Burnout Syndrome in health professionals in the Covid-19 pandemic

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i6.28668

Keywords:

Burnout Syndrome; Healthcare Professionals; Systematic Review; Health teaching.

Abstract

The aim of this study was to conduct a systematic review of the literature on Burnout Syndrome in first-responder professionals in the Covid-19 pandemic in Brazil. For this, PMC, PUBMED, BVS and Scielo databases were searched, according to the PRISMA methodology. Out of the 738 studies located, two met the inclusion criteria. Physical and emotional exhaustion were identified in the studies, along with the prevalence of signs and symptoms of the Burnout Syndrome. The evidence, albeit still scarce, points to exhaustion of these professionals. Strategies to manage or identify possible signs and symptoms related to mental health suffering at work are necessary.

Author Biographies

Silvana Alberton, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Possui graduação em Psicologia pela Universidade do Contestado (2008). Atualmente é é discente do curso de Pós-Graduação Stricto Sensu - Mestrado em Ciências Aplicadas à Saúde da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - (UNIOESTE - 2021 - 2023). Tem Especialização em Avaliação Psicológica- Unipar ( 2019); Especialização em Impactos da Violência na Saúde- FIOCRUZ (2018), Especialização em Preceptoria no SUS- Hospital Sírio-libanês ( 2016), Especialização em Educação Permanente- UFRGS (2015), Especialização em Psicologia da Saúde -UPF ( 2010). Atualmente é professor do Centro Universitário de Pato Branco no curso de Medicina e psicóloga da Prefeitura Municipal de Pato Branco. Tem experiência na área de Psicologia, com enfase em Psicologia Clínica, Educação em Saúde, Saúde Coletiva e Preceptoria no SUS.

Tagley Cristina Morás, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Possui graduação em Psicologia pela Faculdade de Pato Branco (2016), e especialização em Psicologia Fenomenológico-Existencial (UNIPAR - 2020) Serviço Social e Gestão do SUAS (Faculdade São Braz - 2019), MBA em Gestão Estratégica de Recursos Humanos (UNIPAR - 2018). Atua como docente no Centro Universitário de Pato Branco (UNIDEP), e na Universidade Paranaense (UNIPAR) e, na clínica Libertare - Psicologia e Saúde. É mestranda do curso de Ciências Aplicadas à Saúde - UNIOESTE. Tem experiência na área de Políticas Públicas e Psicologia Clínica com ênfase em Fenomenologia-Existencial.

Guilherme Welter Wendt, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Doutor em Psicologia pela Universidade de Londres, Mestre em Psicologia Clínica pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos e Psicólogo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Estágio pós-doutoral na especialidade de Psicologia do Desenvolvimento e da Personalidade na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Realizo estudos focados na psicopatologia desenvolvimental, bem como envolvendo interfaces entre a psicologia clínica e do desenvolvimento com a saúde e educação. Professor de psicologia médica e epidemiologia. Líder do Grupo de Estudos em Saúde Coletiva (UNIOESTE/Francisco Beltrão). Experiência e interesse em redação científica e editoração, metodologias quantitativas, revisões sistemáticas e em processos de adaptação de instrumentos. Integrante do Membership Committee da International Society for the Study of Behavioural Development (ISSBD). Editor Associado da revista Temas em Psicologia/Trends in Psychology. Managing Editor da revista Narra J. Review Editor da revista Frontiers in Psychology - Forensic and Legal Psychology e Psychopathology.

Dalila Moter Benvegnú, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Possui graduação em Farmácia pela Unversidade Federal de Santa Maria (2008) e mestrado (2010) e doutorado em Farmacologia (2012) pela mesma instituição. Atualmente é professora adjunta IV da Universidade Federal da Fronteira Sul, onde ministra aulas de bioquímica e farmacologia aos cursos de Graduação em Nutrição e Ciências Biológicas e onde atua como orientadora no Programa de Pós-Graduação em Saúde, Bem-estar e Produção Animal Sustentável na Fronteira Sul. Além disso, também atua como orientadora no Programa de Pós-Graduação em Ciências Aplicadas à Saúde da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. No período de 2013 até 2017 atuou como Coordenadora Adjunta de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Realeza. Atualmente, é membro do Comitê de Assessoramento da Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do estado do Paraná. Dedica-se à área de pesquisa em toxicologia, neuropsicofarmacologia, bioquímica, saúde animal e sistemas nanoestruturados.

Franciele Ani Caovilla Follador, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Possui graduação em Ciências-Química pela Faculdades reunidas de Administração, Ciências Contabeis e Ciencias Economicas (1999), mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2005) e doutorado em Engenharia Agrícola - Recursos hídricos e saneamento ambiental pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (2010). Atualmente é professor associada da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, do Programa de Pós Graduação em Ciências Aplicadas à Saúde (Mestrado) e pelo segundo mandato Diretora do Centro de Ciências da Saúde (Portaria 020/2020 GRE). Atualmente esta desenvolvendo pesquisas nas áreas de epidemiologia e saúde do trabalhador. Já Ministrou na Graduação as disciplinas de Química, bioquímica, Tecnologia de alimentos, metodologia científica e Prática Médica Integrativa I. Na Pós Graduação já ministrou: Agrotóxicos, segurança alimentar e saúde humana, Seminários de pesquisa em Ciências da Saúde, Planejamento ambiental, Análise de alimentos, embalagens na industria de alimentos. Faz parte da equipe de pesquisadores do Instituto de Pesquisa para o Câncer (Ipec) - Rede Genômica do Paraná.

