Bilingual education for the deaf in Brazil in the context of basic education: a bibliometric study based on stricto sensu research (2017 – 2021)

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i3.26720

Keywords:

Teachers; Deaf students; Scientific research; Inclusive education.

Abstract

The question of inclusive education in Brazil is complex and paradoxical, since there is a recommendation in the Federal Constitution (Brazil, 1988) for access to education without discrimination, but the Brazilian schools, especially those of basic education in their majority, are not prepared to receive special students. The present study focuses on education for the surdos. The general objective is to carry out a bibliometric study on this subject, with the time span being the years between 2017 and 2021. Based on the data collected, the Digital Library of Theses and Dissertations (BDTD) was used. Or study is considered as exploratory. The results show that no field of scientific production has a theoretical gap of work originating in the Northeast Region of Brazil. For its time, the theme of education for the left-handed in basic education has been explored in the Southeast Region. Among the selected papers, four dissertations have been cited for our academic productions. Among the themes most worked on in the selected works, the potential for scientific language for left-handed people stands out, as well as the challenges that lie between Libras/Portuguese in bilingual education. The study concluded that there is still a lot of research and production on education for left-handed people in the context of basic education. The gaps in the production of knowledge detected here can encourage the realization of new studies with a view to strengthening the state of the art concerning this theme.

Author Biographies

Erliandro Félix Silva, Portal do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Master's student in Professional Education and Professional Technology - ProfEPT - Campus Porto Alegre(RS

Janaína Arruda Marques, Universidade de Taubaté; Universidade Estadual do Oeste do Paraná; Universidade Estácio

Master's in Linguistics at Unitau Specialist in Teaching and Interpreting in Libras at Unintese Extension Course in Inclusive Special Education Postgraduate in Information and Communication Technology in Basic Education UFJF Graduating in Letters Libras Bachelor's Degree from Unioeste Degree in English Literature from Universidade Estácio

Wellington Santos de Paula , Instituto Nacional de Educação de Surdos

Master's student in Bilingual Education for the Deaf at the National Institute of Deaf Education -INES/RJ

Valquiria Ferreira Ribeiro , Universidade Federal do Rio de Janeiro; Universidade Federal do Cariri; Instituto Nacional de Educação de Surdos

Graduated in Libras - UFRJ, Postgraduate Interculturality and Decolonization in Deaf Education - Ines

William Velozo Francioni, Universidade de Taubaté

Translator and Educational Interpreter of Libras-Portuguese (TILSP) and Coordinator of School Records (CRE) at the Advanced Campus Ilha Solteira of the Federal Institute of São Paulo (IFSP). TILSP certified and enabled by the Training Center for Professionals in Education and Assistance to People with Deafness - CAS (BH/SEE/MG). EaD tutor in the Specialization course in Informatics in Education at the Federal Institute of Maranhão (IFMA). Bachelor in Human Sciences from the Federal University of Juiz de Fora (UFJF) and a degree in Pedagogy from Faculdade Intervale (INTERVALE); specialist in Libras from Faculdade Futura (FUTURA) and in Education and Technology from Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Currently, Master's student in Applied Linguistics at the University of Taubaté (UNITAU) and licensure in Letters - Portuguese Language and Libras at the State University of West Paraná (UNIOESTE)

Francisco Carneiro Braga, Universidade Estácio de Sá

Doctoral candidate in Education at Universidade Estácio de Sá. Master in Education from the University of Southern Santa Catarina (UNISUL, 2021). Education Specialist Mathematics (FASP, 2015) and Higher Education Teaching by (ICETEC, 2018). Graduated in Science/Mathematics from the Federal University of Campina Large (UFCG, 2014). Pedagogue at Faculdade Geremário Dantas (2016). Has experience in Mathematics, Pedagogy and Science with emphasis on Prison Education and Private administrative management. Researcher in Educational Sciences with emphasis on the Prison Education System. Member of the research groups: GEPAPe (Group of Studies and Research on Pedagogical Activity - USP), TedMat (Theory of Developmental Teaching in Mathematics Education) and GPEMAHC (Research Group in Education Mathematics a Historical-Cultural Approach).

References

Amado, B. C. (2017). Aprendendo a ouvir aqueles que não ouvem: o desafio do professor de Ciências no trabalho com a linguagem científica com alunos surdos. Dissertação de Mestrado, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil. https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/81/81133/tde-05072018-141511/pt-br.php

Anjos, H. P., Andrade, E. P. & Pereira, M. R. (2009). A inclusão escolar do ponto de vista dos professores: o processo de constituição de um discurso. Revista Brasileira de Educação, 14(40), p. 116 – 129.

