Physico-chemical properties of 'UBÁ' mango for identification of the ideal harvest point

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.29545

Keywords:

Mangifera indica; Ripening; Color; Soluble solids.

Abstract

Harvesting mangoes at the wrong time of maturation impairs the final quality of the product, therefore, deciding the correct time for the shape of the same is an essential factor for the fruits to have better physical, chemical and nutritional properties. Therefore, due to the lack of information to help in the proper choice of harvest time for this variety, the objective was to analyze physicochemical characteristics of fruits in four stages of development, aiming to identify the ideal harvest point for 'Ubá' mango. A completely randomized design was used, with nine replications for each stage. The skin and pulp color of 'Ubá' mango were evaluated through L*, a* and b coordinates, soluble solids content, titratable total acidity, pH and ratio. Thus, the results of this study concluded that the 'Ubá' mango can be harvested at the greenish stage, as it has a total soluble solids content of 12.05, a pH of 3.89 and a ratio of 89.63, values that are satisfactory according to the legislation. current, correlated with the yellowish color of the pulp, defined by the increase of the a* coordinate from 4.12 to 23.78 and the b* coordinate from 60.43 to 81.71, an important criterion for the commercialization of the fruit.

References

Abeles, F.B., Morgan, P.W, & Saltveit, M.E. (1997). Ethylene in plant biology. 2.ed. San Diego: Academic Press. 414 p.

Andrade, P. F. S. (2020). Prognóstico 2020: Fruticultura análise da conjuntura. DERAL: departamento de Economia Rural, Governo do Paraná. 7 p. http://www.agricultura.pr.gov.br/sites/default/arquivos_restritos/files/documento/2020-01/fruticultura_2020.pdf.

Anuário Brasileiro de Horti&Fruticultura 2020. (2020). Santa Cruz do Sul: Editora Gazeta Santa Cruz. 96 p. http://www.editoragazeta.com.br/sitewp/wp-content/uploads/2020/05/HORTIFRUTI_2020.pdf.

Benevides, S. D., Ramos, A. M. & Perez, R. (2007). Necessidade da implementação da rastreabilidade como ferramenta de qualidade para a industrialização da manga na Zona da Mata mineira. Revista Brasileira Agrociência, Pelotas, 13, (1), 19-24.

Benevides, S.D.; Ramos, A. M.; Stringheta, P. C. & Castro, V. C. (2008). Qualidade da manga e polpa da manga Ubá. Ciência e Tecnologia de Alimentos, 28, (3), 571-578.

Brasil. (2000). Ministério da Agricultura e do Abastecimento. Leis, Decretos, etc. Instrução Normativa Nº 1, de 7 de janeiro de 2000. Regulamento técnico geral para fixação dos padrões de identidade e qualidade para polpa de frutas. Diário Oficial da União, Nº 6, Brasília, DF, 10 janeiro de 2000. Seção 1, 54-58.

Brasil. (2018). Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Secretária de Defesa e Agropecuária. Instrução Normativa n° 37 de 1° de outubro de 2018. Regulamento técnico de padrões de identidade e qualidade de sucos de frutas e polpas de frutas. Diário Oficia da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 08 de outubro 2018. Seção 1, 39-77.

Chitarra, M. I. F. & Chitarra, A.B. (2005). Pós-colheita de frutas e hortaliças – fisiologia e manuseio. 2.ed. Lavras: Ed.UFLA. 785 p.

FAO-Food and Agriculture Organization of the United Nations. (2017). FAOSTAT. http://www.fao.org/faostat/en/#home.

Ferreira, D. F. (2015). SISVAR - Sistema de análise de variância. Versão 5.6. Lavras-MG: UFLA.

Ferreira, M. D. & Spricigo, P. C. (2017). Colorimetria: Princípios e aplicações na agricultura. In: Instrumentação em frutas e hortaliças. 1. ed. São Carlos: Embrapa Instrumentação, 209–220.

Fuchs, Y.; Zauberman, G.; Yanko, U. & Homsky, S. (1975). Ripening of mango fruits with ethylene. Tropical Science, Whurr, 17, 211-216.

Gonçalves, N.B.; Carvalho, V. D.; Gonçalves, J. R. A.; Coelho, S. R. M. & Silva, T. G. (1998). Características físicas e químicas dos frutos de cultivares de mangueira (Mangífere indica L). Ciência e Agrotecnologia, 2, (1), 72-78.

IAL – Instituto Adolfo Lutz. (2008). Métodos físico-químicos para análise de alimentos. 4. Ed. Versão eletrônica. São Paulo: Instituto Adolfo Lutz. 1020 p. http://www.ial.sp.gov.br/ial/publicacoes/livros/metodos-fisico-quimicos-para-analise-de-alimentos.

Kader, A.A. (2002). Quality parameters of fresh-cut fruit and vegetable products. In: O. Lamikanra (Ed.). Fresh-cut fruits and vegetables. Science Technology and Market. Boca Raton, Fl. CRC Press.

Linhares, F. R. & Do Carmo, F. L. (2018). Uma abordagem do cenário geral de sucos industrializados por meio das patentes no contexto da alimentação saudável. Cadernos de Prospecção, 11, (5), 1698.

Lizada, C. Mango. (2012). In SEYMOUR, Graham B.; TAYLOR, Jane E.; TUCKER, Gregory, A. (Ed.). Biochemistry of fruit ripening. Springer Science & Business Media, Cap. 8, 255-290.

Manica, I.; Icuma, I. M.; Malavolta, E.; Ramos, V. H. V.; Oliveira, J. M. E. O; Cunha, M. M. & Junqueira, N. T. V. (2001). Manga: Tecnologia, produção, agroindústria e exportação. Porto Alegre: Cinco Continentes. 671 p.

Motta, J. D.; Queiroz, A. J. M.; Figueirêdo, R. M. F. & Sousa, K. S. M. (2015). Índice de cor e sua correlação com parâmetros físicos e físico-químicos de goiaba, manga e mamão. Comunicata Scientiae, 6, (1), 74-82.

Oliveira, E. N. A; Feitosa, B. F & Souza, R. L. A. (2018). Tecnologia e processamento de frutas: doces, geleias e compotas. Editora IFRN, Natal, 315 p. https://memoria.ifrn.edu.br/bitstream/handle/1044/1664/Tec.%20e%20Proc.%20de%20Fruta%20s%20-%20E-Book.pdf?sequence=1&isAllowed=y.

Ramos, A. M.; Couto, F. A. A.; Rezende, P. M.; Lelis, F. M. V.; Benevides, S. D. & Perez, R. (2005). Manga ‘Ubá’: Boas práticas agrícolas para produção destinada à agroindústria. 1 ed. Viçosa: UFV. 64 p.

Roizen, M. F. & Puma, J. L. (2001). A dieta da idade verdadeira. Rio de Janeiro: Campus, 328 p.

Silva, D. F. P; Salomão, L. C. C; Siqueira, D. L.; Cecon, P. R. & Struiving, T. B. (2012). Amadurecimento de manga Ubá com etileno e carbureto de cálcio na pós-colheita. Ciência Rural, 42, (2), 213-220. https://www.scielo.br/pdf/cr/v42n2/a3712cr5102.pdf.

Silva, C. S. (2021). Determinação do ponto de colheita da manga ‘Ubá’ (Mangifera indica L. var. Ubá) pela análise de suas propriedades físico-químicas. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. https://www.locus.ufv.br/bitstream/123456789/28275/1/texto%20completo.pdf.

.

Silva, S. N.; Silva, P. B.; Silva, R. M.; Silva, L. P. F. R.; Barroso, A. J. R.; Almeida, F. D. A. C. & Gomes, J. P. (2019). Composição físico-química e colorimétrica da polpa de frutos verdes e maduros de Cereus jamacaru. Magistra, Cruz das Almas, 30, 11-17.

Downloads

Published

17/05/2022

How to Cite

SILVA, C. S. da; CORRÊA, P. C. .; MAGALHAES, D. S. .; ZEYMER, J. S.; CAMPOS, R. C.; LISBOA, C. F. . Physico-chemical properties of ’UBÁ’ mango for identification of the ideal harvest point. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e12411729545, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.29545. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29545. Acesso em: 6 jul. 2022.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences