Brazilian scientific production on kitesurfing in Barra Grande, municipality of Cajueiro da Praia-PI, Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i6.29083

Keywords:

Teaching; Knowledge production; Kitesurfing; Barra Grande; Tourism; Sport in nature.

Abstract

Barra Grande, a village located in the municipality of Cajueiro da Praia-PI, Brazil, is considered one of the main national and international tourist destinations for Kitesurfing nowadays. With this in mind, the present study aims to map and analyze the Brazilian scientific production on kitesurfing in this location, in order to understand how Brazilian researchers approach this sport in their studies. This research has a qualitative nature that adopted as a strategy, for exploratory and descriptive purposes, the bibliographic literature review, which was carried out in the Capes Theses and Dissertations Catalog database, in productions published from 2000 to 2021. The results showed for 105 works, between theses and dissertations, eight dissertations being selected for analysis. With the treatment of the data, it was found that the works are, mostly (62.50%), produced in Graduate Programs of the Federal University of Piauí (UFPI), with emphasis on the areas of Anthropology and Archeology. Tourism and development in Barra Grande are the main topics discussed, with kitesurfing being the main driver of these phenomena in recent decades. Scientific production is still scarce and needs further studies. Although kitesurfing is investigated in a secondary way in the analyzed works, its importance for the recognition of the village as a national and international tourist destination is noted.

Author Biography

Maria Cristina Rosa, Universidade Federal de Minas Gerais

Interdisciplinary Graduate Program in Leisure Studies (PPGIEL)

References

Abeta. Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura. Kitesurf: sobre a atividade. https://abeta.tur.br/pt/atividades/kitesurfe/

Alcantelado, W. V. L. (2009). A evolução do kitesurf e o papel do usuário na inovação tecnológica dos equipamentos. (Dissertação de Mestrado em Tecnologia). Programa de Pós-Graduação em Tecnologia, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, Rio de Janeiro.

Araújo, L. S. de A. & Ros, J. P. da. (2014, dezembro). Possibilidades para o turismo de aventura no litoral do Piauí. Revista Turydes: Turismo y Desarrollo, (17). http://www.eumed.net/rev/turydes/17/piaui.html

Berneira, J., Domingues, M., Medeiros, M. & Vaghetti, C. A. (2011). Incidência e característica das lesões em praticantes de kitesurf. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, Florianópolis, 13(3), 195-201.

Betrán, A. O. & Betrán, J. O. (1995). Propuesta de una clasificación taxonómica de las actividades físicas de aventura en la naturaleza: marco conceptual y análisis de los criterios elegidos. Apunts: Educación Física y Deportes, 41, 108-123.

Bitencourt, V. & Navarro, P. (2006). In: Dacosta, L. (Org.). Atlas do Esporte no Brasil. Ed. CONFEF.

Borges, G. K. L. (2020). A produção do espaço imobiliário no litoral do Piauí partir do lazer e turismo – 2020. (Dissertação de Mestrado Acadêmico em Geografia). Universidade Estadual Vale do Acaraú, Centro de Ciências Humanas, Sobral - CE.

Brasil. Ministério do Turismo. Secretaria Nacional de Políticas de Turismo, Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico, Coordenação Geral de Segmentação. (2010). Turismo de Aventura: orientações básicas. 3ed. Ed. Ministério do Turismo.

Breivik, G. (2010). Trends in adventure sports in a post-modern society. Sport in Society, 13, 260-273.

Brymer, E. & Schweitzer, R. (2013). The search for freedom in extreme sports: a phenomenological exploration. Psychology of Sport and Exercise, 14(6), 865-873.

Carvalho, S. M. S. (2010). Possibilidades e limitações do desenvolvimento sustentável no município de Cajueiro da Praia (PI). (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal do Piauí, Teresina, PI.

Cavalcanti, A. P. B. (2000). Impactos e condições ambientais da zona costeira do estado do Piauí. (Tese de Doutorado em Geografia). Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Departamento de Geografia, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, SP, 2000.

Costa, A. S. (2006). Turismo e desenvolvimento sustentável em Barra Grande – Cajueiro da Praia (PI). (Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente). Universidade Federal do Piauí (PRODEMA/UFPI/TROPEN), Teresina.

Creswell, J. W. (2010). Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Tradução Luciana de Oliveira da Rocha. (2a ed.) Artmed.

Cunha, J. M. A. & Silva, M. V. (2018, maio/julho). O turismo global em Barra Grande (PI): novos processos socioculturais, multifuncionalidade e pluriatividade no espaço rural. Revista Brasileira de Ecoturismo, São Paulo, 11(2), 273-301.

Cunha, J. M. A. da. Família, trabalho e geração: um estudo sobre as relações entre a pesca artesanal e o turismo na localidade Barra Grande - Cajueiro da Praia –Piauí. (2018). (Dissertação de Mestrado em Sociologia). Universidade Federal do Piauí.

Dias, C. A. G. (2007, setembro). Notas e definições sobre esporte, lazer e natureza. Licere, 10(3), 1-36.

Dutra, A. da S. A praia de Barra Grande, Cajueiro da Praia-Piauí: de colônia de pescadores ao desenvolvimento do turismo induzido pela prática do Kitesurf. (2015). (Dissertação de Mestrado Acadêmico em Turismo e Hotelaria). Universidade Vale do Itajaí, Univali, Balneário Camboriú, SC.

Ferreira, D. C. G. (2012). A invenção de Barra Grande: construção, transformação e conflitos de um destino turístico no litoral do Piauí. (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-graduação em Antropologia e Arqueologia, Universidade Federal do Piauí, Teresina.

Funollet, F. (1995). Propuesta de clasificación de las actividades deportivas en el medio natural. Apunts: Educación Física y Deportes, 41, 124-129.

Inácio, H. L. de D. (2014). Práticas corporais de aventura na natureza. In: González, F. J., & Fensterseifer, P. E. (Orgs.). Dicionário Crítico de Educação Física (pp. 531-535). 3ed. Ed. Unijuí.

Lima, U. de A. (2013). A pluriatividade: uma condição para a reprodução social dos pescadores artesanais de Barra Grande, Cajueiro da Praia Piauí. (Dissertação de Mestrado em Antropologia e Arqueologia). Universidade Federal do Piauí, Programa de Pós-Graduação em Antropologia e Arqueologia, 2013.

Lopes, F. R. A. (2012, janeiro/julho). As dinâmicas socioespaciais em Barra Grande - PI: um estudo introdutório do turismo e comunidade local. Revista FSA, Teresina, 9(1).

Macedo, E. M. (2011). O turismo na Praia Grande de Barra Grande - PI: impactos e contribuições ao desenvolvimento local. (Dissertação de Mestrado). Universidade de Brasília, Brasília, DF.

Marinho, A. & Uvinha, R. R. (2009). Lazer: esporte, turismo e aventura: a natureza em foco.

Mendes, K. D. S., Silveira, R. C. C. P. & Galvão, C. M. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & contexto enferm., 17(4), 758-64. https://www.scielo.br/pdf/tce/v17n4/18.pdf.

Minayo, M. C. de S. (Org.). (2001a). Pesquisa social. Teoria, método e criatividade. (18a ed.) Ed. Vozes.

Minayo, M. C. de S. (2014b). O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em Saúde. (14a ed.) Ed. Hucitec.

Nickel, C., Zernial, O., Musahl, V., Hansen, U., Zantop, T., & Petersen, W. (2004, abril). A prospective study of kitesurf injury. American Journal of Sports Medicine, (32), 921-927.

OMT. Organização Mundial do Turismo. (2011). Introdução ao turismo. Ed. Roca.

Pereira, A. Q. & Dantas, E. W. C. (2019). Dos banhos de mar aos esportes nas zonas de praia e no mar. Revista Sociedade e Natureza, Uberlândia, MG. 31, 1-24.

Pimentel, G. G. de A. (2013, julho/setembro). Esportes na natureza e atividades de aventura: uma terminologia aporética. Revista Brasileira de Ciências Esporte, 35(3), 687-700.

Pimentel, G, G. A. & Saito, C. F. (2010, janeiro/março). Caracterização da demanda potencial por atividades de aventura. Motriz, Rio Claro, 16(1), 152-161.

SNPT. Secretaria Nacional de Políticas de Turismo. (2006). Marcos conceituais. http://antigo.turismo.gov.br/assuntos/5292-caderno-e-manuais-de segmenta%C3%A7%C3%A3o.html

Spanjersberg, W. R. & Schiper, I. B. (2007). Kitesurfing: when fun to trauma – The dangers of a new extreme sport. J Trauma, 63(3), 76-80.

Vieira, A. & Araújo, J. (2015). Turismo e sustentabilidade ambiental na comunidade de Barra Grande, Cajueiro da Praia, Piauí (PI). Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo. 9(3), 519.

Vieira, A. F. Turismo e sustentabilidade ambiental na comunidade de Barra Grande,

Cajueiro da Praia, Piauí (PI) – 2016. (2013). (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente). Universidade Federal do Piauí, Teresina.

Published

28/04/2022

How to Cite

DUTRA, A. da S.; ROSA, M. C. Brazilian scientific production on kitesurfing in Barra Grande, municipality of Cajueiro da Praia-PI, Brazil. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 6, p. e28811629083, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i6.29083. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29083. Acesso em: 25 may. 2022.

Issue

Section

Health Sciences