Likely precipitation to Barbalha-Ceará, Brazil with use of gama distribution

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i17.24623

Keywords:

Probability distribution; Rainfall indexes; Anomalies.

Abstract

Studies on rainfall distribution favor the planning of the amount of water necessary for the development of human activities, whether personal, industrial or agricultural. The objective is to statistically model the monthly mean precipitation values ​​and estimate the respective precipitations at different levels of probability, through the gamma distribution, for Barbalha - Ceará, in the period 1973 to 2017. The Gamma probabilistic function model and the adherence test Monthly data were evaluated by the Kolmogorov-Smirnov test. Means range from 3.6 mm (August) to 237.4 mm (March). The four-month period with the highest rainfall is registered between January and April, and the one with the lowest indices occurs between June and September. The oscillation of the alpha parameter occurred from 0.829 (August/September) to 0.896 (March), the beta parameter oscillated between 0.851 (August/September) to 0.922 (March). Regarding the empirical probability for occurrences of total annual rainfall, the percentage stands out 50% and 70% with rain possibilities higher than the historical average.

References

Ab’saber. A. N. (2003) Caatingas: O domínio dos sertões secos. In: Os domínios de natureza no Brasil: potencialidades paisagísticas. Ateliê Editorial.

Assis. F. N., Arruda. H. V & Pereira. A. R. (1996). Aplicações de estatística à climatologia: teoria e prática. Editora Universitária. 161.

Ávila. L. F., Mello. C. R & Viola. M. R. (2009). Mapeamento da precipitação mínima provável para o sul de Minas Gerais. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. 13. 906-915.

Bernardo. S., & Hill. R. W. (1978) Um modelo para determinação de irrigação suplementar. Revista Ceres. 25(140), 245-262.

Botelho. V.A. V. A. Ajuste da distribuição gama aos dados de precipitação pluvial do Município de Lavras Estado de Minas Gerais / Valéria Andrade Villela Amarante Botelho – Lavras. UFLA.

Carvalho. J. R. P., Vieira. S. R. & Grego. C. R. (2009). Comparação de métodos para ajuste de modelos de semivariograma da precipitação pluvial anual. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. 13(4). 443-448.

Dourado Neto. D., Assis. J. P., Timm. L. C., Manfron. P. A., Sparovek. G., Faraway. J., Marsaglia. G., Marsaglia. J., & Baddeley. A. (2014). Goftest: Classical Goodness-of-Fit Tests for Univariate Distributions. R package version 1.0-2.

Dourado Neto. D., Assis. J. P., Timm. L. C., Manfron. P. A., sparovek. G., & Martin. T. N. (2005) Ajustes de modelos de distribuição de probabilidade a séries históricas de precipitação pluvial diária em Piracicaba-SP. Revista Brasileira de Agrometeorologia. 13(2), 273-283.

Franca. M. V., & Medeiros. R. M. Oscilações pluviais na bacia hidrográfica do Rio Ipojuca (PE) como fonte alimentadora dos sistemas hidrológicos. Revista Mirante (Online). 13, 189 - 202.

Gomes. M. C. R., & Franca. R. M. (2019) Uso da análise multivariada para subsidiar no monitoramento da qualidade da água subterrânea na bacia sedimentar do Araripe. sul do estado do Ceará. Revista Geociências. 38. 195 – 205

Holanda. R. M., & Medeiros. R. M. (2019) Classificação climática pelo método de Köppen e Thornthwaite em Bom Jesus do Piauí. Brasil. Revista Pantaneira. 16. 57 – 68.

Lucena. R. L., & Steinke. E. T. (2015) Fatores geográficos e padrões de circulação atmosférica como base à compreensão do clima semiárido quente da região Nordeste. Revista Workshop Internacional sobre Água no Semiárido Brasileiro. 1. 01-07.

Matos. R.M., Silva. P.F., Borges. V.E., Sobrinho. T.G., Dantas Neto. J., & Saboya. L.M.F. (2018). Potencial agroclimático para a cultura da mangueira no município de Barbalha - CE. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada 12. 10.7127/RBAI.V12N100732.

