraceni, V. (2013). Associação de conhecimento sobre DST e grau de escolaridade entre conscritos em alistamento ao Exército Brasileiro. Ciência & Saúde Coletiva, 18(2), 489-97.

Moita Neto, J. M. (2004). Estatística multivariada: Uma visão didática-metodológica. Filosofia da Ciência, 1-13.

Moreira, L. R., Dumith, S. C., Paludo, S. S. (2018). Uso de preservativos na última relação sexual entre universitários: quantos usam e quem são?. Ciência & Saúde Coletiva, 23(4), 1255-66.

Neves, R. G., Wendt, A., Flores, T. R., Costa, C. S., Costa, F. S., Tovo-Rodrigues, L., & Nunes, B. P. (2017). Simultaneidade de comportamentos de risco para infecções sexualmente transmissíveis em adolescentes brasileiros, 2012. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 26(3), 443-54.

Oliveira, P. S., Abud, A. C. F., Inagaki, A. D. M., Alves, J. A. B., & Matos, K. F. (2018). Vulnerabilidade de adolescentes às doenças sexualmente transmissíveis na atenção primária. Revista de Enfermagem UFPE on line, 12(3), 753-62.

Pinto, V. M., Basso, C. R., Barros, C. R. S., & Gutierrez, E. B. (2018). Fatores associados às infecções sexualmente transmissíveis: inquérito populacional no município de São Paulo, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 23(7), 2423-32.

Queiroz, M. V. O., Alcântara, C. M., Brasil, E. G. M., & Silva, R. M. (2016). Participação de adolescentes em ações educativas sobre saúde sexual e contracepção. Revista Brasileira em Promoção da Saúde (RBPS), 29, 58-65.

Rodrigues, M. T. P, Moreira, T. M. M., Vasconcelos, A. M., Andrade, D. F., Silva, D. B., & Barbetta, P. A. (2013). Instrumento mensurador de adesão para hipertensos: contribuição da Teoria da Resposta ao Item. Revista de Saúde Pública, 47(3), 523-30.

Santos, C. A. C., & Nogueira, K. T. (2019). Gravidez na adolescência: falta de informação? Revista Adolescência e Saúde, 6(1), 48-56.

Scoralick, G. B. F., Daher, D. V., Faria, M. G. A., Brito, I. S., Sabóia, V. M., & Guimarães, M. R. (2018). Análise do Comportamento Sexual de Adolescentes e Fatores de Risco à Saúde. ‎Revista Enfermagem Atual, 86(24).

Silva, R. A. R., Nelson, A. R. C., Duarte, F. H. S., Prado, N. C. C., Holanda, J. R. R., & Costa, D. A. R. S. (2016). Conhecimento de estudantes adolescentes sobre transmissão, prevenção e comportamentos de risco em relação as DST/HIV/AIDS. Journal of Research: Fundamental Care Online's, 8(4), 5054-61.

Souza L. S. (2018). Conhecimentos e práticas de adolescentes acerca das Infecções Sexuais Transmissíveis (ISTs) nas escolas públicas do município de Aracaju/SE. Sergipe. Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade Federal de Sergipe.

Zompero, A. F., Leite, C. M., Giangarelli, D. C., & Bermago, M. C. (2018). A temática sexualidade nas propostas Curriculares no Brasil. Revista Ciências & Ideias, 9(1), 101-14.

Downloads

Published

19/10/2021

How to Cite

CORDEIRO, J. K. R.; NÓBREGA, W. F. S. .; OLIVEIRA, M. E. C. de; GOMES, K. A. L.; OLIVEIRA, T. A. de; OLIVEIRA, Ângelo G. R. da C. Risky sexual behavior in adolescents does not depend on the level of knowledge about HIV/AIDS?. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e491101321468, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.21468. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21468. Acesso em: 4 dec. 2021.

Issue

Section

Health Sciences