Knowledge of Primary Health Care Nurses on Sexuality in Climacteric

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i3.26244

Keywords:

Sexuality; Climacteric; Primary Health Care; Nursing; Family Health Strategy.

Abstract

Objective: to analyze the knowledge of Primary Health Care nurses about women's sexuality in climacteric and their interfaces. Method: the present study is an integrative review. 873 publications were found in which the titles and abstracts were analyzed, as well as the proposed inclusion and exclusion criteria. Then, 171 publications were pre-selected to be read in full in order to critically analyze the results obtained. After the reading and analysis process, 39 publications were selected to compose the discussion and presentation of this integrative review. Results and discussion: in analysis, it was found that the literature brings the need for the nursing professional to work the theme of sexuality in a clear way, addressing the needs of the individual as a whole. Conclusion: in this way, the findings and reflections presented in this study can contribute to the improvement of care provided to climacteric women by nurses in the Family Health Strategy.

References

Alvim, N. A. T., & Ferreira, M. de A. (2007). Perspectiva problematizadora da educação popular em saúde e a enfermagem. Texto & Contexto - Enfermagem, 16(2), 315–319.

Andrade, S. R. de, Ruoff, A. B., Piccoli, T., Schmitt, M. D., Ferreira, A., & Xavier, A. C. A. (2017). O Estudo de caso como método de pesquisa em enfermagem: uma revisão integrativa. Texto & Contexto - Enfermagem, 26(4).

Brasil. Ministério da Saúde. (2009) Avaliação para Melhoria da Qualidade da Estratégia Saúde da Família. Caderno de Auto-Avaliação 4. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderno_autoavaliacao_n4_saude_familia_parte1.pdf

Brasil Ministério da saúde. (2008). Manual de Atenção à Mulher no Climatério / Menopausa.

Brasil. Ministério da Saúde. (2013). Saúde sexual e saúde reprodutiva. Cadernos de Atenção Básica, n. 26.

Brasil. Ministério da Saúde. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher: Princípios e Diretrizes / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Editora do Ministério da Saúde, 2011.

Brasil. Ministério da Saúde. (2006). Cadernos de atenção básica envelhecimento e saúde da pessoa idosa. http://189.28.128.100/dab/docs/publicacoes/cadernos_ab/abcad19.pdf

Carla, A. et al. (2010). Atuação do enfermeiro diante da importância da assistência à saúde da mulher no climatério the nurse actions regarding the importance of women healthcare in climacteric actitud del enfermero ante la importancia de la atención a la salud de la mujer en el climaterio. In remE-Rev. Min. Enferm 14(2).

Cruz da Silva, S. et al. (2013). Análise da produção do conhecimento de enfermagem acerca da sexualidade dos adolescentes. Convibra Saúde.

de Lorenzi, D. R. S., & Saciloto, B. (2006). Freqüência da atividade sexual em mulheres menopausadas. Revista Da Associação Médica Brasileira, 52(4), 256–260.

Fernandes, J. S., Miranzi, S. de S. C., Iwamoto, H. H., Tavares, D. M. dos S., & Santos, C. B. dos. (2010). Qualidade de vida dos enfermeiros das equipes de saúde da família: a relação das variáveis sociodemográficas. Texto & Contexto - Enfermagem, 19(3), 434–442.

Ferreira, D. S., Ramos, F. R. S., & Teixeira, E. (2021). Nurses’ educational practices in Family Health Strategy. Revista Brasileira de Enfermagem, 74(2).

Garcia, O. R. Z., & Lisboa, L. C. da S. (2012). Consulta de enfermagem em sexualidade: um instrumento para assistência de enfermagem à saúde da mulher, em nível de atenção primária. Texto & Contexto - Enfermagem, 21(3), 708–716. https://doi.org/10.1590/S0104-07072012000300028

Gonçalves, E. (2021). Sexualidade no envelhecimento e a atuação do enfermeiro na atenção primária à saúde: revisão narrativa. (Trabalho de conclusão de curso). PUC-GOIÁS. Goiânia, GO, Brasil.

Lara, L. A. da S., Silva, A. C. J. de S. R. e, Romão, A. P. M. S., & Junqueira, F. R. R. (2008). Abordagem das disfunções sexuais femininas. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, 30(6), 312–321. https://doi.org/10.1590/S0100-72032008000600008

LAVÔR, R. M. de. (2010). Estratégia de saúde da família na assistência à mulher na fase do climatério. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil.

