Prevention and treatment of pressure injuries today: literature review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i17.23945

Keywords:

Pressure injury; Prophylaxis; Treatment.

Abstract

Objective: To identify and analyze forms of prevention and treatment of LPP today. Method: This is an integrative literature review, with a quantitative approach, carried out through bibliographic surveys, using journals indexed in national databases (SCIELO, PORTAL BVS, PUBMED AND LILACS, CAPES PERIODICOS). Results: The results show that the most efficient forms of prophylaxis are a good inspection of the skin, change of position, and the use of systemic topical treatment of pressure injuries, which will consider cleaning procedures, use of primary and secondary dressings or of attachment. Conclusion: Through this proposed study, investigation of pressure injuries is expected, as well as prophylaxis and appropriate treatment.

References

Alessandra, M., Miranda, G. B. F., Meska, G. H. M., Bianchini, A., Bernardes, M. R., & Júnior, P. A. G. (2017). Ensino de Prevenção e Tratamento de Lesão por Pressão Utilizando Simulação. www.scielo.br/j/ean/a/7D7LLFyVjVM7LGxwmym44FNf/?format=pdf&lang-pt.

Alencar, G. S. A., Silva, N. M., Assis, E. V., Sousa, M. N. A., Pereira, J. L. F., Oliveira, W. B., & Souza, E. F. (2018). Lesão Por Pressão Na Unidade de Terapia Intensiva: Incidência e Fatores de Riscos. Revista Enfermagem. www.revistanursing.com.br/revistas/239-Abril2018/lesao_por_pressao_na_unidade_de_terapia_intensiva.pdf.

Bastos, M. D., Batista, L. D. J., Santos, A. A. J., Muniz, C. L. M., Muniz, C. L. M., Araujo, A. O. M. P., Rodrigues, S. I., Moura, C. C. A., Silva, M. V. K., & Souto, L. T. (2021). prevenção e terapêutica no tratamento de lesão por pressão: uma revisão integrativa, revista eletrônica acervo saúde.13(7). https://doi.org/10.25248/REAS.e8091.2021.

Carvalho M. R. F., Salomé, G. M., & Ferreira, L. M. (2017). Revista de enfermagem, UFPE.11(10), 4171-83.

Copyright National Pressure Úlcer Advisory Panel. (2016). NUAP, SOBEST. Associal Brasileira de Estomaterapia. https://sobest.com.br/wp-content/uploads/2020/10/CONSENSO-NPUAP-2016_traducao-SOBEST-SOBENDE.pdf.

Correia, B. S. A., & Santos, C. B. I. .2019). Lesão Por Pressão: Medidas Terapêuticas Utilizada por Profissionais de Enfermagem. Revista Brasileira de Ciências da Saúde. periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rbcs/article/view/36793-p4/22325.

Departamento de informática do sistema único de saúde (DATASUS).

Favreto, L. J. F., Betiolli, L. S., Silva, B. F., & Campa, A. (2017). O papel Do Enfermeiro Na Prevenção, Avaliação e Tratamento Das Lesões Por Pressão. Revista Gestão & Saúde. www.herrero.com.br/files/revista/filea2aa9e889071e2802a49296ce895310b.pdf.

Fernandes, M. L., & Carili, L. H. M. (2008). Uso da escala de Braden e de Glasgow para identificação do risco para úlceras por pressão em pacientes internados em centro de terapia intensiva. Revista Latino Americana de Enfermagem. 16(6). www.eerp.usp.br/rlae

.

GBSERH. (2018). Hospitais universitários federais, prevenção e tratamento de lesão por pressão, versão 1.0. www.2.ebserh.gov.br.

Guideline, (2016). Prevenção e tratamento de úlceras por pressão: guia de consulta rápida.

Guideline. (2019). Prevenção e tratamento de úlceras/lesões por pressão: guia de consulta rápida.

Jansen, S. C. R., Silva, A. B. K., & Moura, S. E. M. (2020). Braden Scale in pressure ulcer risk assessment, revista brasileira de enfermagem.73(6), 2019-0413. http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2019-0413

Lima, R. N., Lima, R. N., Souza, O. C. J., Silvério S. T., Souza Filho, A. O. J. & Santos-Nascimento T. (2021). Escala de braden: benefícios de sua aplicação na prevenção de lesão por pressão no âmbito domiciliar, Arquivos De Ciência Da Saúde Da Unipar. 25(2),95-103.

Lima, S. K. V. R., Coltro, S. P., & Júnior, F. A. J. (2017). terapia por pressão negativa no tratamento de feridas complexas, Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. 44(1),081-093. https://www.scielo.br/j/rcbc/a/W6qy4BFN9DkdTRsGy6jrfkk/?format=pdf&lang=pt.

Lamão, L. CL., Quintão, A. V., & Nunes, R. C. (2016). Cuidados de Enfermagem na Prevenção de Lesão por Pressão. Revista Cientifica Interdisciplinar. www.multiploacessos.com/multaccess/index.php/multaccess/article/view/10/10.

Oliveira, G. S. M., Silva, R. K., Melo, B. S. C, & Lemos, M. C. A. (2021). Ozionoterapia em lesão por pressão como alternativa em assistência de enfermagem, research, society and development. 10(3), 2525-3409.http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13777.

Galetto, S. G. S., Nascimento, P. R. E., Hermida, V. M. P., & Malfussi, H. B. L. (2018). Lesão Por Pressão Relacionadas a Dispositivos Médicos: Revisão Integrativa Da Literatura. Revista Brasileira de Enfermagem. www.scielo.br/j/reben/a/BzhBLh3dBvdFKdHZWG4TLWG/?lang=pt.

Constante, R. A. S., & Oliveira, C. V. (2018). Lesão Por Pressão: Uma Revisão de literatura. Revista Psicologia Saúde em Debate. psicodebate.dpgpsifm.com.br/index.php/periodico/article/view/V4N2A6/138.

Silva, A. R. D., Bezerra, G. M. S., Costa, P. J., Luz, A. B. H. M., Lopes A. C. V., & Nogueira, T. L. (2017). curativos de lesões por pressão em pacientes críticos: análise de dados, UFPI, Teresina. Revista escola de enfermagem USP.

Published

21/12/2021

How to Cite

SOUZA, G. da S. S. .; SANTOS, L. A. dos .; CARVALHO, A. M. .; COSTA, P. M. N. A. .; SILVA , T. L. da . Prevention and treatment of pressure injuries today: literature review . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 17, p. e61101723945, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i17.23945. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/23945. Acesso em: 24 jan. 2022.

Issue

Section

Review Article