Perception of workers in the thermoplastic injection molding industry on work safety

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30026

Keywords:

Work Safety; Plastics industry; Workplace Safety Management; Health teaching.

Abstract

Due the reality of the countless cases related to diseases and accidents in the work environment, the need for more responsible attitude on the part of organizations and greater importance to be given in relation to working conditions and worker safety emerges. At the same time, their well-being and professional satisfaction in work environment have become a more strategic theme for achieving transformations and improvements in such an environment. This article addresses this issue, aiming to see the workers' perception of Work Safety in a thermoplastic industry. The research is classified as applied, with a qualiquantitative approach. Observation scripts and questionnaires were applied to the 100 employees with 20 statements related to the Regulatory Norms relevant to the sector. For statistical treatment and factorial analysis of data, SPSS|Statistics and Excel software were used. It was identified that the company has positive practices that reflect in a healthy environment for employees from the points observed in the Roadmap. This can be confirmed in the first part of the results, the Descriptive Analysis, in which only one statement (S11) indicated a negative perception. In the Factor Analysis, it was noticed that the study presented a post rotation matrix of factors with the values ​​of high factor loadings in the description of each variable. In view of these results, it can be concluded that the company studied has a positive perception in relation to the reflection of safety practices at work, a factor that consequently tends to also influence the performance of workers.

Author Biography

Maria de Lourdes Barreto Gomes, Universidade Federal da Paraíba

Associate Professor at the Federal University of Paraíba - Department of Production Engineering Technology Center, PhD in Production Engineering from the Federal University of Santa Catarina, Master's in Mechanical Engineering with a concentration in Production from the Federal University of Paraíba, degree in Economics from the Federal of Paraiba. He has experience in the area of Production Engineering, with emphasis on Planning, Design and Control of Production Systems, working mainly on the following topics: quality, technology, work, strategy and industrial organization. He is the Coordinator of the Production Strategy Technology and Work Research Group (PETT).

References

Associação Brasileira da Indústria de Plástico – ABIPLAST (2017). Perfil. http://file.abiplast.org.br/file/download/2018/Perfil-2017.pdf.

Associação Brasileira de Normas Técnicas – (ABNT), (2001). NBR 14280 - Cadastro de Acidentes do Trabalho - Procedimento e Classificação. Acesso em maio de 2019, em http://www.alternativorg.com.br/wdframe/index.php?type=arq&id=MTE2Nw

Albuquerque, V. A. (2013). A avaliação do nível de qualidade de vida na percepção dos servidores técnicos administrativos de uma instituição de ensino superior: estudo de caso. 162 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa.

Almeida, I. M. & Jackson Filho, J. M. (2007). Acidentes e sua prevenção. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional. 32(115), 7-18.

Barros, A. D. M. (2015). Métricas de SST e dimensões de Desempenho Organizacional:Evidências de Relações em um caso da Indústria de Transformação. 2015. 157 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa.

Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho-AEAT. (2018). Brasil. Secretaria da Previdência. http://sa.previdencia.gov.br/site/2018/09/AEAT-2017.pdf.

Benite A. G. (2014). Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho para empresas construtoras. 2004. 236 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo.

Butler P. & Hammer A. (2019). A Minute’s a Life-Time in Fast-Food!’: Managerial Job Quality in the Quick Service Restaurant Sector. De Montfort University, UK. Work, Employment and Society. 33(1) 96–111. SAGE.

Favero, L. P. L. et al. (2009). Análise de Dados - Modelagem Multivariada para Tomada de Decisões. Elsevier.

Figueiredo Filho y Silva Junior, José A. (2010). Visão além do alcance: uma introdução à análise fatorial. Opinião pública, 16(1), 160-185.

Gil, A. C. (2010). Métodos e técnicas de pesquisa social. (6a ed.), Atlas, 2008. Gil, A. C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa.

Gonçalves, A. P. E. (2011) Modelo para análise da percepção da qualidade de vida no trabalho: setor de extração e beneficiamento de rochas ornamentais. 2011. 147 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Campos dos Goytacazes.

Gonçalves Filho, A. P., Andrade, J. C. S., & Marinho, M. M. De O. (2012). Modelo para a gestão da cultura de segurança do trabalho em organizações industriais. Production, 23(1), 178–188.

Grote G and Guest D (2017). The case for reinvigorating quality of working life esearch. Human Relations 70(2): 149–167.

Hair Junior, J. F., Anderson, R. E., Tatham, R. L., & Black, W. C. (2005) Análise multivariada de dados. (5a ed.), Bookman.

Hair, J. F. et al. (2009). Análise Multivariada de Dados. (6a ed.), s.n.Bookman.

HO, R. (2013). Handbook of univariate and multivariate data analysis with IBM SPSS. CRC.

Lei no 8.213/91 de 24 de Julho de 1991. Congresso Nacional. Acesso em 20 de abril de 2019, em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8213cons.htm>

Lourenço, E. Â. S. (2009). Na trilha da saúde do trabalhador: a experiência de Franca/SP. Franca: UNESP.

Machado, J. K. M. (2016). Avaliação da qualidade de vida no trabalho na percepção dos funcionários: um estudo de caso numa empresa prestadora de serviço de eletricidade. 114 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal da Paraíba João Pessoa.

NR 4 – Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho. (2016) In: Brasil. Portaria MTPS n. 510, de 9 de abril de 2016. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF.

NR 5 – Comissão Interna de Prevenção de acidentes (2018). https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-05.pdf.

NR 6 – Equipamento de Proteção Individual – EPI. (2018). https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-06.pdf.

NR 7 – Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional. (2018). https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-07.pdf .

NR 09 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. (2018). https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-09.pdf.

NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em eletricidade. (2018). https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-10.pdf.

NR 12 – Segurança no Trabalho em máquinas e equipamentos. (2018). https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-12.pdf

NR 15 – Atividades e Operações Insalubres. Disponível em: http://trabalho.gov.br/images/Documentos/SST/NR/nr-15-atualizada-2018.pdf. (2018).

NR 16 – Atividades e operações perigosas. (2018). https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-16.pdf.

NR 17 – Ergonomia. (2018): https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-17.pdf.

NR 23 – Proteção contra incêndios. (2018) https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-23.pdf.

NR 24 – Condições sanitárias e de conforto nos locais de trabalho. (2018) https://enit.trabalho.gov.br/portal/images/Arquivos_SST/SST_NR/NR-24.pdf.

OIT- Organização Internacional do Trabalho. (2017). Acidentes de trabalho matam 2,3 milhões de pessoas por ano. https://news.un.org/pt/story/2017/04/1584331.

Oliveira, O. J., Oliveira, A. B., Almeida, R. A. (2010) Gestão da segurança e saúde no trabalho em empresas produtores de baterias automotivas: um estudo para identificar boas práticas. Revista Produção, 20(3), 481-490.

Rocha, L. O. (2017). Fatores que interferem no nível de qualidade de vida no trabalho segundo a percepção dos trabalhadores: estudo de caso em um hospital de trauma 2017. 171p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – UFPB.

Saliba, T. M. (2011). Manual Prático de Higiene Ocupacional e PPRA. Avaliação e Controle de Riscos Ambientais. (3a ed.), LTR.

Rocha, S. K. (1998) Qualidade de vida no trabalho: um estudo de caso no setor têxtil. 1998. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – UFSC, Florianópolis.

Saliba, T. M. (2011). Curso básico de segurança e higiene ocupacional. LTr.

Silva, A. L. C. A (2011). Segurança do Trabalho como ferramenta para melhoria da Qualidade. 2011. 147 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS.

Soares, S. M. et al. (2018). Workplace Accidents in Brazil: Analysis of Physical and Psychosocial Stress and Health-Related Factors. RAM. Revista de Administração Mackenzie, 19(3).

Schaefer, L. S., Lobo, B. de O. M., & Kristensen, C. H. (2012). Transtorno de estresse pós-traumático decorrente de acidente de trabalho: implicações psicológicas, socioeconômicas. Estudos de Psicologia (Natal), Porto Alegre, v. 17, 329–336.

Schawb, A. J. (2020). Eletronic Classroom. Disponível em:

Vassem, A. S., & Fortunato, G. (2017). Fatores constituintes da cultura de segurança: olhar sobre a indústria de mineração. Revista Gestão e Produção, S. Carlos.p. 719– 730, 2017.

Vieira, M. A., Silva Junior, A. da, & Silva, P. de O. M. Da. (2014). Influências das políticas e práticas de gestão de pessoas na institucionalização da cultura de segurança. Production, Guarapari, 24(1), 200–211.

Yin, R. K. (2001) Estudo de caso: planejamento e métodos. (2a ed.), Bookman.

Published

05/06/2022

How to Cite

SILVA, D. F. A. C. da .; GOMES, M. de L. B. . Perception of workers in the thermoplastic injection molding industry on work safety. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e59311730026, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30026. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30026. Acesso em: 5 oct. 2022.

Issue

Section

Engineerings