Araripe, N. B. (2012). A atuação do acompanhante terapêutico no processo de inclusão escolar. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Ceará, CE, Brasil. http://repositorio.ufc.br/handle/riufc/6815

Ausubel, D. P. (2003). Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Editora Plátano

Bazon, F. V. M. (2009). As mútuas influências, família-escola, na inclusão escolar de crianças com deficiência visual. Tese de Doutorado, Universidade de São Paulo, SP, Brasil. https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-14122009-102937/pt-br.php

Bento, N. A., Costa, K. M., Bomfim, L. F., Tavares, T. N. & Andrade, A. C. (2021). Educação bilíngue para surdos: tudo certo como dois e dois são cinco. Grau Zero – Revista de Crítica Cultural, 9(1), 21 – 43.

Borges, N. S. C. C., Silva, R. O. & Nascimento-e-Silva, D. (2020). Gestão participativa e padronização em espaços pedagógicos: percepção dos integrantes de uma instituição de educação profissional e tecnológica. Interfaces da Educação, 11(32), 79 – 105.

Brasil (1988). Constituição Federal da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal.

Brasil (1996). Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: Senado Federal.

Brasil (2004). Lei n° 10. 861, de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências. Brasília: Senado Federal.

Brasil (2005). Decreto n° 5.626, de 22 de dezembro de 2005. Regulamenta a Lei n° 10.436, de 24 de abril de 2002. Brasília

Brasil (2008). Política nacional de educação básica especial na perspectiva da educação inclusiva. Brasília: MEC; SEEP.

Buffem, L. & Prattes, Y. (2005). O saber científico registrado e as práticas de mensuração da informação. Ciência da Informação, 34(2), 9 – 25.

Demambro, T. D. (2019). Língua portuguesa como língua adicional para surdos; atividade social e multiletramentos como organizadores do currículo. Dissertação de Mestrado, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, SP. Brasil. https://sapientia.pucsp.br/handle/handle/22896

Dias, V. F. & Moreira, L. C. (2020). Universidades desatentas: o transtorno do déficit de atenção e hiperatividade e o ingresso no ensino superior. Educação em Foco, 25(3), p. 171 – 192.

Dias, E. C. R., Neves, L. R. & Silva, I. R. C. (2021). Estudantes surdos na escola comum: desafios para a educação bilíngue. Conjecturas, 21(7), 401 – 420.

Fernandes, S. & Moreira, L.C. (2014). Políticas de educação bilíngue para surdos: o contexto brasileiro. Educar em Revista, 2, 51 – 69.

Ferreira, J. A. O. A., Queiroz, L. D. S., Silva, R. O., Soares, M. L. & Nascimento-e-Silva, D. (2021). The causes of school dropout: State of the Art. International Journal of Science and Management Studies, 4(4), 295 – 305.

Fontelles, M. J., Simões, M. G., Farias, S. H & Fontelles, R. G. S. (2009). Metodologia da pesquisa científica: diretrizes para a elaboração de um protocolo de pesquisa. Revista paraense de medicina, 23(3), 1 – 9.

Freire, P. (1996). Pedaogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Paz e Terra.

Garruti-Lourenço, E. A. & Coelho, L. D. J. (2021). Iniciação à docência no contexto da educação bilíngue para alunos surdos. Horizontes, 1,1 – 16.

Gil, A. C. (2019). Como elaborar projetos de pesquisa. Atlas.

Lodi, A. C. B. (2013). Educação bilíngue para surdos e inclusão segundo a Política Nacional de Educação Especial e o Decreto n° 5.626/05. Educ. Pesqui., 39(1), 49 – 63.

Lopes Filho, E. J. B. (202). Práticas pedagógicas no ensino médio integrado: proposição de um catálogo de produtos educacionais na EETEPA, Campus Santarém. Dissertação de Mestrado, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas, Manaus, AM, Brasil. http://repositorio.ifam.edu.br/jspui/handle/4321/617

Lukosevicius, A. P. (2018). Executar é preciso, planejar não é preciso: proposta de framework para projetos de pesquisa. Administração: Ensino e Pesquisa, 19(1), 32 – 65.

Machado, J. L. N. (2017). Tenho um aluno surdo: aprendi o que fazer! Dissertação de Mestrado, Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil. https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/190435

Mallmann, F. M., Conto, J., Bagarollo, M. F. & França, D. M. V. R. (2014). A inclusão do aluno surdo no ensino médio e ensino profissionalizante: um olhar para os discursos dos educadores. Rev.Bras.Ed. Esp., 20(1), 131 – 146.

