Robotic prostatectomy: a focus on the disease and the realization of the right

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30372

Keywords:

Consumer low; Medical low; Civil low.

Abstract

The study of this work was analyzed as hardships felt by patients, proceed with the request for a health objective, specifically requesting the performance of robotic radical prostatectomy, the total withdrawal of the use of robotic surgery as a means of improving the patient's quality of life. A preamble is made about prostate cancer, the second most prevalent cancer among men in Brazil (INCA, 2022). Robotics is performed through minimally invasive procedures, using robotic instruments for the treatment of robotic conditions in which the operation is already operating and the safety of the operation. About cancer arising in men and the possibility of a better quality of life for the patient with the use of this therapy indicated by several doctors listed in the Brazilian Society of Urology, behold, thousands of holders of various health plans have administratively denied the quality of specialist doctors for robotic surgeries, given the pathologies inherent to each request, which pathologies are covered when contracting the plan. Federal Supreme Court precedents and Federal doctrinal understandings that defend that Consumer Defense acts must comply with the Constitution and the Consumer Defense Code, and cannot innovate the legal order. On these occasions, the writ of mandamus is the legal remedy and is provided for in the best 5th, item LXIX, of the Federal Constitution, being disciplined by Law No. 12.016/2009. It is intended to protect the offended's net and right.

References

Brasil. (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm. Acesso em 29 mar. 2022.

Brasil. 1990. Lei Nº 9.656, de 3 de junho de 1998. Dispõe sobre os planos e seguros privados de assistência à saúde. Diário Oficial da União. Brasília.

Brasil. 1990. Lei nº. 8.078, de 11 de setembro de 1990. Código de Defesa do Consumidor. Dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8078.htm

Brasil. 2009. Lei nº 12.016/2009. Disciplina o mandado de segurança individual e coletivo e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília.

Brasil. 2019. Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Judicialização da saúde no Brasil: Perfil das demandas, causas e propostas de solução. Brasília: CNJ.

Carvalho, G. L. (2019). Tutela do direito à saúde por mandado de segurança: Análise sobre a adequação da via eleita. Rev. Fac. Direito São Bernardo do Campo. 25(2): 125-129..

Cirico, P.F., Resner A. A. R., Rachede C. D. A. 2019. Os impactos da judicialização na saúde suplementar. Revista Gestão em Foco. 5(11):56-71.

Meirelles, H. L. (1998). Mandado de segurança, ação popular, ação civil pública, mandado de injunção, habeas corpus. 19 ed. atual. Wlad A. São Paulo: Malheiros, p 34-35.

Moliiterno, M. P. (2018) Dilemas do fenômeno da judicialização da saúde. CONASS. Coletânea Direito à Saúde. Brasília. Ministério da Saúde.

Morrell, A. L. G. et al (2021). The history of robotic surgery and its evolution: when illusion becomes reality. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. About da Vinci Systems: surgical robotics for minimally invasive surgery. Intuitive Surgical. 48(2):32-45.

Pereira A. S. et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [free e-book]. Santa Maria/RS. Ed. UAB/NTE/UFSM. 5.3) Koche, J. C. (2011). Fundamentos de metodologia científica. Petrópolis: Vozes. http://www.brunovivas.com/wp-content/uploads/sites/10/2018/07/K%C3%B6che-Jos%C3%A9- Carlos0D0AFundamentos-de-metodologia-cient%C3%ADfica-_-teoria-da0D0Aci%C3%AAncia-e-inicia%C3%A7%C3%A3o%C3%A0pesquisa.pdfhttps://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1 5.4

Resolução CFM 2.311, DE 23 DE MARÇO DE 2022 -Publicado em: 28/03/2022 | Edição: 59 | Seção: 1 | Página: 234 DOU: Imprensa Nacional.

Resolução Normativa ANS nº 428, de 07 de novembro de 2017 - Atualiza o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, que constitui a referência básica para cobertura assistencial mínima nos planos privados de assistência à saúde, contratados a partir de 1º de janeiro de 1999; fixa as diretrizes de atenção à saúde; e revoga as Resoluções Normativas – RN nº 387, de 28 de outubro de 2015, e RN nº 407, de 3 de junho de 2016.

Sanches, R. de S., Sanches, B. C. F., Zaroni, M. Z. L. D. D., Costa Junior, J. P., Ilias, D., & Rezende, N. S. (2019). Técnicas de prostatectomia radical – aberta versus videolaparoscópica versus robótica assistida: resultados oncológicos e funcionais. Revista Da Faculdade De Ciências Médicas De Sorocaba, 21(2), 52–54. https://doi.org/10.23925/1984-4840.2019v21i2a2

Schulze, C. J. (2014). Direito à saúde: novas perspectivas. In Santos L, Terrazas F. Organizadores. Judicialização da saúde no Brasil. Campinas: Saberes Editora,. p. 179.

Schulze, C. J. (2018). Direito à Saúde e a Judicialização do Impossível. Coletânea Direito à Saúde Dilemas do Fenômeno da Judicialização da Saúde. Brasília. Ministério da Saúde.

Siqueira-Batista, R. et al (2016). Robotic surgery: bioethical aspects. ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo). 29(4):287-290. https://doi.org/10.1590/0102-6720201600040018

Sociedade Brasileira de Urologia. Nota Oficial 2018 - Rastreamento do câncer de próstata. https://portaldaurologia.org.br/publico/noticias/nota-oficial-2018-rastreamento-do-cancer-de-prostata. Acesso em 04 abril 2022.

Souto, Ricardo dos Santos. (2019). A dignidade da pessoa humana como um valor absoluto no Brasil. Revista do NUFEN, 11(3), 170-186.

Souza, P. R. B. et al 2021. Cobertura de plano de saúde no Brasil: análise dos dados da Pesquisa Nacional de Saúde 2013 e 2019. Ciência & Saúde Coletiva. v. 26, suppl 1. pp. 2529-2541. https://doi.org/10.1590/1413-81232021266.1.43532020

Published

05/06/2022

How to Cite

SOARES, L. F. .; OLIVEIRA , E. H. de .; AZEVEDO, A. M. L. G. de .; BÉCHADE, M. J. S. . Robotic prostatectomy: a focus on the disease and the realization of the right. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e57311730372, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30372. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30372. Acesso em: 3 jul. 2022.

Issue

Section

Human and Social Sciences