The demystification of sexual violence suffered by women and the role of nurses in this process

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30126

Keywords:

Public Health; Sexual violence; Reception.

Abstract

Dispose of the importance of the role of nursing in caring for the victim of rape, to dimension the phenomenon with greater accuracy, identifying the victim of aggression, implementing protocols and regulations of existing public policies, amplifying the role of nurses in the preservation of traces in consolidation of a health model that incorporates universality and equity. Methodology: This is a primary descriptive explanatory applied review of a resolute quantitative nature, with a selection of articles published between the years 2013 to 2021, in the LILAC, BVS, BDENF and Google academic databases. Result: The screening of the article followed the PRISMA recommendation, from the syntheses evidenced, 48 articles emerged, which after selection, eight composed the review. Conclusion: It is necessary to build knowledge for the professional nurse, in a new perspective in the evolution of care with comprehensive care, with guidelines for the professional development of health and strategies with greater scope and sensitivity to women victims of sexual violence.

References

Araújo, A. P. (2020). Abuso: A cultura do estupro no Brasil. (n.p.): Globo Livros.

Neto, D. X. A., Silva, A. R., Dias, A. C. S., Nunes, J. C., Junior, O. R. S., Oliveira, P. C. R. L., Pereira, R. S. & Rola, Y. F. B. (2022). A violência como um problema de saúde e seu enfrentamento na Atenção Primária: uma revisão narrativa. REAC, 35:e7918.

Brasil. (2019). A Vitimização de Mulheres no Brasil. Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Visível e Invisível. https://forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2019/02/relatorio-pesquisa-2019-v6.pdf.

Brasil. (2017). Portaria n 2436/GM/MS. Ministerio da Saúde, Gabinete do Ministro. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prc0005_03_10_2017.html.

Brasil. (2019). Representações Sociais: Psicologia Social. Conferência Brasileira Sobre Representações Sociais. XI Jornada Internacional sobre representações sociais. Recuperado em 20 de maio de 2022 de https://www.2019.jirs.com.br/download/download?ID_DOWNLOAD=8.

Brasil. (2013). Decreto nº 7.958 de 13 de março de 2013: Estabelece diretriz para o atendimento às vítimas de violência sexual pelos profissionais de segurança pública e da rede de atendimento do Sistema Único de Saúde. Diário Oficial da União. http://www.planalto.gov.br › 2013 › decreto › d7958.

Caligiuri, A. (2020). A Luta histórica das mulheres e as dificuldades encontradas nas esferas políticas de poder para alcançar a igualdade de gênero. Editora Almedina.

Cavalcante, F. L. & Gomes R. M. (2006). Representações sociais de profissionais de saúde sobre violência sexual contra a mulher. Caderno Saúde Pùblica. Recuperado em 20 de maio de 2022 de https://bvsms.saude.gov.br › bvs › publicacoes.

Conceições, L., & Melo, I. (2015). A violência doméstica contra as mulheres, desigualdade de gênero, educação e juventude como categorias de articulação. In: IX Encontro Nacional sobre Atendimento Escolar Hospitalar. https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/22179_11462.pdf.

Estefam, A. (2016). Homossexualidade, prostituição e estupro: um estudo à luz da dignidade humana. Editora Saraiva.

Ferriani, M. G. C. & Silva M. A. L. (2009). Enfermagem e a saúde do adolescente na atenção básica. Editora Manole.

Fornari, L., & Labronici, L. (2018). O processo de resiliência em mulheres vítimas de violência sexual: uma possibilidade de cuidado. Cogitare Enfermagem, 23(1). http://dx.doi.org/10.5380/ce.v23i1.52081

Gerda, L. (2019) A criação do Patriarcado: História da Opressão das Mulheres pelos homens. Editora Pensamento-Cultrix.

Machado, D. F. (2022). Violência contra a mulher: o que acontece quando a delegacia de defesa da mulher está fechada. Ciência & Saúde Coletiva.

Brasil. (2015). Atenção Humanizada as Pessoas em Situação de Violência Sexual com Registro de Informação e Coleta de Vestígios. Norma Tecnica. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/atencao_humanizada_pessoas_violencia_sexual_norma_tecnica.pdf.

Mattar, R. (2007). Assistência multiprofissional à vítima de violência sexual: a experiência da Universidade Federal de São Paulo. Caderno da Saúde Pública Sergio Arouca.

Lima Ribeiro, C., Fabricio de Souza, J., de Paulo Pereira, L., Ferreira Gomes Brasil, R., da Frota Santos, V., & Eyre de Souza Vieira, L. J. (2021). Atuação do enfermeiro na preservação de vestí¬gios forenses nos casos de violência sexual: revisão integrativa. Saúde Coletiva (Barueri), 11(68), 7179–7190. https://doi.org/10.36489/saudecoletiva.2021v11i68p7179-7190 (Original work published 4º de outubro de 2021).

Souza, M. M. F., & Araujo, J. N. G. (2011). Dimensões da violência: conhecimento, subjetividade e sofrimento psíquico. Casa do Psicólogo: Estudos e Pesquisas em Psicologia. https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=451844637020.

Souza, M. M., & Araujo. (2011). Dimensões da violência: conhecimento, subjetividade e sofrimento psíquico. Editora Casa do Psicólogo Pearson.

Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres Presidencia da Republica. Plano Nacional de Políticas para as Mulheres. (2022) Secretaria Especial de Políticas para Mulheres. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pnpm_compacta.pdf.

Souza S., M., F. T., Santos, B., & Lopes, A. (2016). A violência e suas repercussões na vida da mulher contemporânea. Revista de Enfermagem UFPE on line, 11(8), 3057-3064. https://doi.org/10.5205/1981-8963-v11i8a110209p3057-3064-2017.

Santos, N. C. S., Santos, H. de S., de Souza, G. A., & Silva, A. C. S. (2021). Mulher vítima de violência sexual e a assistência de enfermagem no Brasil: revisão integrativa de literatura. ODEERE, 6(2), 369-382. https://doi.org/10.22481/odeere.v6i2.8597

Silva, M. E. W. de B., Bomfim, V. V. B. da S., Santos, T. A., Araújo, T. O., Rodrigues, W. V. L., Silva, D. L., Alves, Y. K. G., Nascimento, Y. S., Silva, J. S., Varela, F.F. A., Azevedo, S.S., & Soares, M.G. S. (2021). O sofrimento psíquico de mulheres vítimas de violência sexual. Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento, 10 (9), e50210917574. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.17574.

Published

04/06/2022

How to Cite

ARRUDA, L. A. da S. .; COSTA, M. de O. . The demystification of sexual violence suffered by women and the role of nurses in this process. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e55911730126, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30126. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30126. Acesso em: 3 jul. 2022.

Issue

Section

Review Article