Pilates method applied to the pregnancy period: its benefits for natural childbirth

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i14.22495

Keywords:

Pilates method; Gestation; Natural childbirth; Physical activities.

Abstract

Objective: Discuss about the pilates method during pregnancy and its benefits for a natural birth. Methodology: This is a narrative bibliographic review, carried out through scientifically-based articles from journals available in electronic databases, such as google academico, scielo, books and magazines, researches that address the Pilates method in the gestational period that are in the years from 2011 to 2021. Key words that will be used for the research: pilates benefit, pregnancy, natural childbirth, pilates method. Results: The results that apply here, suggest that the practice of Pilates, during the gestational period, taking into account the dimensions that this exercise reaches, are, in short, determinants for the delivery process, as it meets the needs of expansion of the body, suggested to the organism. Final Considerations: Pilates presents in its frame a complex grid that meets the demands of the organism in a broad way, extending to punctual and ample pains.

References

Amorim, T. (2021) A importância do controle respiratório no pilates. Blog Pilates. https://blogpilates.com.br/controle-respiratorio-no-pilates/.

Andrade D. C. (2021). Importância do fortalecimento do assoalho pélvico em gestantes.

Burg, J. L. (2016). Os benefícios do pilates na gestação. FAEMA. http://repositorio.faema.edu.br

Chistófalo, C. M., Ariane, J., & Tumerelo, A. S. (2003) A prática de exercício físico durante o período de gestação. E.F Deportes. com, 9, 59.

Daminni, M. C. V. et., al (2019). mudanças na vida e no corpo da mulher durante a gravidez. Brazilian Journal of Surgery and Clinical Research – BJSCR. 27(1), 126-131.

Carvalho, J. (2021). Pilates na gravídez: Como a técnica ajuda na preparação do corpo para o parto.

Freitas, M. S., et al (2011). O método pilates na diminuição da dor lombar em gestantes. Goias.

Gil, A. C (2002). Como elaborar projetos de pesquisa.

Kitechen, S., & Bazin, S. Eletroterapia de Clayton. 10. ed. São Paulo: Manole. 1998. 350p. Marinho, A. C. N. Atuação fisioterapêutica no aleitamento materno e na intercorrência mamária. Fisioterapia Brasil. São Carlos, (4), 317-320.

Kroetz, D. C. (2015). Benefícios do método pilates nas alterações musculoesqueléticas decorrentes do período gestacional. Revista Visão Universitária.

Marconi, M. de A., & Lakatos, E. M. (2018). Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisa, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados.

Martins, R. A. S (2013). Método pilates e seus benefícios nas alterações osteomusculares do período gestacional. Monografia apresentada em Pós-graduação em Ortopedia e Traumatologia com Ênfase em Terapia Manual – Faculdade Ávila

.

Mota, A. (2018). Pilates na gestação. https://www.dafnemacruz.com.br/posts/m.php?l=pilates-na-gestacao.

Nascimento, T. G.M., & Dayana, P. M (2021). O método pilates aplicado à ginecologia obstetrícia: benefícios durante o período gestacional e para o parto natural.

Neto, A. A. L (2018). O desenvolvimento fetal influenciado pela prática de exercícios físicos por gestantes.

Oliveira, A. C. P. M., Sene, L. B., & Watanabe L. A. R. (2018). Percepção de dor no parto normal em gestantes.

Nascimento, D. (2017). Período gestacional e a importância do método pilates.

Valeriano, P. (2021). Preparação do parto com o método pilates para gestantes. 2021. http: pilates-na-gravidez-como-a-tecnica-ajuda-na-preparacao-do-corpo-para-o-parto.html

Pereira, N. S., et al (2020). Os beneficios do método pilates diante das alterações no período gestacional. 2(4). Revista Cathedral

Pontes, C. (2019). Pilates na gravidez e no pós parto. http/blogs/oito-um/pilates-na-gravidez-pos-parto.

Pinheiro, M. S (2018). Adesão de gestantes participantes de um projeto de extensão a um programa de exercícios domiciliares baseado no método pilates. Biblioteca da universidade Feevale.

Quatarolo, I. (2017). Pilates conteporâneo para gestantes. https://www.pilatescontemporaneo.com/ebooks/Ebook-PilatesGestantes.pdf

Sedicias, S. É normal sentir falta de ar na gravidez? Tua Saúde. Online. https://www.tuasaude.com/falta-de-ar-na-gravidez/. A

Silva, R. (2018). Atuação do fisioterapeuta no período gestacional: uma revisão integrativa de literatura.

Souza T. k. R, Vieira, R. P, & Neto A. A. L. (2018). Anais da III Jornada de Educação Física do Estado de Goiás: Corpo, ciência e mercado: os desafios para a Educação Física. https://www.anais.ueg.br/index.php/jefco/index.

Souza P. C. et al. (2019) Percepções sobre o pilates: do pré-natal ao pós parto. Saúde & Transformação Social/Health & Social ChangeSanta Catarina, Brasil.

Published

14/11/2021

How to Cite

FELIX, C. A. .; NASCIMENTO, N. dos S.; ALMEIDA, S. C. R. de .; OLIVEIRA, N. P. C. de . Pilates method applied to the pregnancy period: its benefits for natural childbirth. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 14, p. e593101422495, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i14.22495. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/22495. Acesso em: 20 jun. 2024.

Issue

Section

Health Sciences