The ergonomic impact of noise on public school teachers

Authors

  • Marco Túlio Domingues Costa Faculdade Doctum de João Monlevade
  • Éder Junio Martins Faculdade Doctum de João Monlevade
  • Aline Cristina Rocha Faculdade Doctum de João Monlevade
  • Diego Cristian Nardy Garcia Faculdade Doctum de João Monlevade
  • Isabela de Oliveira Faculdade Doctum de João Monlevade
  • Patricia Priscila de Souza Lima Faculdade Doctum de João Monlevade
  • Viviane Rodrigues da Silva Faculdade Doctum de João Monlevade

DOI:

https://doi.org/10.17648/rsd-v7i5.249

Keywords:

; Ergonomics; Noise level; Acoustic comfort; Teachers.

Abstract

Although not addressed at all, the school local can also be a favorable place for the development of occupational diseases in the professionals who work there, especially in relation to the cognitive ergonomic aspect. Among the main agents that generate the risk is the incidence of noise. The presence of noise in classrooms can cause a number of damages to teachers' health and, when above the normatively established limits, can cause behavioral and psychological disorders. In this sense, the objective of this study is to investigate, through quantitative and qualitative analysis, the damage capacity generated by the noise from the ergonomic point of view. The methods used in the research include a interview with teachers from a specific public institution located in the João Monlevade city. In addition, a quantitative evaluation of the continuous and intermittent noise level was also carried out through the use of a noise dosimeter. The analyzes were based on the assumption of acoustic comfort conditions, and aspects related to insalubrities were not considered. The results obtained were compared to the levels established for acoustic comfort by the Brazilian standards and related to the information obtained through the questionnaire. The results obtained demonstrate the need to adapt the activities of these professionals to the institution studied.

References

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 10151: Acústica – Avaliação do ruído em áreas habitadas, visando o conforto da comunidade - Procedimento. Rio de Janeiro, 2000.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 10152: Níveis de ruído para conforto acústico. Rio de Janeiro, 2000.

BRASIL. 1º Boletim quadrimestral sobre benefícios por incapacidade. Adoecimento mental e trabalho: a concessão de benefícios por incapacidade relacionada à transtornos mentais e comportamentais entre 2012 e 2016. Ministério da Fazenda. Secretaria da Previdência. Brasília, 2017

BRASIL. Consolidação das Leis do Trabalho. Decreto-Lei nº 5.442, de 1.mai.43.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. NR 09 - Insalubridade. Brasília: Ministério do Trabalho e Emprego, 2017.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. NR 15 – Atividades e operações insalubres. Brasília: Ministério do Trabalho e Emprego, 2014.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. NR 17 - Ergonomia. Brasília: Ministério do Trabalho e Emprego, 2007.

CAMISASSA, Mara . História da Segurança e Saúde no Trabalho no Brasil e no mundo. 2017. Disponível em: http://genjuridico.com.br/2016/03/23/historia-da-seguranca-e-saude-no-trabalho-no-brasil-e-no-mundo/. Acesso em: 05 de setembro de 2017

COSTA VHC. O ruído e suas interferências na saúde e no trabalho. São Paulo: Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúde e dos Ambientes de Trabalho, DIESAT, 1989.

EU-OSHA. Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho. Riscos psicossociais e estresse no trabalho. 2017. Disponível em: osha.europa.eu/pt/themes/psychosocial-risks-and-stress. Acesso em: 10 de setembro de 2017.

FERNANDES, J.C. Acústica e ruídos. Apostila do Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho, Unesp, Bauru, 2000.

FUNDACENTRO – Fundação Jorge Duprat Figueredo de Segurança e Medicina do Trabalho. Norma de Higiene Ocupacional – NHO 01: Avaliação da exposição ocupacional ao ruído. 2001. 41 f. Ministério do Trabalho e Emprego - MTBE, FUNDACENTRO. Brasília, 2001.

GASPARINI, S.M.; BARRETO, S.M.; ASSUNÇÃO, A.A. O professor, as condições de trabalho e os efeitos sobre sua saúde. Educação & Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 189-199, 2005.

IIDA, Itiro. Ergonomia: Projeto e Produção. São Paulo: Ed. Edgard Blucher, 1990.

INSTITUO TEOTÔNIO VILELA. Os desafios da segurança do trabalho na administração pública. Gestão pública eficiente, 2017. Disponível em: http://gestaopublicaeficiente.org.br/pauta-do-dia/os-desafios-da-seguranca-do-trabalho-na-administracao-publica/. Acesso em: 05 de setembro de 2017.

LIBARDI, A; GONÇALVES, C. G. O; VIEIR, T.P.G; SILVEIRO, K. C. A; ROSSI, D; PENTEADO, R. Z. O ruído em sala de aula e a percepção dos professores de uma escola de ensino fundamental de Piracicaba. In: Distúrbios da Comunicação, São Paulo, 18 (2): 167-178, agosto, 2006.

LIMA, M, F; MENDONÇA FILHO, E; LIMA, D. O. Condições de trabalho e saúde do/a professor/a universitário/a. In: Ciências & Cognição 2009; Vol 14 (3): 062-082.

MALAGGI, V; BERTÉ, D. S; AGOSTI, S. B; AZAMBUJA, A. B; SILVA, J. T. Educators continuing education: reflections on the conceptions expressed by municipal teachers from Soledade, RS. In: Research, Society and Development, v. 6, n. 2, p. 98-130, out. 2017

PASSOS, Thaís. Trabalhador conquistou décimo terceiro e FGTS na década de 1960. Disponível em: http://www.ebc.com.br/noticias/brasil/2013/05/trabalhador-conquistou-decimo-terceiro-e-fgts-na-decada-de-1960. 2013. Acesso em: 05 de setembro de 2017

PEREIRA, Vandilce Trindade. A relevância da prevenção do acidente de trabalho para o crescimento organizacional, Belém, Pará. Trabalho de Conclusão de Curso Universidade da Amazônia – UNAMA, Centro de Ciências Humanas e Educação – CCHE – Curso de Serviço Social. Belém, 2001.

SILVA, J. C; GHEDIN, E. L; EDA, A. A. A. S. The concepts of professional development, professionalism, formative needs and teacher identity in the discourse of basic education teachers of two Brazilian municipalities. In: Research, Society and Development, v. 5, n. 2, p. 124-137, jun. 2017

WILSON, José. Saúde e segurança do trabalho no Serviço Público: Uma reflexão à luz da Constituição Federal. 2014. Disponível em: https://jwwilsonsr.jusbrasil.com.br/artigos/184584814/saude-e-seguranca-do-trabalho-no-servico-publico. Acesso em: 05 de setembro de 2017

Published

01/01/2018

How to Cite

COSTA, M. T. D.; MARTINS, Éder J.; ROCHA, A. C.; GARCIA, D. C. N.; OLIVEIRA, I. de; LIMA, P. P. de S.; SILVA, V. R. da. The ergonomic impact of noise on public school teachers. Research, Society and Development, [S. l.], v. 7, n. 5, p. e775160, 2018. DOI: 10.17648/rsd-v7i5.249. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/249. Acesso em: 27 sep. 2021.

Issue

Section

Articles