Main conditions that led to hospitalizations in crack users treated at a psychosocial care center - alcohol and other drugs

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i6.29521

Keywords:

Crack Cocaine; Disease; Mental Health Services; Hospitalization.

Abstract

This article aimed to identify the main conditions that led to the hospitalization of crack users accompanied at a psychosocial care center - alcohol and other drugs. This is an exploratory-descriptive, documentary, and retrospective study, carried out by consulting the medical records of 213 crack users undergoing treatment at a psychosocial care center - alcohol and other drugs. Descriptive and inferential data analysis were performed. The results show that most crack users were male, single and with low education. Among the main conditions that led to hospitalizations in the aforementioned center, we highlight withdrawal syndrome, respiratory diseases, convulsive crises and sexually transmitted infections. The reasons for the hospitalizations of crack users should be investigated in depth for better assistance to this population. Comprehensive care includes actions to prevent clinical comorbidities, to reduce hospitalizations and improve the quality of life of crack users.

Author Biographies

Eliany Nazaré Oliveira, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Pós Doutoramento pela Universidade do Porto-PT, Docente da Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA

Lorenna Saraiva Viana, Universidade Federal do Ceará

Enfermeira da Secretaria de Saúde do Município de Sobral, Ceará 

Heliandra Linhares Aragão , Universidade Federal do Ceará

Aluna do Mestrado Acadêmico em Saúde da Família - UFC. Sobral, Ceará 

Joyce Mazza Nunes Aragão, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Docente da Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA 

Roberta Magda Martins Moreira , Centro Universitário INTA

Docente do Centro Universitário UNINTA 

Isabelly Oliveira Ferreira, Universidade Federal do Ceará

Aluna do Mestrado Acadêmico em Saúde da Família - UFC, Sobral, Ceará 

Lidiane Monte Lima Muniz, Universidade Federal do Ceará

Aluna do Mestrado Acadêmico em Saúde da Família, Sobral, Ceará 

João Breno Cavalcante Costa, Universidade Federal do Ceará

Aluno do Mestrado Acadêmico em Saúde da Familia, Sobral, Ceará 

João Bosco Rodrigues de Andrade, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Egresso do Curso de Educação Física da UVA

Juliana Solon Furtado, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Enfermeira da Secretaria de Saúde do Município de Sobral, Ceará 

References

Andrade, A. T. D., Costa, L. S. P., Jorge, M. S. B., & Quinderé, P. H. D. (2016). Aspectos sociodemográficos de los usuarios de crack asistidos por la red de atención psicossocial. Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas, 12(1), 40-47. http://dx.doi.org/10.11606/issn.1806-6976.v12i1p40-47

Bastos, F. I. B., & Bertoni, N. (2014). Pesquisa Nacional sobre o uso de crack: quem são os usuários de crack e/ou similares do Brasil? Quantos são nas capitais brasileiras? Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz. https://www.arca.fiocruz.br/bitstream/icict/10019/2/UsoDeCrack.pdf

Bica, S. C. L., Oliveira, M. M., & Cruz, V. D. (2019). A pedra é o meu remédio: usuários de crack na percepção da própria saúde. Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas, 15(1), 50-56. http://dx.doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2019.151787

Brasil. Ministério da Justiça e Cidadania. Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. (2017). SUPERA: Sistema para detecção do uso abusivo e dependência de substâncias psicoativas: encaminhamento, intervenção breve, reinserção social e acompanhamento. https://www.supera.senad.gov.br/@/material/mtd/pdf/SUP/SUP_Mod2.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. (2012). Resolução No. 466/2012. Diretrizes e Normas Regulamentadoras de Pesquisas Envolvendo Seres Humanos. Brasília: Ministério da Saúde. https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf

Guimarães, C. F., Santos, D. V. V. D., Freitas, R. C. D., & Araujo, R. B. (2008). Perfil do usuário de crack e fatores relacionados à criminalidade em unidade de internação para desintoxicação no Hospital Psiquiátrico São Pedro de Porto Alegre (RS). Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, 30, 101-108. https://doi.org/10.1590/S0101-81082008000300005