Medeiros. R. M., & Holanda. R. M. (2019) Classificação climática e balanço hídrico pelo método de Köppen e Thornthwaite do município de Barbalha. Ceará. Brasil. Revista Equador (UFPI). 8(3). 19 – 43. http://www.ojs.ufpi.br/index.php/equador

Mazucheli. J., & Emanuell. I. P. (2019). Aplicação da Distribuição Nakagami na Análise de Dados de Precipitação. Revista Brasileira de Meteorologia. 34(1). 17.

Mello. Y. R., & Oliveira. T. M. N. (2016). Análise Estatística e Geoestatística da Precipitação Média para o Município de Joinville (SC). Revista Brasileira de Meteorologia. 31(2). 229-239.

Moura. M. S. B., Sobrinho. J. E., Filho. F. Q. P., Filho. F. X. O. & Maia. A. J. (2001). Estimativa da evapotranspiração de referência máxima possível para o município de Mossoró - RN. utilizando a distribuição probabilística de Gumbel. Caatinga. 14(1/2). 25- 30.

Moura. Q. L., Ruivo. M. L. P. & Rodrigues. H. J. B. (2015). Variação sazonal da população de bactérias e fungos e dos teores de nitrato de amônio do solo nos sítios do LPA e PPBIO na Amazônia Oriental. Revista Brasileira de Meteorologia. 30(3). 265-274.

Sá. I. B., & Silva. P. C. G. (2010) Semiárido brasileiro: pesquisa. desenvolvimento e inovação. EMBRAPA Semiárido.

Silva. A. R., Santos. T. S., Queiroz. D. E., Gusmão. M. O., & Silva. T. G. F. (2017) Variações no índice de anomalia de chuva no semiárido. Journal of Environmental Analysis and Progress. 02(04), 377-384.

Silva. I. N., Oliveira. J. B., Fontes. L. O. & Arraes. F. D. D. (2013). Distribuição de frequência da chuva para região Centro-Sul do Ceará. Brasil. Revista Ciência Agronômica. 44(3). 481-487.

Silva. R. O. B. (2013). Tendências de mudanças climáticas na precipitação pluviométrica no estado de Pernambuco. Dissertação (Mestrado Engenharia Civil). Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Recife.

Silva. S. A., Lima. J. S. S. & Bottega. E. L. (2011). Variabilidade espacial da precipitação pluviométrica para o Estado do Espírito Santo utilizando métodos multivariados. Revista Brasileira de Ciências Agrárias. 6(4). 703-790.

Silva. W.L.C., Oliveira. C.A.S. & Morquelli. W.A. Subsídios para dimensionamento de sistemas de irrigação. In: Congresso Nacional de Irrigação e Drenagem. 8. ABID. Florianópolis. SC. 1988. 1. 535-553.

SUDENE. Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste. Semiárido. Disponível em: http://antigo.sudene.gov.br/delimitacao-do-semiarido.

Thornthwaite. C.W. (1948) An approach toward a rational classification of climate. Geographical Review 38. 10. 2307/210739.

Thornthwaite. C.W., &Mather. J.R. (1955) The water balance. Publication in Climatology 8. Laboratory of Climatology. Centerton. N. J.

Vieira. J. P. G., Souza. M. J. H., Teixeira. J. M., & Carvalho. F. P. (2015) Estudo da precipitação mensal durante a estação chuvosa em Diamantina. Minas Gerais. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. 14(7). 762-767.

Published

25/12/2021

How to Cite

MEDEIROS, R. M. de .; SABOYA, L. M. F. .; HOLANDA, R. M. de .; FRANÇA, M. V. de .; CUNHA FILHO, M.; ARAÚJO, W. R. de . Likely precipitation to Barbalha-Ceará, Brazil with use of gama distribution. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 17, p. e203101724623, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i17.24623. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/24623. Acesso em: 24 jan. 2022.

Issue

Section

Exact and Earth Sciences