Challenges of Remote/Flexible Teaching in Professional Technical and Technological Education in the Context of the COVID-19

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.29785

Keywords:

Remote/flexible teaching; Pandemic; Integrated High School; Professional; Technical and Technological Education.

Abstract

This article is the result of a systematic review on the challenges of Brazilian education in times of the COVID-19 pandemic and seeks to discuss remote/flexible teaching in Brazilian public schools, especially in the context of Vocational, Technical and Technological Education. The study proposes to discuss in the hybrid teaching perspective, pointed out by Bacich et al. (2015) and developed at the institutional level in the pandemic context during the process of readaptation and reorganization of schools in the use of digital platforms. For this, the choice was made by a qualitative research, through which we carried out bibliographic investigations, approaching the assumptions pointed out by Almeida; Dalben, 2020, which establishes the process of implementing flexible teaching adopted by Vocational, Technical and Technological Education, as well as Calejon & Brito, 2020 and Santana & Sales, which highlight the new methodologies and approaches used in the hybrid model and their importance in evaluation of pedagogical practices developed by education professionals during the Covid-19 pandemic. Among the results, we identified that Professional, Technical and Technological Education discussed the perspectives of the current moment and the return in the post-pandemic and developed didactic-pedagogical plans and actions that aimed to mitigate the impacts caused by COVID-19 to students.

Author Biographies

Renato César Oliveira Junior, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Mestre em Educação Agrícola pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Também é Especialista em Língua Inglesa com ênfase em docência na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). Possui graduação pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Alegre. Formado em Licenciatura Plena em Letras Português/Inglês (2010) e Licenciatura Plena em Matemática (2007). Atualmente é professor de Letras do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (IFES), Campus Ibatiba.

Maikom Joaquim Barbosa Ecard da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Professor Permanente do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, lotado na Coordenadoria do Curso Técnico em Meio Ambiente Integrado ao Ensino Médio do IFES Campus Ibatiba. Integrante do Grupo de Pesquisa (IF-Analytica) em Filosofia, Educação e Sociedade. Mestrando em "Educação Profissional e Tecnológica" no Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional, PROFEPT/IFES, na Linha de Pesquisa em Práticas Educativas na Educação Profissional e Tecnológica (EPT). Especialização Lato sensu em Língua e Literatura Espanhola, Letras: Português e Literatura e Artes com ênfase na aprendizagem. Graduação em Letras: Português e Espanhol, Letras: Português e Inglês e Artes Visuais.

Hermelinda Peixoto Pereira Martins, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná

Mestranda em Educação Profissional e Tecnológica - ProfEPT pelo IFES, Especialista em Informática na Educação pelo IFES (2012), Especialista em Gestão Estratégica e Qualidade pela Universidade Cândido Mendes (2009), graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (2002), Atualmente é bibliotecária do Instituto Federal do Paraná - Campus Colombo em exercício provisório no Instituto Federal do Espírito Santos - Campus Vila Velha. 

Vanessa de Medeiros Figueiredo Tavares, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Possui graduação em Direito pela Faculdade de Direito e Ciências Sociais do Leste de Minas (2016), Especialização em Gestão Pública e Especialização em Práticas Pedagógicas para professores. Graduanda em Letras pelo IFES. Auxiliar em administração do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo Campus Ibatiba desde 2012. Atuando na Chefia de Gabinete e Coordenadoria de Licitação e Compras.

Tatiane das Graças da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Mestranda em Educação Profissional e Tecnológica.Licenciada em Informática pelo Instituto Federal do Espírito Santo; Licenciada em Pedagogia pela Universidade Norte do Paraná; Mestranda em Educação Profissional e Tecnológica pelo Instituto Federal do Espírito Santo; Servidora Técnica Administrativa em Educação no Instituto Federal do Espírito Santo, campus Ibatiba.

Elizabeth Premoli Azevedo, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Mestranda em Educação Profissional e Tecnólogica. Possui graduação em Administração de Empresas pela Escola Espírito Santense de Administração (1986), especialização em Aperfeiçoamento de Conteúdo Didático pela Universidade Federal do Espírito Santo (1993) e especialização em Gestão da Qualidade e Tecnologia pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (1993 - 1994). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes)- Campus - Vitória.

Raíza Teixeira Griffo Vasconcelos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Servidora do Instituto Federal do Espírito Santo - Ifes Campus Ibatiba, ocupando cargo técnico-administrativo em educação na Coordenadoria de Apoio ao Ensino. Aluna do curso de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica do Ifes. Cursou mestrado acadêmico em Cognição e Linguagem pela Universidade Estadual Norte Fluminense - UENF (2016-2018). É Especialista em Formação Docente para EaD pela ESAB (2014) e em Neuropsicologia da Aprendizagem pela Faveni (2020). Bacharela em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário São Camilo/ES (2013), com Complementação Pedagógica em Biologia pelo Ifes Campus Piúma (2015). Possui experiência profissional no planejamento, na gestão e na implementação de cursos a distância, e em tutoria e docência em EaD, além de experiência em inspetoria e gestão escolar. Possui interesse em pesquisas da área educação, como ênfase em educação a distância, psicologia da educação e educação especial.

Evandro das Virgens Scarpati, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Mestrando em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT). Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Ifes), Licenciado em Informática (Ifes) e Habilitado em Matemática (Ifes). Especializado em Informática na Educação (Multivix) e Ensino de Matemática. Atualmente é técnico de laboratório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo e professor temporário da rede estadual de ensino do ES na área de Tecnologia e Instrutor Cisco Networking Academy Program. Possui curso de qualificação de Eletricista (SENAI) e curso técnico em Automação Industrial (CEFETES).

João Paulo Martins Barcelos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Mestrando em Educação Profissional e tecnológica. Graduado em Administração pela FACULDADE SAO MATEUS (2005). Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração Pública. Possui Pós-graduação Lato Sensu, nível de especialização em Gestão Empresarial e Estratégia de Pessoas pela FACULDADE SAO MATEUS (2010).

References

Almeida, L. C., & Dalben, A. (2020). (Re)organizar o trabalho pedagógico em tempos de COVID-19: no limiar do (im)possível. Educação & Sociedade, 41.

Barros, F. C., & Vieira, D. A. P. (2021). Os desafios da educação no período de pandemia. Brazilian Journal of Development, 7(1), 826-849.

Bezerra, N. P. X., Veloso, A. P., & Ribeiro, E. (2021). Ressignificando a prática docente: experiências em tempos de pandemia. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades, 3(2), 323917-323917.

Brasil (2020). Ministério da Educação. Portaria nº 343, de 17 de março de 2020. Recuperado de <https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-343-de-17-de-marco-de-2020-248564376>.

Bacich, L., Tranzi Neto, A. & Trevisani, F. M. (2015). Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Penso Editora.

Barreto, A. C. F., & Rocha, D. S. (2020). Covid 19 e educação: resistências, desafios e (im) possibilidades. Revista Encantar, 2, 01-11.

Calejon, L. M. C., & Brito, A. S. (2020). Entre a pandemia e o pandemônio: uma reflexão no campo da educação. Educamazônia-Educação, Sociedade e Meio Ambiente, 25, 291-311.

Castro, E. A., Ribeiro, V. C., Soares, R., de Sousa, L. K. S., Pequeno, J. O. M., & Moreira, J. R. (2015). Ensino híbrido: desafio da contemporaneidade?. Projeção e docência, 6(2), 47-58.

Depaepe, F., Verschaffel, L., & Kelchtermans, G. (2013). Pedagogical content knowledge: A systematic review of the way in which the concept has pervaded mathematics educational research. Teaching and Teacher Education, 34, 12–25.

Freitas, T. C. D., & Lacerda, J. D. S. (2021). A “Pedagogia da Autonomia” de Freire e a “Autocomunicação de Massa” de Castells no fortalecimento do protagonismo estudantil na educação híbrida em tempos de pandemia. Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, 44, 145-158.

Portal G1 Globo de Notícias. (2022). Brasil completa 2 semanas com média móvel acima de 800 mortes por Covid a cada dia. Recuperado de https://g1.globo.com/saude/coronavirus/noticia/2022/02/21/brasil-completa-2-semanas-com-media-movel-acima-de-800-mortes-por-covid-a-cada-dia.ghtml.

Oliveira, D. A., & Pereira Junior, E. A. (2020). Trabalho docente em tempos de pandemia. Belo Horizonte: Relatório Técnico, GESTRADO/UFMG.

Oliveira, M. B. d., Silva, L. C. T., Canazaro, J. V., Carvalhido, M. L. L., Souza, R. R. C. D., Neto, J. B., Rangel, D. P., & Pelegrini, J. F. d. M. (2021). O ensino híbrido no Brasil após pandemia do covid-19 / Hybrid teaching in Brazil after covid-19 pandemic. Brazilian Journal of Development, 7(1), 918–932.

Luzzi, D. A. (2007). O papel da educação a distância na mudança de paradigma educativo: da visão dicotômica ao continuum educativo (Doctoral dissertation, Universidade de São Paulo).

Lutz, M. R., Soares, G. O., Nunes, J. F., & Marques, I. L. (2018). Ensino híbrido: experiências de sala de aula no ensino superior. Encontro Paranaense de Tecnologia na Educação Matemática.

Marques, A. L. M., Sorrentino, I. D. S., Rodrigues, J. L., Machin, R., Oliveira, E. D., & Couto, M. T. (2021). O impacto da Covid-19 em grupos marginalizados: contribuições da interseccionalidade como perspectiva teórico-política. Interface-Comunicação, Saúde, Educação, 25.

Moore, M. (2002). Teoria da distância transacional. Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância, 1.

Moran, J. M., & Valente, J. A. (2015a). Educação a distância. Summus Editorial. (2009).

Moran, J. (2015b). Educação híbrida: um conceito-chave para a educação, hoje. Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 27-45.

Santana, C. L., & Sales, K. M. B. (2020). Aula em casa: educação, tecnologias digitais e pandemia Covid-19. EDUCAÇÃO, 10(1), 75-92.

Santos, E. (2009). Educação online para além da EAD: um fenômeno da cibercultura. In Actas do X Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho, 5658-5671.

Silva, L., Faustino, S., & Silva, T. F. R. (2020). Educadores frente à pandemia: dilemas e intervenções alternativas para coordenadores e docentes. Boletim de conjuntura (BOCA), 3(7), 53-64.

Downloads

Published

23/05/2022

How to Cite

OLIVEIRA JUNIOR, R. C. .; SILVA, M. J. B. E. da .; MARTINS, H. P. P. .; TAVARES, V. de M. F. .; SILVA, T. das G. da .; AZEVEDO, E. P. .; VASCONCELOS, R. T. G. .; SCARPATI, E. das V. .; BARCELOS, J. P. M. . Challenges of Remote/Flexible Teaching in Professional Technical and Technological Education in the Context of the COVID-19. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e29711729785, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.29785. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29785. Acesso em: 7 jul. 2022.

Issue

Section

Education Sciences