Deaf person's perception of care in health services

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30237

Keywords:

Hearing impairment; Accessibility to health services; Language barriers; Pounds; Communication obstacles.

Abstract

Objective: To investigate the perception of deaf people about the care offered when they seek health services. Method: Exploratory and descriptive research, with a qualitative approach, based on Bardin's Content Analysis method, using the data saturation method. Results: Eight deaf people participated in the research. The lack of communication is the biggest complaint among users. The deaf person is not given the opportunity to express their opinions and doubts regarding the health problem, and this role is always delegated to another person, and when this person is not present, care is compromised. Final considerations: Barriers to access imply important losses and indicate the professionals' lack of preparation in the work process. Therefore, adjustments regarding the way of assisting deaf clients need to be rethought, in order to guarantee them safe and qualified assistance.

References

Bardin, L. (1977). Análise de Conteúdo. Lisboa.

Brasil. Decreto nº 5.626 de 22 de dezembro de 2005 (2005). Regulamenta a lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais – Libras, e o art.18 da lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000. Diário Oficial da União, DF: Brasília. https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/2005/decreto-5626-22-dezembro-2005-539842-publicacaooriginal-39399-pe.html

Brasil. Lei 8.080, de 19 de setembro de 1990 (1990). Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. Diário Oficial da União. Seção 1, DF: Brasília. https://www.jusbrasil.com.br/diarios/1196309/pg-1-secao-1-diario-oficial-da-uniao-dou-de-20-09-1990

Brasil. Lei n° 13.146 de 06 de Julho de 2015 (2015). Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Diário Oficial da União, Brasília. https://legis.senado.leg.br/norma/5849

Brasil. Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (2012). Cartilha do Censo 2010: pessoas com deficiência. DF: Brasília. http://www.unievangelica.edu.br/novo/img/nucleo/cartilha-censo-2010-pessoas-com-deficienciareduzido.pdf.

Brasil. Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Comitê de Ajudas Técnicas. Tecnologia Assistiva. CORDE (2009). DF: Brasília, 138 p. http://www.galvaofilho.net/livro-tecnologia-assistiva_CAT.pdf

Cavagna, V.M; Silva, W.P.J; Braga, A.L.S & Andrade, M. (2017). O paciente surdo e suas vivências no sistema de saúde: uma interface com a enfermagem. Revista Enfermagem Atual In Derme, v. 80, n. 18. https://revistaenfermagematual.com.br/index.php/revista/article/view/345

Cunha, R. P. S; Pereira M.C. & Oliveira M.L.C. (2019). Enfermagem e os cuidados com pacientes surdos no âmbito hospitalar. Revista de Divulgação Científica Sena Aires, v. 8, n. 3, p. 367–377. http://revistafacesa.senaaires.com.br/index.php/revisa/article/viewFile/433/333

Dias, E. A. D; Medeiros, R.C; Melo, A.C; Ferreira, V.D; Bezerra, A.M.F. & Nunes, E.M. (2018). Dificuldades de comunicação dos profissionais da atenção primária à saúde com o usuário surdo. Temas em Saúde, p. 342-355. https://temasemsaude.com/wp-content/uploads/2018/10/fip201822.pdf

Gomes, L. F; Machado, C. F; Lopes, M. M; Oliveira, R. S; Holanda, B. M; Silva, L. B; Barletta, J. B. & Kandratavicius, L. (2017). Conhecimento de Libras pelos Médicos do Distrito Federal e Atendimento ao Paciente Surdo. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 41, p. 390–396. https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022017000300390.

Mendes, N. F. O. (2019). Informações centrais de medicamento em Libras: Tradução comentada para instituir o direito e o acesso linguístico dos surdos na área da saúde. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós Graduação em Estudos da Tradução. Florianópolis, 219 p. https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/204433.

Miranda, R. S; Schubert, C.O; Figueredo, N. M. A; Fernandes, E. M; Tonini, T. & Machado, W. C. A. (2020). Barreiras de comunicação com surdos no atendimento em saúde: um estudo descritivo. Enfermagem Brasil, v. 19, n. 1, p. 11–19. https://portalatlanticaeditora.com.br/index.php/enfermagembrasil/article/view/2055/html

Neves, D. B; Felipe, I. M. A. & Nunes, S. P. H. (2016). Atendimento aos surdos nos serviços de saúde: acessibilidade e obstáculos. Infarma - Ciências Farmacêuticas, v. 28, n. 3, p. 157–165. http://revistas.cff.org.br/?journal=infarma&page=article&op=view&path%5B%5D=1713.

Nóbrega, J. D; Munguba, M. C. & Pontes, R. J. S. (2017). Atenção à saúde e surdez: desafios para implantação da rede de cuidados à pessoa com deficiência. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, v. 30, n. 3, 29. https://periodicos.unifor.br/RBPS/article/view/6176

Pires, H. F & Almeida, M. A. P. T. (2016). A percepção do surdo sobre o atendimento nos serviços de saúde. Revista Enfermagem Contemporânea, v. 5, n. 1. https://www5.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/912.

Ramos, T. S. & Almeida, M. A. P. T. (2017). A Importância do ensino de Libras: Relevância para Profissionais de Saúde. ID on line. Revista de psicologia, v. 10, n. 33, p. 116–126. https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/606.

Rezende, R. F; Guerra, L. B. & Carvalho, S. A. S. (2021). A perspectiva do paciente surdo acerca do atendimento à saúde. Revista CEFAC, v. 23. https://www.scielo.br/j/rcefac/a/kZtDr6C98zW6PDQPCvnnJRs/?lang=pt&format=pdf

Santos, P. R. A. (2015). Percepção da equipe de saúde, discentes e usuários sobre a comunicação com indivíduos surdos na atenção primária. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino na Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal. 50 p. https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20208

Souza, M. F. N. S; Araújo, A. M. B; Sandes, L. F. F; Freitas, D. A; Soares, W. D; Vianna, R. S. M. & Souza, A.A.D. (2017). Principais dificuldades e obstáculos enfrentados pela comunidade surda no acesso à saúde: uma revisão integrativa de literatura. Revista CEFAC, v. 19, p. 395–405. https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=169351955013.

Souza, V. D; Hoeckele, A. G; Borim, M. L. C. & Costa, M. A. R. (2020). Percepção de surdos sobre o atendimento nos serviços de saúde / Perception of the deaf on the service in health services. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 8, p. 55347–55356. https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/14576

Published

28/05/2022

How to Cite

CRISTO, Érica A. de .; DURANS, K. C. N. .; MARQUES, D. S. .; FERREIRA, A. P. F. .; MIRANDA, D. M. da S. .; PASKLAN, A. N. P. . Deaf person’s perception of care in health services. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e36611730237, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30237. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30237. Acesso em: 6 jul. 2022.

Issue

Section

Health Sciences