Analysis of hospitalization for respiratory diseases in the state of Sergipe between 2010 and 2020

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30180

Keywords:

Hospitalization; Respiratory tract diseases; Epidemiology; Asthma; Pulmonary Disease, Chronic Obstructive; Pneumonia; Bronchitis; Upper respiratory tract infections.

Abstract

Respiratory problems are a public health problem and an important cause of morbidity and mortality in Brazil and worldwide. Therefore, this work aims to carry out an epidemiological survey of respiratory disorders as the main cause of hospital admissions in reference services for the SUS in the state of Sergipe, between 2010 and 2020, in order to facilitate planning and implementation of measures that can prevent these injuries. Data were collected through the Ministry of Health (DATASUS) and IBGE databases and were compiled into spreadsheets in the Microsoft Office Excel program. Data analysis was performed by calculating relative frequencies, absolute frequencies, means and standard deviation of the variables studied. The data obtained showed a total of 75,058 hospitalizations for respiratory problems in the period studied in Sergipe, with an annual average of deaths of 11.3%. The underlying diseases that led to most hospitalizations were pneumonia and asthma. In addition, these hospitalizations were more prevalent in the groups of males, children between 0 and 4 years of age, people of mixed race and people residing in the Aracaju health region. After analyzing this study, it is noted that Sergipe, despite having lower rates of hospital admissions and deaths from respiratory diseases, compared to other states of the Federation, is in line with the prevalence presented in the literature for gender, ethnicity and main diagnosis as the cause of hospitalization.

References

Antunes, J. L. F., & Cardoso, M. R. A. (2015). Uso da análise de séries temporais em estudos epidemiológicos. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 24, 565-576.

Bahlis, L. F. et al. (2018). Perfil clínico, epidemiológico e etiológico de pacientes internados com pneumonia adquirida na comunidade em um hospital público do interior do Brasil. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 44, p. 261-266.

Brasil, IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Portal população Sergipe. [online]. 2022.

Brasil, SBPT (Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia). Portal público geral. [online]. 2022.

Bueno, N. F. F., de Sousa, B. S., Santos, M. N., França, L. A., & Junior, P. M. R. (2020). Perfil epidemiológico de internações por pneumonia em crianças no tocantins entre 2014 e 2018. Revista de Patologia do Tocantins, 7(3), 3-6.

Chiesa, A. M., Westphal, M. F., & Akerman, M. (2008). Doenças respiratórias agudas: um estudo das desigualdades em saúde. Cadernos de Saúde Pública, 24(1), 55-69.

Godoy, D. V. D., Dal Zotto, C., Bellicanta, J., Weschenfelder, R. F., & Nacif, S. B. (2001). Doenças respiratórias como causa de internações hospitalares de pacientes do Sistema Único de Saúde num serviço terciário de clínica médica na região nordeste do Rio Grande do Sul. Jornal de Pneumologia, 27, 193-198.

de Sá Camarço, M. F., de Jesus, M. V. S., de Góis, R. M. O., Varanda, P. A. G., Almeida, H. O. C., Gallotti, F. C. M., ... & Silva, J. D. O. M. (2021). Perfil das internações hospitalares por doenças do aparelho respiratório no Estado de Sergipe: Uma série histórica. Research, Society and Development, 10(5), doi: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i5.13522.

Dias, F. L. T., Mendonça, F. D., Pinto, G. M., Borges, I. S. C., & de Oliveira, S. V. (2020). Doenças respiratórias no Triângulo Mineiro: Análise epidemiológica e projetiva com a pandemia de COVID-19. Journal of Health & Biological Sciences, 8(1), 1-6.

Dutra, G. F., Pereira, A. M., Brito, E. S. D., Pereira, E. C. S., Santos, C. L. D., Gonçalves, N. F., ... & Oliveira, F. M. (2010). Análise temporal das internações hospitalares e óbitos causados por doenças do aparelho respiratório em idosos, Minas Gerais. Revista brasileira de geriatria e gerontologia, 13, 121-132.

Esperón, J. M. T. (2017). Pesquisa quantitativa na ciência da enfermagem. Escola Anna Nery, 21(1).

Fonseca, F. R., & Vasconcelos, C. H. (2011). Estudo da distribuição de doenças respiratórias no estado de Santa Catarina, Brasil. Caderno Saúde Coletiva, 19(4), 454-460.

Fontelles, M. J., Simões, M. G., Farias, S. H., & Fontelles, R. G. S. (2009). Metodologia da pesquisa científica: diretrizes para a elaboração de um protocolo de pesquisa. Revista paraense de medicina, 23(3), 1-8.

Malta, D. C., Duarte, E. C., Almeida, M. F. D., Dias, M. A. D. S., Morais Neto, O. L. D., Moura, L. D., ... & Souza, M. D. F. M. D. (2007). Lista de causas de mortes evitáveis por intervenções do Sistema Único de Saúde do Brasil. Epidemiol. Serv. Saúde, 16(4):233-244.

Mercenas, S. L. G., Ferreira, T. P. O., de Góis, R. M. O., & Servo, M. L. S. (2020). Caracterização das Internações Hospitalares deIdosos no SUS em Sergipe:

Estudo Epidemiológico Descritivo do Ano de 2018. Interfaces Científicas-Saúde e Ambiente, 8(2), 9-22.

Ribeiro, H., & Silva, E. N. (2016). Desigualdades intraurbanas em internações hospitalares por doenças respiratórias e circulatórias em uma área da cidade de São Paulo. Cadernos Metrópole, 18, 461-480.

Rosa, A. M., Ignotti, E., Hacon, S. D. S., & Castro, H. A. D. (2008). Análise das internações por doenças respiratórias em Tangará da Serra-Amazônia Brasileira. Jornal brasileiro de pneumologia, 34(8), 575-582.

Santos, L. J. M., Martinez, B. P., & Correia, H. F. (2019). Perfil de internações hospitalares e mortalidade por doenças respiratórias obstrutivas crônicas nas regiões brasileiras, entre os anos de 2016 e 2018. Revista de Ciências Médicas e Biológicas, 18(3), 344-346.

Sarinho, E., Queiroz, G. R., Dias, M. L. C. D. M., & Silva, A. J. Q. (2007). A hospitalização por asma e a carência de acompanhamento ambulatorial. Jornal Brasileiro de Pneumologia, 33, 365-371.

Tombolato, M. M., De Oliveira, J. B., & Cardoso, C. A. L. (2021). Análise epidemiológica de doenças respiratórias entre 2015 a 2020 no território brasileiro. Research, Society and Development, 10(7), e46610716819-e46610716819.

Tufik, S., Pires, G. N., Kim, L. J., Tempaku, P., Albuquerque, R., & Andersen, M. L. (2017). Revisão sistemática sobre a epidemiologia das doenças cardiovasculares e respiratórias e suas associações com a poluição do ar em Vitória/ES. Clinical & Biomedical Research, 37(2).

Published

26/05/2022

How to Cite

FRANCO, M. R.; SILVA, R. R. de S.; XAVIER, B. M. F.; VIEIRA, C. C.; XAVIER, L. F. F.; RESENDE, M. S. de A. B. Analysis of hospitalization for respiratory diseases in the state of Sergipe between 2010 and 2020. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e30611730180, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30180. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30180. Acesso em: 7 jul. 2022.

Issue

Section

Health Sciences