The use of geotechnologies in the analysis of irrigated areas of Córrego da Conserva watershed in Vargem Grande do Sul, SP: An agroecological approach

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i6.29260

Keywords:

Hydrographic basin; Geotechnology; Irrigation; Sustainability.

Abstract

The present study aims to characterize the land use and occupation of the Córrego da Conserva Basin in Vargem Grande do Sul - SP. The mapping was performed using the free software QGIS to study the area and it enabled the pursuit of sustainability. The classes obtained were: nascent, water bodies, water courses, central pivot, built area, sugarcane, citrus, pasture, native vegetation and the Permanent Preservation Areas (APPs). The results obtained highlight the small proportion of 4.18% of native vegetation present in the study area. The occupied territory shows an intensive use of water in the irrigation of conventional agriculture, with the technique of central pivot, thus evidencing conflict in water use. Thus, it is necessary to plan the use an occupation of the land, in the search for sustainability with an agroecological focus. In this sense, it should be emphasized the importance of adequate land management and irrigation, in order to collaborate for the planning of the area and thus support local public policies.

Author Biography

Adriana Cavalieri Sais, Universidade Federal de São Carlos

O trabalho visou à caracterização do uso e ocupação da terra da Bacia Hidrográfica Córrego da Conserva em Vargem Grande do Sul – SP. O mapeamento foi realizado com o uso do software livre QGIS para estudo da área. As classes obtidas foram: nascente, corpos de água, cursos de água, pivô central, área construída, cana–de-açúcar, citros, pasto, vegetação nativa e as Áreas de Preservação Permanente (APP’s) presentes na área. Os resultados obtidos ressaltam a pequena proporção de 4,18% de vegetação nativa presente na área de estudo. O território ocupado mostra um uso intensivo da água na irrigação da agricultura convencional, com a técnica de pivô central, evidenciando assim conflito no uso da água. Assim, torna-se necessário um planejamento do uso e ocupação da terra, na busca da sustentabilidade com enfoque agroecológico. Neste sentido, deve-se salientar a importância do manejo adequado da terra e da irrigação, a fim de colaborar para o planejamento da área e assim dar suporte às políticas públicas locais.

References

Altieri, M. A. (2012). Agroecologia, agricultura camponesa e soberania alimentar. Revista Nera, (16), 22-32.

Brasil. (2012). Lei nº 12.651, 25 de maio de 2012. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa.

Brunckhorst, A. & Bias, E. S. (2014). Aplicação de SIG na gestão de conflitos pelo uso da água na porção goiana da bacia hidrográfica do Rio São Marcos, município de cristalina-GO. Geociências (São Paulo), 33.2: 228-243. http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/GEOSP/article/view/7343.

Carvalho, A. T. F. (2020). Bacia hidrográfica como unidade de planejamento: discussão sobre os impactos da produção social na gestão de recursos hídricos no Brasil. Caderno Prudentino de Geografia, 1(42), 140-161.

Cavalieri, A., Hamada, E., Rocha, J.V. & Neto, F.L. (1996) Aplicação de Sistema de Informações Geográficas em Estudos de Degradação do Solo, Anais VIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Salvador, Brasil, INPE, p. 91-92.

Cepagri (2016) Centro de Pesquisa Meteorológicas e Climáticas Aplicadas a Agricultura. Clima dos municípios paulistas: Vargem Grande do Sul., São Paulo. Disponível em: http://www.cpa.unicamp.br/outrasinformacoes/clima_muni_635.html.

Christofidis, D. (2005) Água na produção de alimentos: o papel da irrigação no alcance do desenvolvimento sustentável. Brasília: Universidade de Brasília, 29 p.

Da Cunha, A. V., Previero, C. A. & Oliveira, G. P. T. D. C. (2021) Agrotóxicos e o Impacto Ambiental na Bacia Hidrográfica na APA de Lajeado-to. XXI Jornada de Iniciação Científica. Centro Universitário Luterano de Palmas.

Ferreira, A. S. (2019) Uso de geoprocessamento e geotecnologias no mapeamento de áreas de vulnerabilidade à inundação no perímetro urbano do município de Humaitá, Sudoeste da Amazônia. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal do Amazonas – UFAM, Humaitá, Amazonas.

