The importance of healthy eating habits in old age

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i14.21858

Keywords:

Quality of Life; Eating Habits; Old person.

Abstract

The overall objective of the study is to highlight the importance of healthy eating habits among malnourished elderly. It is mentioned that the specific objectives of the study are:  To understand the relationship between the physiological changes that occur in aging and the nutritional needs of the elderly. Raise aspects of the etiology of malnutrition in the elderly; and highlight the importance of nutritional follow-up in the elderly population in the development of healthy habits. This research is a review of the integrative. The database used were: PubMed, Virtual Health Library (VHL) and SciELO and other nutrition journals. The strategy elaborated for inclusion in this research were: a study published in journals indexed in English, Spanish and Portuguese, available in full, free of charge, addressing the proposed theme, which were duly published in the period 2015 to 2021. The strategy elaborated for exclusion were studies published before 2015, which were not available in full, and were unrelated to the proposed theme. Thus, 367 studies were found, of this total 85 were selected, but only 37 studies were analyzed in this article. It is concluded that there are different risk factors for malnutrition in the elderly, this nutritional status is a risk factor for the development of diseases and can lead to death. Therefore, family members should act to avoid this situation, but when developed it is relevant that the elderly be accompanied by the nutritionist, because the professional can analyze the clinical picture and develop appropriate dietary strategies for patients.

Author Biographies

Marcley Torres Ipuchima, Centro Universitário Nilton Lins

Graduanda em Bacharelado em Nutrição

Lídia Lisboa Costa , Centro Universitário Nilton Lins

Professora e Orientadora do Curso de Nutrição pela Universidade Nilton Lins

References

Abd Aziz, N. A. S., Teng, N. I. M. F., Hamid, M. R. A., & Ismail, N. H. (2017). Assessing the nutritional status of hospitalized elderly. Clinical interventions in aging, 12, 1615.

Andrade, C. C. S., Andrade, C. H. S., & de Almeida Andrade, E. (2021). A importância da assistência de enfermagem e nutrição na prevenção de quedas em idosos. Revista Artigos. Com, 30, e8129-e8129.

Albuquerque, Samara Maria de et al. (2018) Fatores que afetam o consumo alimentar e a nutrição do idoso: uma revisão integrativa. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Nutrição) - Unidade Acadêmica de Saúde da Universidade Federal

Alvarado-García, A., Lamprea-Reyes, L., & Murcia-Tabares, K. (2017). Nutrição na pessoa idosa: uma oportunidade para o cuidado de enfermagem. Enfermagem da Universidade, 14 (3), 199-206.

Alvarado Gutiérrez, M. C. (2019). Hábitos alimentarios y estado nutricional en adultos mayores Centro de Salud Pachacutec Cajamarca. Disertación (Licenciada en Enfermería) Universidad Nacional De Cajamarca – UNC.

Aires, I. O., de Sousa, L. L. C., de Sousa, D. J. M., de Araújo, D. S. C., Oliveira, I. K. F., & Alencar, M. D. S. S. (2019). Consumo alimentar, estilo de vida e sua influência no processo de envelhecimento. Research, Society and Development, 8(11).

Barbosa, K. T. F., & Fernandes, M. D. G. M. (2020). Vulnerabilidade da pessoa idosa: desenvolvimento de conceito. Revista Brasileira de Enfermagem, 73.

Barbosa, L. M., Czernaik, C. M., & Colussi, E. L. (2015). Nutrição e aspectos sociais no envelhecimento. Telma Elita Bertolin. Méritos

Bernardi, A. P., Maciel, M. A., & Baratto, I. (2017). Educação nutricional e alimentação saudável para alunos da Universidade Aberta a Terceira Idade (UNATI). RBONE-Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, 11(64), 224-231.

Campos, J. M. (2019). Manual Prático de Pesquisa Científica. Thieme Revinter Publicações LTDA.

Caldas, L. R. D. R., Albuquerque, M. R., Araújo, S. R. D., Lopes, E., Moreira, A. C., Cândido, T. M., & Carneiro‐Júnior, M. A. (2019). Dezesseis semanas de treinamento físico multicomponente melhoram a resistência muscular, agilidade e equilíbrio dinâmico em idosas. Revista brasileira de ciências do esporte, 41, 150-156.

da Paixão, A. A., Ximenes, L. D. S. V., & dos Santos, E. T. (2020). Tendências temporais da mortalidade por desnutrição em idosos no estado de mato grosso do sul, no período de 2002 a 2012. Revista Eletrônica da Associação dos Geógrafos Brasileiros Seção Três Lagoas, 48-65.

de Sousa Albuquerque, F. R. V., & Cavalcante, J. L. P. (2016). Constipação intestinal e consumo alimentar em grupo de idosos: um estudo bibliográfico. Revista Kairós: Gerontologia, 19(4), 293-304.

Esquivel, M. K. (2018). Nutritional assessment and intervention to prevent and treat malnutrition for fall risk reduction in elderly populations. American journal of lifestyle medicine, 12(2), 107-112.

Graciano, A. R., Cozer, A. M., Santana, V. M. L., & de Oliveira, J. M. R. (2018). Avaliação nutricional e risco de desnutrição em idosos com demências. Saúde e Pesquisa, 11(2), 293-298.

Guimarães, B. P., Maciel, A. R., Barbosa, A. P., Viziolli, B. N. P., Vitta, C. E., & Chaud, D. M. A. (2021). O consumo de água em idosos: uma revisão. Vita et Sanitas, v. 15, n. 2, p. 53-69, 2021.

Jobim, F. A. R. D. C., & Jobim, E. F. D. C. (2015). Atividade física, nutrição e estilo de vida no envelhecimento. UNOPAR Cient., Ciênc. biol. saude.

Júnior, E. O. C., de Araújo, E. Q. X., Evangelista, D. R., Rezende, F. A. C., Netto, L. S. S., Osório, N. B., & Nunes, D. P. (2019). Relação das condições de vida e saúde sobre a fragilidade em idosos. Humanidades & Inovação, 6(11), 76-87.

Kleina, C., & Rodrigues, K. S. B. (2014). Metodologia da pesquisa e do trabalho científico. Ed. Curitiba, PR: IESDE Brasil.

Lima, E. F. C., Formiga, L. M. F., Costa, D. M., Feitosa, L. M. H., Araújo, A. K. S., & da Rocha Leal, S. (2019). Ingestão alimentar de cálcio e vitamina D em idosos. Revista Enfermagem Atual In Derme, 87(25).

Maria de Lourdes, M. V., Leonor, H. P., & Maritza, C. S. (2021). La Nutrición En El Adulto Mayor, Un Reto Social. In: cibamanz.

Maciel, B. K. C., Fortunato, B. E. N., Melo, L. F. B., & Dantas, S. R. (2015). Necessidades Nutricionais: mudanças com o envelhecimento. In Congresso Internacional de Envelhecimento Humano.

Ministério Da Cidadania (Secretaria Especial do Desenvolvimento Social). Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa. Acesso em: 19 de set de 2021.

Melo, C. L. D., & Medeiros, M. A. T. D. (2020). Atenção Nutricional à pessoa idosa na Atenção Primária à Saúde, sob a ótica de profissionais de saúde. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 23.

Morais, S. C. M., Santos, D. A., de Almeida, E. B., & da Silva, T. B. L. (2021). Aspectos nutricionais e psicológicos de idosos em situação de vulnerabilidade: Um estudo de revisão sistemática. Revista Kairós: Gerontologia, 24, 157-176.

Monteiro, M. D. S. Autocuidado praticado por idosos com diabetes mellitus em uma unidade básica de saúde–Parintins-AM. Trabalho de Conclusão de enfermagem (Enfermagem) - Universidade do Estado do Amazonas.

Oliveira, A. S., de Oliveira Santos, J., Gonçalves, I. C. M., & Soares, W. D. (2021). Prevalência da desnutrição em idosos. Revista Perspectiva, 45(169), 141-154.

Oliveira, L. M. C. D., Dantas, M. L. D. S., & Feitosa Neto, P. A. (2021). Qualidade de vida e capacidade funcional segundo estado nutricional de idosos em Maceió, AL. Trabalho de conclusão de curso (Bacharel em Nutrição) - Centro Universitário Tiradentes.

Oliveira, M. D. D., Cas, E. M. D., Tassoni, D. S., Ziemann, D. K., Poll, F. A., Wichmann, F. M. A., & Roos, N. P. (2019). Consumo alimentar de fibras e caracterização do perfil nutricional de idosos hipertensos. Anais do Salão de Ensino e de Extensão, 93.

Pacheco, R., Silva, R., Costa, T., Almeida, A., & Amado, J. (2020). Fatores de risco de desnutrição na pessoa idosa: uma revisão sistemática. Millenium-Journal of Education, Technologies, and Health, (13), 69-78.

Pereira, H. E. F., Oliveira, J. S., Prates, R. P., Leão, L. L., Pereira, É. J., & Farias, P. K. S. (2018). Perfil nutricional e dietético de idosos atendidos nas estratégias de saúde da família do norte de Minas Gerais. Revista de APS, 21(2).

Rodrigues, R. M. D. S. N. (2018). Abordagem da educação alimentar e nutricional no contexto escolar através do Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) transversal de saúde: um estudo de caso. Revista Científica de Iniciación a la Investigación, 3(1).

Santos, J. V. D., Closs, V. E., Castanho, V. C., & Hagen, M. E. K. (2019). Deficiência de vitamina D nos idosos brasileiros e fatores associados: uma revisão sistemática (resultados parciais). Clinical and biomedical research.

Simieli, I., Padilha, L. A. R., & de Freitas Tavares, C. F. (2019). Realidade do envelhecimento populacional frente às doenças crônicas não transmissíveis. Revista Eletrônica Acervo Saúde, (37), e1511-e1511.

Silveira, J. R. D., & Almeida, S. G. D. (2018). Alimentação do idoso: Estratégia de motivação para uma alimentação saudável. Trabalho de conclusão de curso (Nutrição) - Centro Universitário De Brasília (UNICEUB), 2018.

Silvério, J. K. A., Pedreira, K. R. A., & Kutz, N. A. (2017). Estado nutricional de idosos institucionalizados: uma revisão de literatura. Visão Acadêmica, 17(3).

Sousa, K. T. D., Mesquita, L. A. S. D., Pereira, L. A., & Azeredo, C. M. (2014). Baixo peso e dependência funcional em idosos institucionalizados de Uberlândia (MG), Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 19, 3513-3520.

Published

31/10/2021

How to Cite

IPUCHIMA, M. T. .; COSTA , L. L. . The importance of healthy eating habits in old age. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 14, p. e203101421858, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i14.21858. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21858. Acesso em: 15 jun. 2024.

Issue

Section

Review Article