Claudicéia Risso Pascotto, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Doutora em Ciências Biológicas, área de concentração: Biologia Celular pela Universidade Estadual de Maringá (2005), mestre em Ciências Biológicas, área de concentração: Biologia Celular pela Universidade Estadual de Maringá (2002) . Atualmente é professora adjunto A da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE. Tem experiência na área de Genética, atuou na área de citogenética vegetal e atualmente atua na área da Genética Humana e Médica.

Léia Carolina Lucio, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Professora da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) campus Francisco Beltrão. Ministra aulas de Biologia Celular para o curso de Nutrição e Medicina, é Docente e Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Ciências Aplicadas à Saúde. Doutora em Ciências pela Universidade Estadual de Maringá (2009). Mestre em Genética e Melhoramento pela Universidade Estadual de Maringá (2005). Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Biologia Molecular. Atuou principalmente nos seguintes temas: Egeria najas e Egeria densa, Hydrilla verticillata, reservatórios (Itaipu), RAPD-PCR, ISSR-PCR, SSR-PCR, sequenciamento, fluxo gênico, dinâmica de metapopulações, marcadores moleculares de DNA. Atualmente realiza projetos de pesquisa com abordagens sobre a IST causada pelo Papilomavírus Humano aspectos moleculares e epidemiológicas em diversas populações. Além de estudos que relacionem essa e outras patologias com os polimorfismos de nucleotídeo único (SNP). É membro do IPEC (Instituto para Pesquisa do Câncer de Guarapuava) associado ao Human Cell Atlas (HCA). É membro da rede NAPI - Genômica (Novo Arranjo de Pesquisa e Inovaçáo de Genômica e Medicina de Precisão), rede Paranaense de pesquisa genômica que busca avançar no desenvolvimento de metodologias aplicadas ao diagnóstico e prevenção de doenças de base genética, em especial a Covid19 e doenças oncológicas; além de pesquisa básica voltada à agricultura e pecuária, rede voltada também para a formação de recursos humanos especializados em análise genômica e medicina de precisão, que objetiva portando contribuir para tornar o Paraná um centro de inovação e de excelência em pesquisa.

Lirane Elize Defante Ferreto, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Possui graduação em farmácia pela Faculdade Educacional de Francisco Beltrão, mestrado em Ciências da Saúde pela Universidade Vale dos Sinos e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é avaliadora ad hoc curso superior do INEP/MEC - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, membro do comitê de ética em pesquisa em seres humanos da UNIOESTE, membro do comitê avaliador da Fundação Araucária, representante da UNIOESTE junto ao comitê da pessoa idosa da SETI e professora associada da Universidade Estadual do Oeste do Paraná do curso de medicina, do programa de pós-graduação em Ciências Aplicadas a Saúde e dos programas de residência médica em cirurgia geral e medicina da família e comunidade. Atualmente é coordenadora pedagógica de hospitais do curso de medicina da UNIOESTE, Francisco Beltrão. Faz parte da equipe de pesquisadores do Instituto de Pesquisa para o Câncer (Ipec) - Rede Genômica do Paraná. Apresenta projetos de pesquisa e extensão na área de saúde coletiva com interesse para no HIV, hepatites B e C e COVID-19, principalmente em populações privadas de liberdade.

References

Benevides-Pereira, A. M. T. (2002) Burnout: o processo de adoecer pelo trabalho. In: A. M. Benevides-Pereira (Ed.), Burnout: quando o trabalho ameaça o bem-estar do trabalhador (pp. 17-57). São Paulo: Casa do Psicólogo.

Bezerra, G. D., Sena, A. S. R., Braga, S. T., Dos Santos, M. E. N., Correia, L. F. R., Clementino, K. M. D. F., ... & Pinheiro, W. R. (2020). O impacto da pandemia por COVID-19 na saúde mental dos profissionais de saúde: Revisão integrativa. Revista Enfermagem Atual In Derme, 93. https://doi.org/10.31011/reaid-2020-v.93-n.0-art.758

Enumo, S. R. F., & Linhares, M. B. M. (2020). Contribuições da Psicologia no contexto da Pandemia da COVID-19: Seção temática. Estudos de Psicologia (Campinas), 37, e200110. https://doi.org/10.1590/1982-0275202037200110e

Freitas, R. F., Barros, I. M. de, Miranda, M. A. F., Freitas, T. F., Rocha, J. S. B., & Lessa, A. do C. (2021). Preditores da síndrome de Burnout em técnicos de enfermagem de unidade de terapia intensiva durante a pandemia da COVID-19. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, 70(1), 12–20. https://doi.org/10.1590/0047-2085000000313