Garcia, Y.M. (2014) Conflitos de uso do solo em APPS na Bacia Hidrográfica do Córrego Barra Seca (pederneiras/sp) em função da legislação ambiental. Dissertação (Mestrado em Agronomia), UNESP, Botucatu, 141 p.

Gonçalves, G.S. (2019). Mapeamento da compactação do solo em sistema de plantio direto na região da estrada de ferro. P.29. Trabalho de conclusão de curso (TCC) - Curso de Agronomia, UniEVANGÉLICA, Centro Universitário de Anápolis.

IBGE. Instituto Brasileiro de geografia e Estatística. (2014) Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais. http://cidades.ibge.gov.br.

Jacobi, P. (2003). Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. Cadernos de pesquisa, (118), 189-206.

Landau, E. C., Guimarães, D. P., Dos Reis, R. J. (2013) Mapeamento das áreas irrigadas por pivôs centrais no Estado de Goiás-Brasil. In: Embrapa Milho e Sorgo-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 20., 2013, Bento Gonçalves, RS. Anais... Porto Alegre, RS: Associação Brasileira de Recursos Hídricos. https://www.alice.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/973982/1/Mapeamentoareas.pdf.

Leff, E. (2002) Agroecologia e saber ambiental. Agroecologia e desenvolvimento rural sustentável, 3(1), 36-51.

Liu, T. & Yang, X. (2015). Monitoring land changes in an urban area using satellite imagery, GIS and landscape metrics. Applied Geography, 56, 42-54.

Lombardo, M.A. (1995) Qualidade Ambiental e planejamento urbano: considerações de método. Tese (Livre – docência em Geografia) – Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo.

Magalhães, C. S. & Ferreira, R. M. A. (2000) Área de preservação permanente em uma microbacia. Informe Agropecuário, 2(207), 33-39.

Mattia, P. I. & Ródio, G. R. (2022). Variáveis associadas a intoxicação ocupacional por agrotóxicos agrícolas, na mesorregião oeste do Paraná, de 2010 a 2020. Research, Society and Development, 11(5), e33011528260-e33011528260.

Mantovani, E.R., Bernardo, S. & Palaretti, L.F. (2007) Irrigação: princípios e métodos. Viçosa: UFV, 358. 2007.

Pereira, L. F., Guimarães, R. M. F. & Oliveira, R. R. M. (2018). Integrando geotecnologias simples e gratuitas para avaliar usos/coberturas da terra: QGIS e Google Earth Pro. Journal of Environmental Analysis and Progress, 3(3), 250–264. https://doi.org/10.24221/jeap.3.3.2018.1839.250-264

Reis, L. S., Silva, E. D. da., Barros, B. G. A., & Oliveira, F. J. V. de. (2022). Compactação do Solo: Uma visão Agronômica e Ambiental. Research, Society and Development, 11(5), e40011528487. https://doi.org/10.33448/rsd-v11i5.28487

Sano, E. E., Lima, J. E., Silva, E. M. & Oliveira, E. C. (2005) Estimativa da variação na demanda de água para irrigação por pivô-central no Distrito Federal entre 1992 e 2002, Eng. Agríc. vol.25 no.2 Jaboticabal.

Silveira, S.A. (2003) Inclusão digital, softwares livre e globalização contra – hegemônica, Seminários Temáticos para 3ª Conferência Nacional de C,T e I

Tucci, C. E. (1997) Hidrologia: ciência e aplicação. (2a ed.), ABRH/Editora da UFRGS. (Col. ABRH de Recursos Hídricos, v.4), 1997.

Vilela, L.A.A. (2002) Metodologia para dimensionamento de um sistema de pulverização acoplável a pivô central. 127 f. Tese (Doutorado em Irrigação e Drenagem) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba.

Published

10/05/2022

How to Cite

FRUEHAUF, A. L. .; SAIS, A. C. .; LOMBARDO, M. A. The use of geotechnologies in the analysis of irrigated areas of Córrego da Conserva watershed in Vargem Grande do Sul, SP: An agroecological approach. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 6, p. e55111629260, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i6.29260. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29260. Acesso em: 22 may. 2022.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences