Prevalence of enteroparasites in beach sand in the municipality of São Luís-MA

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i3.2631

Keywords:

Prevalence; Beach sand; Parasites.

Abstract

This study aimed to investigate the contamination by enteroparasites in beach sand in the municipality of São Luís-MA. To this end, a descriptive and exploratory study was carried out with the collection of sand samples from beaches and analysis in the laboratory. Qualitative methods were used with the spontaneous sedimentation technique Hoffman, Pons and Janer, Lutz. The samples were analyzed for the presence of helminth eggs and protozoan cysts. 70 sand samples were analyzed on 04 beaches at 14 collection points. The contamination of beach sands in the municipality of São Luís-MA was confirmed by the detection of parasitic structures. The beaches of São Luís are considered unsuitable for bathing, in addition to the contamination of sea water by bacteria as determined by public agencies in the first half of 2017 and according to the data of this research. The importance of monitoring beach sand and possible actions to improve sanitary conditions in São Luís-MA were also identified.

References

Carli, Geraldo Attilio de. Diagnóstico laboratorial das parasitoses humanas: métodos e técnicas. In: Diagnóstico laboratorial das parasitoses humanas: métodos e técnicas. 1994.

Cícero, laís Henrique et al. Contaminação das areias de praias do Brasil por agentes patológicos. Revista Ceciliana, n. 32, p. 42-52, 2011.

Conselho Nacional do Meio Ambiente (Brasil). RDC nº. 274 de 29 de novembro de 2000. Define os critérios de balneabilidade em águas brasileiras. Diário Oficial da União nº 18 de 25 de janeiro de 2001, Seção 1,p.70-71

Chen, Anne Agnesini; Mucci, José Luiz Negrão. Frequência de contaminação por helmintos em área de recreação infantil de creches no município de Várzea Paulista, São Paulo, Brasil. Revista de Patologia Tropical/Journal of Tropical Pathology, v. 41, n. 2, 2012.

De Farias, José Alex Carvalho. Contaminação de ambientes arenosos por helmintos em praças públicas da cidade de Maceió-AL. Revista Semente, v. 6, n. 6, 2013.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica. (2010). Disponível em: http://www.ibeg.gov.br/estadossat/perfil.php?sigla=pb Acessado em junho de 2017.

Leite, Lays Cristina dos Anjos. Avaliação do nível de contaminação da areia de praias do município de João Pessoa-PB por lavras de helmintos. 2016.

Melo, AL e Pinto, H. A. Helmintos. In:Neves et al. Parasitologia humanas. ed. 13, Atheneu, São Paulo: 2016. P. 215-223.

Menezes, R. A. O. et al. Sensibilidade de métodos parasitológicos para o diagnóstico das enteroparasitoses em Macapá–Amapá, Brasil. Rev Biol Ciênc Terra, v. 13, n. 2, p. 66-73, 2013.

Mori, Fabiana Maria Ruiz Lopes et al. Fatores associados a enteroparasitoses em escolares da rede municipal de ensino de Cambé. Semina: Ciências Biológicas e da Saúde, v. 37, n. 1, p. 15-24, 2016.

Neto, José Joaquim Graciliano; De Farias, José Alex Carvalho; Matos-Rocha, Thiago José. Contaminação de areia por parasitos de importância humana detectados nas praias da orla marítima de Maceió-AL/Sand contamination by parasites of human importance detected on the beaches of the coastline of Maceió-AL. Arquivos Médicos dos Hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, v. 62, n. 2, p. 81-84, 2017.

Neves et al. Parasitologia humana. 13 ed. São Paulo: Atheneu; 2016.

Onuma, Selma Samiko et al. Contaminação de solo por ovos de Toxocara spp. e outros geohelmintos em comunidade rural do Pantanal Matogrossense, Brasil. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, v. 51, n. 1, p. 78-81, 2014.

Panagassi, K. A e Catanozi G. Caracterização bacteriológica da areia de praia do município estância balneária de Praia Grande/SP. Rev. Ibirapuera, São Paulo, n.2. p 28-32, Jul/Dez. 2011.

Pedrosa, Ésio Fortaleza Nascimento Chaves et al. CONTAMINAÇÃO AMBIENTAL POR LARVAS E OVOS DE HELMINTOS EM AMOSTRAS DE AREIA DE PRAIAS DO MUNICÍPIO DE FORTALEZA-CEARÁ. Journal of Health & Biological Sciences, v. 2, n. 1, p. 29, 2014.

Pinto, Aline Bartelochi; Pereira, Cristina Rocha; De Oliveira, Ana Júlia Fernandes Cardoso. Densidade de Enterococcus sp em águas recreacionais e areias de praias do município de São Vicente-SP, Brasil e sua relação com parâmetros abióticos. Mundo da Saude, p. 587-593, 2012.

De Santana Neto, Sérgio P. et al. Perfil sócio-econômico de usuários de praia e percepção sobre a poluição por lixo marinho: Praia do Porto da Barra, BA, Brasil. Revista de Gestão Costeira Integrada-Journal of Integrated Coastal Zone Management, v. 11, n. 2, p. 197-206, 2011.

Santiago, Adriana Cavalcante; Gagliani, Luiz Henrique. Estudo da prevalência de enteroparasitas em areia de praia no município de São Vicente–SP–Brasil. UNILUS Ensino e Pesquisa, v. 8, n. 15, p. 5-19, 2013.

Da Silva, Douglas Antônio Maurício et al. Análise da contaminação por parasitos caninos de importância zoonótica em praias de Vitória (ES). REVISTA CIENTÍFICA DA FAMINAS, v. 9, n. 2, 2016.

De Sousa, J. O., Dos Santos, E. O., Lira, E. M., Sá, Í. C., & Hirsch-Monteiro, C. R. I. S. T. I. N. E. (2014). Análise Parasitológica da Areia das Praias Urbanas de João Pessoa/PB. 2014.

Souza, Jacqueline Lopes de. Qualidade Ambiental das Praias da Ilha de Itaparica, Baía de Todos Os Santos, Bahia. 2017.

Published

27/02/2020

How to Cite

ARAÚJO, A. N. M. de; LUZ, L. G. R. da; SOUSA, H. M. de; BASTOS, A. C. S. C.; MORAIS, H. de A. Prevalence of enteroparasites in beach sand in the municipality of São Luís-MA. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 3, p. e120932631, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i3.2631. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/2631. Acesso em: 21 sep. 2021.

Issue

Section

Health Sciences