The impact of pre-natal care for pregnant women in street conditions

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i14.21512

Keywords:

Street people; Pessoas Em Situação De Rua; Assistência Pré-Natal; Gestante.; Prenatal assistance; Pregnant.

Abstract

Introduction: Prenatal care is one of the fundamental pillars for health promotion during pregnancy, promoting care for women, taking into account all the particularities that involve this process. Monitoring during prenatal care is important for prevention, detection and control of complications and should start in the first trimester of pregnancy, but unfortunately, many women, especially those in vulnerable situations, have difficulty access to health services. Objectives: To describe and discuss the importance of prenatal care for homeless women. Methodology: This is an integrative review with a qualitative approach, using the databases PubMed, BVS and SciELO using the descriptors “People living on the streets”; “Pre-Christmas Assistance” and “Pregnant Woman. 76 articles were found, of which 42 met the inclusion criteria and 34 were excluded, and 8 articles were analyzed in the end. Final Considerations: Thus, it is clear that although the SUS has strategies within the PHC for monitoring homeless pregnant women through the eCR, there is still negligence. Furthermore, there is a scarcity of articles in the databases that address the objective of this study, thus it is necessary to encourage more studies to be carried out with PSR as a target audience. Finally, we can see the extreme importance of good prenatal care, especially for people in vulnerable situations, so that injuries and damage are reduced.

References

Cardoso S.L., Souza M.E., Oliveira R.S., Souza A.F. , Lacerda M.D. , Oliveira N.T. , Castro A.P. , Medeiros K.M. .(2019) Ações De Promoção Para Saúde Da Gestante Com Ênfase No Pré-Natal. Revista Interfaces: Saúde, Humanas e Tecnologia [Internet]. v.7, n.1, p. 180-186.

Carmo M.E. , Guizardi F.L. (2018) O conceito de vulnerabilidade e seus sentidos para as políticas públicas de saúde e assistência social. Cadernos de Saúde Pública [Internet]. v.34, n. 3.

Natalino, M. A. C.(2020) Estimativa da população em situação de rua no Brasil. Nota Técnica n. 73.

Valle, F. A. A. L., Farah, B. F., Carneiro, N. (2020) As vivências na rua que interferem na saúde: perspectiva da população em situação de rua. Revista Saúde em Debate, v. 44, p.182-19.

Leal, M. D. C., Esteves-Pereira, A. P., Viellas, E. F., Domingues, R. M. S. M., Gama, S. G. N. D.(2020) Assistência pré-natal na rede pública do Brasil. Revista de Saúde Pública, v.54, n.8.

Araujo, Amauri dos Santos et al. (2017) O contexto da gestante na situação de rua e vulnerabilidade: seu olhar sobre o pré-natal. Revista de Enfermagem. UFPE on line [ S.I.] v.11,n.10, p. 4103-4110.

Machado, C. M. B., Vaz, C. S., & Damásio, F. (2020) SUS e SUAS: o desafio da intersetorialidade no cuidado integral e na proteção social de pessoas em situação de rua. Anais do 14º Congresso Internacional da Rede Unida. Saúde em Redes, v. 6, supl. 3.

Medeiros, C. R. S., Cavalcante, P. (2018) A implementação do programa de saúde específico para a população em situação de rua-Consultório na rua: barreiras e facilitadores. Revista Saúde e Sociedade, v.27, p.754-768.

Mendes, Karina Dal Sasso; Silveira, Renata Cristina De Campos Pereira; Galvão, Cristina Maria.(2019) Uso De Gerenciador De Referencias Bibliográficas En La Selección De Los Estudios Primarios En Revisión Integrativa. Texto & Contexto-Enfermagem, V. 28.

Garcia, E.M. et al.(2019) Risco gestacional e desigualdades sociais: uma relação possível?. Ciência & Saúde Coletiva, v.24, n.12, p.4633-4642.

Oliveira, R. G.(2018) Práticas de saúde em contextos de vulnerabilização e negligência de doenças, sujeitos e territórios: potencialidades e contradições na atenção à saúde de pessoas em situação de rua. Revista Saúde e Sociedade, v.27, p.37-50.

Vargas ER,Macerata I (2018) Contribuições das equipes de Consultório na Rua para o cuidado e a gestão da atenção básica.Rev Panam Salud Publica v. 42.

Teixeira M.B,Belmonte P., Engstrom E.M,Lacerda A. (2019) Os invisibilizados da cidade: o estigma da População em Situação de Rua no Rio de Janeiro.Saúde debate v.43 n.7. 2019

Engstrom, E. M., Lacerda, A., Belmonte, P., Teixeira, M. B.(2020) A dimensão do cuidado pelas equipes de Consultório na Rua: desafios da clínica em defesa da vida. Revista Saúde em Debate, v.43, p.50-61.

ARAUJO, Amauri dos Santos et al.(2017) O contexto da gestante na situação de rua e vulnerabilidade: seu olhar sobre o pré-natal. Rev. enferm. UFPE online, p. 4103-4110

Kurata et al.(2020) Na Interim Repor on the Provision of Prenatal Care for Pregnant Mothers Experiencing Homelessness in Hawai‘i HAWAI‘I JOURNAL OF HEALTH & SOCIAL WELFARE, v. 79 n. 5.

Azarmehr H, Lowry K, Sherman A, Smith C, Zuñiga JÁ (2018) Nursing Practice Strategies for Prenatal Care of Homeless Pregnant Women. Nursing for Women's Health v.22, n.6 p. 489-498.

Cesar J.A. , Camerini A.V., Paulitsch R.G., Terlan R.J. (2020) Não realização de teste sorológico para sífilis durante o pré-natal: prevalência e fatores associados. Revista Brasileira de Epidemiologia [Internet]. v. 23

de Andrade Nunes, N. R., de Sousa, P. C. S.(2020) Para ficar em casa é preciso ter casa: Desafios para as mulheres em situação de rua em tempos de pandemia. Revista Augustus, v. 25 n. 51, p. 97-112.

Figueiredo, F. D. A., Fireman, M. A. D. A (2018). Portaria Conjunta Nº 08, Ministério Da Saúde Secretaria De Atenção À Saúde Secretaria De Ciência, Tecnologia E Insumos.

Figueiredo, D. C. M. M. D., Shimizu, H. E., & Ramalho, W. M.. A (2020) Acessibilidade da Atenção Básica no Brasil na avaliação dos usuários. Cadernos Saúde Coletiva, v. 28, p. 288-301

Silva, T. D., Natalino, M. A. C., & Pinheiro, M. B. (2020). População em situação de rua em tempos de pandemia: um levantamento de medidas municipais emergenciais.

Trino, A. T., Gomes, A. L., Machado, C. M. B., Vaz, C. S., Lima, C. C., Melo, B. D., Santos, S. G. A. D. (2020). Recomendações para os consultórios na rua e a rede de serviços que atuam junto com a população em situação de rua. Fundação Oswaldo Cruz

Published

25/10/2021

How to Cite

RIBEIRO, Y. C. F. .; BARBOSA, M. C. N. A. .; SILVA NETO, A. R. da .; VISGUEIRA, F. L. L. .; ARAÚJO, T. de S. L. .; MARQUES, G. A. R. The impact of pre-natal care for pregnant women in street conditions. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 14, p. e62101421512, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i14.21512. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21512. Acesso em: 22 jul. 2024.

Issue

Section

Health Sciences