Giorgi, G., Lecca, L. I., Alessio, F., Finstad, G. L., Bondanini, G., Lulli, L. G., ... & Mucci, N. (2020). COVID-19-related mental health effects in the workplace: a narrative review. International Journal of Environmental Research and Public Health, 17(21), 7857. https://doi.org/10.3390/ijerph17217857

Horta, R. L., Camargo, E. G., Barbosa, M. L. L., Lantin, P. J. S., Sette, T. G., Lucini, T. C. G., ... & Lutzky, B. A. (2021). O estresse e a saúde mental de profissionais da linha de frente da COVID-19 em hospital geral. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, 70(1), 30–38. https://doi.org/10.1590/0047-2085000000316

Huo, L., Zhou, Y., Li, S., Ning, Y., Zeng, L., Liu, Z., Qian, W., Yang, J., Zhou, X., Liu, T., & Zhang, X. Y. (2021). Burnout and its relationship with depressive symptoms in medical staff during the COVID-19 epidemic in China. Frontiers in Psychology, 12, 616369. https://doi.org/10.3389/fpsyg.2021.616369

Lasalvia, A., Amaddeo, F., Porru, S., Carta, A., Tardivo, S., Bovo, C., ... & Bonetto, C. (2021). Levels of burn-out among healthcare workers during the COVID-19 pandemic and their associated factors: A cross-sectional study in a tertiary hospital of a highly burdened area of north-east Italy. BMJ Open, 11(1), e045127. https://doi.org/10.1136/bmjopen-2020-045127

Luceño-Moreno, L., Talavera-Velasco, B., García-Albuerne, Y., & Martín-García, J. (2020). Symptoms of posttraumatic stress, anxiety, depression, levels of resilience and burnout in Spanish health personnel during the COVID-19 pandemic. International Journal of Environmental Research and Public Health, 17(15), 5514. https://doi.org/10.3390/ijerph17155514

Moher, D., Shamseer, L., Clarke, M., Ghersi, D., Liberati, A., Petticrew, M., … & Stewart, L. A. (2015). Preferred reporting items for systematic review and meta-analysis protocols (PRISMA-P) 2015 statement. Systematic Reviews, 4(1), 1. https://doi.org/10.1186/2046-4053-4-1

Moura, E. C. D., Furtado, L., & Sobral, F. (2020). The burnout epidemic during the Covid-19 pandemic: the role of LMX in alleviating physicians’ burnout. Revista de Administração de Empresas, 60(6), 426–436. https://doi.org/10.1590/s0034-759020200606

Organização Mundial da Saúde. (2019). 11ª Revisão da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID-11). 11a rev. n.p. Organização Mundial da Saúde.

Peixoto, A. de L. A., Vasconcelos, E. F. de, & Bentivi, D. R. C. (2020). Covid-19 e os desafios postos à atuação profissional em psicologia organizacional e do trabalho: uma análise de experiências de psicólogos gestores. Psicologia: Ciência e Profissão, 40, e244195. https://doi.org/10.1590/1982-3703003244195

Santos, K. M. R. dos, Galvão, M. H. R., Gomes, S. M., Souza, T. A. de, Medeiros, A., & Barbosa, I. R. (2021). Depressão e ansiedade em profissionais de enfermagem durante a pandemia da covid-19. Escola Anna Nery, 25(spe), e20200370. https://doi.org/10.1590/2177-9465-ean-2020-0370

Sharifi, M., Asadi-Pooya, A. A., & Mousavi-Roknabadi, R. S. (2020). Burnout among Healthcare Providers of COVID-19; a Systematic Review of Epidemiology and Recommendations. Archives of Academic Emergency Medicine, 9(1), e7. https://doi.org/10.22037/aaem.v9i1.1004

Trumello, C., Bramanti, S. M., Ballarotto, G., Candelori, C., Cerniglia, L., Cimino, ... & Babore, A. (2020). Psychological Adjustment of Healthcare Workers in Italy during the COVID-19 Pandemic: Differences in Stress, Anxiety, Depression, Burnout, Secondary Trauma, and Compassion Satisfaction between Frontline and Non-Frontline Professionals. International Journal of Environmental Research and Public Health, 17(22), 8358. https://doi.org/10.3390/ijerph17228358

Xie, J., Ding, C., Li, J., Wang, Y., Guo, H., Lu, Z., … & He, H. (2020). Characteristics of patients with coronavirus disease (COVID‐19) confirmed using an IgM‐IgG antibody test. Journal of Medical Virology, 92(10), 2004–2010. https://doi.org/10.1002/jmv.25930

Published

20/04/2022

How to Cite

ALBERTON, S.; MORÁS, T. C. .; WENDT, G. W.; BENVEGNÚ, D. M.; FOLLADOR, F. A. C.; PASCOTTO, C. R.; LUCIO, L. C.; FERRETO, L. E. D. . Burnout Syndrome in health professionals in the Covid-19 pandemic. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 6, p. e6511628668, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i6.28668. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/28668. Acesso em: 24 may. 2022.

Issue

Section

Health Sciences