The importance of a birth plan for the parturient’s autonomy

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30102

Keywords:

Obstetric nursing; Birth plan; Decision making; Prenatal; Childbirth; Birth; Pregnant; Health teaching.

Abstract

Objective: To highlight the importance of a birth plan, its benefits, and incentives, as well as that it should be created by a nurse and how pregnant women understand and use a BP. Methodology: This is an integrative review study with a qualitative approach. Results: The number of pregnant women who know about and use a birth plan is small due to a lack of guidance from professionals unaware of such a document. The importance of application of this document presents the parturient with great satisfaction and gives autonomy and voice to these women. Conclusion: According to this study, it can be said that a Birth Plan is a technology that enhances humanized care for women and newborns and has contributed to improving the quality of obstetric care.

References

Balaskas, J., & Sarzana, S. (2021). Parto ativo: guia prática para o parto natural. Editora Ground.

Barros, A. P. Z. et al. (2017). Conhecimento de enfermeiras sobre plano de parto. Revista de Enfermagem da UFSM, 7(1), 69-79.

Brasil. (2018). Ministério da Justiça. Plano de Parto – Defensoria Pública no Brasil. Brasília: Ministério da Justiça.

Costa, E. S., et al. (2021). Análise da importância do plano de parto na assistência de enfermagem: revisão integrativa. Saúde Coletiva (Barueri), 11(60), 4556-4565.

Ercole, F. F., et al. (2014). Revisão integrativa versus revisão sistemática. Revista Mineira de Enfermagem, 18(1), 9-12,

Gomes, R. P. C., et al. (2017). Plano de parto em rodas de conversa: escolhas das mulheres. Revista mineira de enfermagem, v. 21.

Lozada, G., & Nunes, K. S. (2018). Metodologia científica: SAGAH.

Medeiros, R. M. K., et al. (2019). Repercussões da utilização do plano de parto no processo de parturição. Revista Gaúcha de enfermagem, v. 40.

Mouta, R. J. O., et al. (2017). Plano de parto como estratégia de empoderamento feminino. Rev baiana enferm. 31(4):e20275.

Page, M. J., McKenzie, J. E., Bossuyt, P. M., Boutron, I., Hoffmann, T. C., Mulrow, C. D., & Moher, D. (2021). The PRISMA 2020 statement: an updated guideline for reporting systematic reviews. International Journal of Surgery, 88, 105906.

Pereira, C. C. C., et al. (2020). Contribuições do plano de parto e estratégias para inserção no pré-natal: revisão narrativa. Disciplinarum Scientia Saúde, 21(2), 59-71.

Ribeiro, D. J. F. (2017). A satisfação da mulher com o parto: a influência do plano de parto – Relatório de estágio de natureza profissional. Mestrado de Enfermagem em Saúde Materna e Obstétrica – Escola Superior de Enfermagem do Porto. Porto – Portugal.

Santos, E. S., & Queiroz, S. B. (2020). O papel do enfermeiro na elaboração do plano de parto. Artigo de Conclusão de Curso – Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos – Uniceplac. Gama-DF.

Silva, A. L. N. V., et al. (2017). Plano de parto: ferramenta para o empoderamento de mulheres durante a assistência de enfermagem. Rev. enferm. UFSM, p. 144-151.

Silva, W. N. S. (2018). Plano de parto como instrumento das boas práticas no parto e nascimento: revisão integrativa. Trabalho de Conclusão de Curso.

Silva, T. M., & Lopes, M. I. (2020). A expectativa do casal sobre o plano de parto. Revista de Enfermagem Referência, n. 2, p. 1-8.

Souto, R. E. M., et al. (2021). Orientações sobre trabalho de parto e parto durante o pré-natal. Revista Enfermagem Atual In Derme, 95(36).

Torres, K. N., & Rached, C. D. A. (2017). A importância da elaboração do plano de parto e seus benefícios. International Journal of Health Management Review, 3(2).

Trigueiro, T. H., et al. (2021). Experiência de gestantes na consulta de Enfermagem com a construção do plano de parto. Escola Anna Nery, v. 26.

Trigueiro, T. H., et al. (2022). O uso do plano de parto por gestantes no pré-natal: uma revisão de escopo. Revista Mineira de Enfermagem, v. 25, p. 1-9.

Published

30/05/2022

How to Cite

CASTELO BRANCO, J. S. M.; SILVA, L. dos S. B. .; SILVA, J. L. de S. .; SOUSA, K. K. B. de .; SOUSA, M. C. R. de .; ARAÚJO, R. V. .; GOMES, R. de C. The importance of a birth plan for the parturient’s autonomy. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e43911730102, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30102. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30102. Acesso em: 7 jul. 2022.

Issue

Section

Health Sciences