The conception of woman in Escola Doméstica de Natal’s curriculum (1914-1944)

Authors

  • Marianna Carla Costa Tavares Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Maria Inês Sucupira Stmatto Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.17648/rsd-v7i3.243

Keywords:

Escola Doméstica de Natal; Woman; Domestic Education; Curriculum.

Abstract

This paper presents a discussion about the women's conception in the curriculum of Escola Doméstica de Natal, from 1914 to 1944. It aims to identify the planned training for the female population in this institution. The adopted methodology is based in an analytical study, by making comparisons between the collected information in the school's archive, as well as in the theoretical studies. At ED we had access to the institution's archive, in which it was possible to raise sources such as documents, reports and photos. The curriculum construction was based on these documents, on the data found in the newspaper A República and through the studies of Andrea Gabriel Francelino Rodrigues (2007). In addition, the theoretical studies allowed to find speeches given by Henrique Castriciano, by the Liga de Ensino do RN (LERN) and also through the Marques Neto (2005) studies. Through the presented curriculum we realized that the concept of women education in this period was directed to home and family. The reflections allows to notice that the woman, in Escola Doméstica's conception, was conceived as the social change pillar, taking into account her position in the family. The LERN defended the same percepts in which women education should be the one where the woman would know how to guide herself in the ways of life at home or outside it. In the course of the research we realized who was that woman in the beginning of the 20th century and which were the contributions of the Escola Doméstica for the construction of this feminine ideology.

References

ALBUQUERQUE, José Geraldo de. Henrique Castriciano de Souza: seleta de textos e poesias. RN Econômico. Natal: RN, 2004.

AZEVEDO, Crislane Barbosa de; STAMATTO, Maria Inês Sucupira. Escola da ordem e do progresso: Grupos escolares em Sergipe e no Rio Grande do Norte. Brasília: Líber Livros, 2012. 163 p. ISBN 978-85-7963-084-2.

BARROS, Eulália Duarte. Uma escola suíça nos trópicos. Offset Gráfica e Editora Ltda. Natal: RN, 2000.

BRASIL. Lei de 15 de outubro de 1827. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei_sn/1824-1899/lei-38398-15-outubro-1827-566692-publicacaooriginal-90222-pl.html> Acesso em: 4 de agosto de 2017 às 19h15.

ESCOLA DOMÉSTICA DE NATAL. Boletim comemorativo do cinquentenário da Escola Doméstica de Natal (1914-1964). Natal: URN, Imprensa Universitária.

FRANCO, Cambi. História da Pedagogia. São Paulo: Fundação Editora UNESP (FEU), 1999.

LIMA, Daladier da Cunha. Noilde Ramalho: Uma história de amor a educação. Natal: Liga de Ensino RN, 2004.

LIMA, Daladier da Cunha. Noilde Ramalho: Uma pessoa fascinante. Natal: Ed. Do Autor, 2010. 39p.

MOREIRA, Keila Cruz. Em nome da República: Escolas e tradições modernas. Natal: Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tese (Doutorado em Educação), 2011.

RODRIGUES, Andréa Gabriel Francelino. Educar para o lar, educar para a vida: cultura escolar e modernidade educacional na Escola Doméstica de Natal (1914-1945). Natal: Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tese (Doutorado em Educação), 2007.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: Uma introdução às teorias de currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

PINHEIRO, Rosa Aparecida. Educação e Modernização em Henrique Castriciano. Natal: EDUFRN, 2005.

PINHEIRO, Rossana Kess Brito de Souza. Mãe-esposa e professora: educadoras no final do século XIX. Natal: Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tese (Doutorado em Educação), 2009.

OLIVEIRA, Iranilson Buriti de. MARQUES NETO, Cosme Ferreira. “Um ninho de cozinheiras?” Henrique Castriciano de Souza e a “modernidade pedagógica” da escola doméstica de Natal. In: 304 Rev. Humanidades, Fortaleza, v. 30, n. 2, p. 304-332, jul./dez. 2015.

SAVIANI, Dermeval. História das ideias pedagógicas no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2007.

ALMEIDA, Jane Soares de. Mulheres na Educação: Missão, vocação ou destino? A feminização do magistério ao longo do século XX. In: SAVIANI, Demerval. ALMEIDA, Jane Soares de. SOUZA, Rosa Fátima Souza. VALDEMARIN, Vera Teresa. O legado educacional do século XX no Brasil. Campinas, SP: Autores associados, 2004.(p. 59 – p.108).

NETO, Cosme Ferreira Marques. Henrique Castriciano de Souza: uma contribuição à educação da mulher potiguar. In: Revista da FARN, Natal, v. 10, n. 1/2, p. 225-261, jan./dez. 2011.

STAMATTO, Maria Inês Sucupira. Um olhar na história: a mulher na escola (Brasil: 1549 – 1910) In: II Congresso Brasileiro de História da Educação. Disponível em: http://www.sbhe.org.br/node/85. Acesso em: 4 de março de 2017 às 18h50.

Published

01/01/2018

How to Cite

TAVARES, M. C. C.; STMATTO, M. I. S. The conception of woman in Escola Doméstica de Natal’s curriculum (1914-1944). Research, Society and Development, [S. l.], v. 7, n. 3, p. e173100, 2018. DOI: 10.17648/rsd-v7i3.243. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/243. Acesso em: 27 sep. 2021.

Issue

Section

Articles