The impact of Quality of Life Programs at work in times of crisis

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i17.24881

Keywords:

Quality Improvement; Pandemic; Work performance.

Abstract

Work is part of man's nature and, through this, people build the world and themselves, with a personality and subjectivity inherent to each aspect, therefore, having quality in the exercise of the same becomes essential, gaining prominence before the pandemic of coronavirus experienced today. That said, this paper aims to address the issue of Quality of Working Life (QWL) through the organizational crises, having as one of the focuses the situation caused by the economic crisis and also the pandemic of the new coronavirus (COVID-19), which comprehensively reached the world of work. This paper used the methodology bibliographic research, with a qualitative approach. Quality serves so that both societies and companies can achieve their goals of economic growth and development, as well as achieving a better and more satisfying standard of living. It is concluded that developing QWL programs becomes a necessary challenge, as it is in this juncture that professional development becomes essential, including for economic recovery in companies, maintaining the quality of life of the greatest capital it has: the human.

References

Alvarez, B. R. (1996). Qualidade de vida relacionada à saúde de trabalhadores: Um estudo de caso. [Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico].

Alves, C. R. A., Correia, A. M. M & Silva, A. M. (2020). Qualidade de vida no trabalho (QVT): um estudo em uma instituição federal de ensino superior. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, 205-227. https://doi.org/10.5007/1983-4535.2019v12n1p205. Acesso em: 30 abr. 2020.

Angeluci, F. L. et al. (2005). A qualidade de vida no ambiente de trabalho e a aplicação dos princípios relativos ao programa de controle médico de saúde ocupacional. [Monografia de Especialização, Universidade Estadual de Ponta Grossa].

Araujo, J. (2021). Empresas investem em ideias criativas para incentivar os funcionários. Janeiros 2015. http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2015/01/empr esas-investem-em-ideias-criativas-para-incentivar-funcionarios.html.

Carneiro, D. D. A., Lédo, B. M. C. (2020, 30 abril). A importância da Qualidade de Vida dos funcionários responsáveis pelo controle de estoque no programa de Qualidade Total de uma empresa. Brazilian Journal of Development, 5(11), 26557-26569 https://doi.org/10.34117/bjdv5n11-286.

Comex Stat. (2021). Brasil: informações gerais. http://comexstat.mdic.gov.br/pt/comex-vis.

Conte, A. L. (2003). Qualidade de vida no trabalho. Revista FAE business, 7, 32-34.

Chiavenato, I. (1994). Gerenciando Pessoas: O Passo Decisivo para a Administração Participativa. Makron Books.

Costa, F. J. P. (2009). Desafios da Gestão Empresarial numa Perspectiva de Qualidade e de Meio Ambiente em Mercados Globais. http://lasa.international.pitt.edu/members/congresspapers/lasa2009/files/Goncalves RodriguesManuel.pdf>.

Fava, R. (2009, 29 abril). De onde vem o trabalho? http://www.administradores.com.br/artigos/carreira/de-onde-vem-o-trabalho/29709/.

Fernandes, E. C. (1996). Qualidade de vida no trabalho. Salvador. Casa da Qualidade.

Ferreira, M. C. (2011). Qualidade de Vida no Trabalho. Uma Abordagem Centrada no Olhar dos Trabalhadores. Edições Ler, Pensar, Agir.

Gil, A. C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa. Atlas.

Leça, V. H. A. (2008). Qualidade de Vida nas empresas. [Monografia de Especialização, Universidade Cândido Mendes].

Limongi-França, A. C. (1996) Indicadores empresariais de qualidade de vida no trabalho - esforço empresarial e satisfação dos empregados no ambiente de manufaturas com certificação ISO 9000. 1996. [Dissertação de Mestrado, Faculdade de Economia e Administração, Universidade de São Paulo].

Lírio, A. B., Severo, E. A. & Guimaraes J. C. F. (2018). A Influência da Qualidade de Vida no Trabalho Sobre o Comprometimento Organizacional. Revista Gestão & Planejamento, 19.

Nascimento, W., Pereira, M. F. & Pereira, J. (2013). Qualidade de Vida no Trabalho: origem, evolução e conceitos – uma revisão bibliográfica. Coleção Gestão da Saúde Pública, 13, 179-200.

Prodanov, C. C. & Freitas, E. C. (2013). Metodologia do Trabalho Científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. FEVALE.

Silva, M. L. & Silva, R. A. (2020). Economia brasileira pré, durante e pós-pandemia do covid-19: impactos e reflexões. OSE. https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/820/2020/06/Textos-para-Discuss%C3%A3o-07-Economia-Brasileira-Pr%C3%A9-Durante-e-P%C3%B3s-Pandemia.pdf.

Soares, A. S. (2008) Mobbing: relações com a síndrome de burnout e a qualidade de vida dos trabalhadores de uma instituição universitária de Campo Grande, MS. [Dissertação de Mestrado, Universidade Católica Dom Bosco].

Soares, C. B., Peduzzi, M. & Costa, M. V. (2020). Os trabalhadores de enfermagem na pandemia Covid-19 e as desigualdades sociais. Rev Esc Enferm USP, 54(e03599).

Sonntag, S. I., & Kruger, I. M. (2020). O eneagrama nas organizações como forma de melhorar as relações interpessoais. http://www.vivereneagrama.com. br/o-eneagrama-nas-organizacoes-como-forma-de-melhorar-as-relacoes-interpessoais.

Vasconcelos, A. F. (2001). Qualidade de vida no Trabalho: Origem, Evolução e Perspectivas. Caderno de Pesquisas em Administração, 8(1), 23-35.

Published

27/12/2021

How to Cite

CLAUDINO, D. T. F. .; SOUZA, G. M. R. de .; SILVA, A. C. .; SILVA, J. F. The impact of Quality of Life Programs at work in times of crisis. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 17, p. e232101724881, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i17.24881. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/24881. Acesso em: 24 jan. 2022.

Issue

Section

Human and Social Sciences