Halpern, S. C., Scherer, J. N., Roglio, V., Faller, S., Sordi, A., Ornell, F., ... & Diemen, L. V. (2017). Vulnerabilidades clínicas e sociais em usuários de crack de acordo com a situação de moradia: um estudo multicêntrico de seis capitais brasileiras. Cadernos de Saúde Pública, 33, e00037517. https://doi.org/10.1590/0102-311X00037517

Jorge, M. S. B., Quinderé, P. H. D., Yasui, S., & Albuquerque, R. A. (2013). Ritual de consumo do crack: aspectos socioantropológicos e repercussões para a saúde dos usuários. Ciência & Saúde Coletiva, 18, 2909-2918. https://doi.org/10.1590/S1413-81232013001000015

Justina, M. B. D., Hill, L. F., & Longen, W. C. (2019). Impactos do tratamento clínico de usuários de crack sobre a qualidade de vida/Impacts of clinical treatment of crack users on quality of life. Brazilian Journal of Development, 5(11), 23399-23415. https://doi.org/10.34117/bjdv5n11-055

Moreira, C. R., Soares, C. B., Campos, C. M. S., & Laranjo, T. H. M. (2019). Redução de danos: tendências em disputa nas políticas de saúde. Revista Brasileira de Enfermagem, 72, 312-320. http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0671

Oliveira, E. N., dos Santos Olímpio, A. C., Costa, J. B. C., Moreira, R. M. M., da Silva Oliveira, L., & de Souza Silva, R. W. (2019). Consumo de crack: característica de usuários em tratamento em um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas. Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas, 15(4), 1-8. http://dx.doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2019.152138

Ribeiro, J. P., Gomes, G. C., Vicente, B. G., Soares, M. C., Braga, L. R., & Santos, E. O. D. (2021). Perfil do adolescente usuário de crack em tratamento no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas. Revista de Pesquisa (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Online), 41-49. https://doi.org/10.9789/2175-5361.rpcfo.v13.7159

Ribeiro, M., & Laranjeira, R. (2012). O tratamento do usuário de crack. Artmed.

Santos, G. C., Constantino, P., Schenker, M., & Rodrigues, L. B. (2020). O consumo de crack por mulheres: uma análise sobre os sentidos construídos por profissionais de consultórios na rua da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 25, 3795-3808. https://doi.org/10.1590/1413-812320202510.05842019

Silveira, K. L., Oliveira, M. M. D., Nunes, B. P., Alves, P. F., & Pereira, G. B. (2019). Craving em usuários de crack segundo características individuais e comportamentais. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 28. http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742019000100022

Sousa, F. S. P. D., & Oliveira, E. N. (2010). Caracterização das internações de dependentes químicos em Unidade de Internação Psiquiátrica do Hospital Geral. Ciência & Saúde Coletiva, 15, 671-677. https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000300009

Teixeira, M. B., Ramôa, M. D. L., Engstrom, E., & Ribeiro, J. M. (2017). Tensões paradigmáticas nas políticas públicas sobre drogas: análise da legislação brasileira no período de 2000 a 2016. Ciência & Saúde Coletiva, 22, 1455-1466. https://doi.org/10.1590/1413-81232017225.32772016

Published

04/05/2022

How to Cite

OLIVEIRA, E. N.; VIANA, L. S. .; ARAGÃO , H. . L. .; ARAGÃO, J. M. N. .; MOREIRA , R. M. M. .; FERREIRA, I. O. .; MUNIZ, L. M. L. .; COSTA, J. B. C. .; ANDRADE, J. B. R. de .; FURTADO, J. S. . Main conditions that led to hospitalizations in crack users treated at a psychosocial care center - alcohol and other drugs . Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 6, p. e47411629521, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i6.29521. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29521. Acesso em: 22 may. 2022.

Issue

Section

Health Sciences