Martins, J. S., Medeiros Neta, O. M. & Nascimento, F. L. S. (2019). O catálogo de teses e dissertações como fonte para estudos bibliométricos do campo da Educação Profissional. Research, Society and Development, 8(8), 1 – 13.

Mesquita, L. Jogos matemáticos como possibilidade de situação desencadeadora de aprendizagem de operações aritméticas em sala de recursos multifuncional. Dissertação de Pós-graduação em Formação Científica, Educacional e Tecnológica (PPGFCET) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Curitiba, 2021.

Moda, S. C. (2017). O ensino da ciência e a experiência visual do surdo: o uso da linguagem imagética no processo de aprendizagem de conceitos científicos. Dissertação de Mestrado, Universidade do Estado do Amazonas, Amazonas, AM, Brasil. http://repositorioinstitucional.uea.edu.br/handle/riuea/2477

Nascimento-e-Silva, D. (2012). Manual de redação para trabalhos acadêmicos: position paper, artigos científicos, questões discursivas. São Paulo: Atlas.

Nóvoa, A. (2012). Devolver a formação de professores aos professores. Cadernos de Pesquisa em Educação, 18(35), 11 – 22.

Oliveira, E. S. (2019). Criação de um portfólio de cursos de extensão para o Campus Itaituba da Universidade Federal do Oeste do Pará. Dissertação de Mestrado, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas, Amazonas, AM, Brasil. http://repositorio.ifam.edu.br/jspui/handle/4321/305

Portella, S. M. et al. (2021). As bases biológicas da surdez. Research, Society and Development, 10(10), 1 – 11.

Romanowski, J.P. & Ens, R.T. (2006). As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Revista Diálogo Educacional, 6(19), 37 – 50.

Saviani, D. (2009). Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Revista Brasileira de Educação, 14(40), 143 – 155.

Silva, I. C. N. (2021). A educação bilíngue para surdos. Rev.Pemo, 3(3), 1- 9.

Silva, P. M. J. (2018). Sujeito, linguagem e transmissão: perspectivas para o ensino de Libras/Português escrito na Educação Básica Bilíngue. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Goiás, Goiás, GO, Brasil. https://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9015

Silva, R. O. (2019). Proposta de auto capacitação para coordenadores de graduação. Dissertação de Mestrado, Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Amazonas, AM, Brasil. http://repositorio.ifam.edu.br/jspui/handle/4321/381

Silva, R. O. & Nascimento-e-Silva, D. (2020). Impactos do novo Coronavírus nas organizações e as inovações no mundo do trabalho, saúde e educação. Colóquio Organizações, Desenvolvimento e Sustentabilidade, 11(1), 1 – 21.

Silva, R. O., Martins, P. U. F. & Nascimento-e-Silva, D. (2020). Analysis of WhatsApp as a communicational tool for a participative management in pedagogical spaces. Research, Society and Development, 9(12), 1 – 22.

Silva Neto, A. O. et al. Educação inclusiva: Uma escola para todos. Revista Educação Especial, 31(60), 81-92, 2018.

Sousa, D. V. C. (2017). Reflexões sobre o ensino de Libras como L2 para crianças ouvintes no contexto de escolas regulares inclusivas. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina, SC, Brasil. https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/182694

Valle, M. R. L., Nascimento-e-Silva, D. & Silva, R. O. (2020). Avaliação participativa nos espaços pedagógicos: análise de uma instituição escolar do Norte do Brasil. Regae – Revista de Gestão e Avaliação Educacional, 9(18), 1 – 17.

Vigas, T. S. A.; Peixoto, J. L. B. Mapeamento de produções acadêmicas que envolvem o conceito de Atividade Orientadora de Ensino no contexto inclusivo. Revista de Educação Matemática, v. 18, p. e021050, 28 set. 2021

Vivian, E. C. P. (2022). Perspectivas e contribuições para a orientação educacional bilíngue na educação de surdos. Revista Vivências, 18(35), 203 – 217.

Zabala, A. (1998). A prática educativa: como ensinar. Artmed.

Published

22/02/2022

How to Cite

GUIMARAES JUNIOR, J. C. .; SILVA, E. F. .; MARQUES, J. A. .; PAULA , W. S. de .; RIBEIRO , V. F. .; FRANCIONI, W. V. .; BRAGA, F. C. . Bilingual education for the deaf in Brazil in the context of basic education: a bibliometric study based on stricto sensu research (2017 – 2021). Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 3, p. e30111326720, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i3.26720. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/26720. Acesso em: 19 jul. 2024.

Issue

Section

Education Sciences