Maciel, J. B. L., Sipaúba, A. J. C., Andrade, T. L. da C., Barroso, H. L. M. R., Amorim, J. F. de, Silva, K. de S. M. da, & Souza, A. da S. (2021). Vivência e concepção da mulher acerca do climatério: Uma revisão bibliográfica. Research, Society and Development, 10(6), e9710615557.

Melo, A. de A. C., Silva, E. P. da C., & Giotto, A. C. (2019). Assistência da enfermagem à mulher no climatério na atenção básica de saúde. Revista De Iniciação Científica E Extensão, 2(4), 213–218.

Nogueira, A. J. da S., & Pachú, C. O. (2021). Sexualidade da mulher e autocuidado no âmbito da Atenção Primária à Saúde: uma revisão integrativa. Research, Society and Development, 10(15), e95101522157.

Pontes, A. F., Sarmento, B. C. dos S., Moura, A. C. Q. da L., Tavares, C. M. de A., Silva, S. R. C. da, Deodoro, M. F. P., Leuthier, K. de H., Silva, B. C. da, Rodrigues, N. A., & Andrade, Â. R. L. de. (2021). Sexualidade feminina em tempos de pandemia da COVID-19. Research, Society and Development, 10(12), e494101220146.

Sehnem, G. D., Ressel, L. B., Junges, C. F., Silva, F. M. da, & Barreto, C. N. (2013). A sexualidade na formação acadêmica do enfermeiro. Escola Anna Nery, 17(1), 90–96. https://doi.org/10.1590/S1414-81452013000100013

Sena, T. (2010). Os relatórios Masters & Johnson: gênero e as práticas psicoterapêuticas sexuais a partir da década de 70. Revista Estudos Feministas, 18(1), 221–240.

Silva, A. R. da, Ferreira, T. de F., & Tanaka, A. C. d’Andretta. (2010). História ginecológica e sintomatologia climatérica de mulheres pertencentes a uma unidade de saúde pública do Estado do Acre. Journal of Human Growth and Development, 20(3), 778–786.

Silva, N. C. M. et al. (2021). Sexuality and assessment of physical and psychological symptoms of older adults in outpatient care. Revista Brasileira de Enfermagem, 74(suppl 2).

Sodson Da, A., & Silva, R. (2009). Assistência realizada por enfermeiros do psf a mulher no climatério. Caderno de Cultura e Ciência. Ano IV - Vol. 1- Nº 1.

Sousa, L. M. M. et al. (2017). Metodologia de Revisão Integrativa da Literatura em Enfermagem. Rev. Investigação em Enf. p.17-26.

Souza, M. G. de, Mandu, E. N. T., & Elias, A. N. (2013). Percepções de enfermeiros sobre seu trabalho na Estratégia Saúde da Família. Texto & Contexto - Enfermagem, 22(3), 772–779.

Valença, C. N., Nascimento Filho, J. M. do, & Germano, R. M. (2010). Mulher no climatério: reflexões sobre desejo sexual, beleza e feminilidade. Saúde e Sociedade, 19(2), 273–285.

Zampieri, M. de F. M., Tavares, C. M. A., Hames, M. de L. C., Falcon, G. S., Silva, A. L. de, & Gonçalves, L. T. (2009). O processo de viver e ser saudável das mulheres no climatério. Escola Anna Nery, 13(2), 305–312.

Zanetti, T. G., van der Sand, I. C. P., Girardon-Perlini, N. M. O., Kopf, Á. W., & Abreu, P. B. de. (2010). Perfil socioprofissional e formação de profissionais de equipes de saúde da família: um estudo de caso. Ciência, Cuidado e Saúde, 9(3).

Published

14/02/2022

How to Cite

ANDRADE, Ângela R. L. de .; PONTES, A. F. .; SILVA, B. C. da .; DEODORO, M. F. P. .; SILVA, S. R. C. da .; ABRÃO , F. M. da S. .; ALMEIDA, A. M. de; SANTOS , I. C. R. V. .; COSTA, A. M. da . Knowledge of Primary Health Care Nurses on Sexuality in Climacteric. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 3, p. e10011326244, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i3.26244. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/26244. Acesso em: 18 jul. 2024.

Issue

Section

Health Sciences