Promoting healthy eating nutrition at public school: an experience report in the Week of Education for Life (WEL)

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.3051

Keywords:

Food; PIBID; Week for life.

Abstract

Formal education in the public educational environment has become the focus of research and experiments today, with curricular components and their approaches criticized for their cast and traditional model. The Education for Life Week, is a proposal of the federal government with the purpose of assigning curricular components in the format of science fair and greater interaction of the school public, thus, the scholarship holders of the Institutional Program of Teaching Initiation Scholarship (PIBID / CAPES) of the biology subproject, allocated at the Federal University of Itajubá (UNIFEI) helped the thematic execution of the event in a public school in the city of Itajubá, located in the State of Minas Gerais. The objective of this article is the experience report of the theme “healthy eating” that occurred in the place, which had a great adhesion to the school and community public, with the objective of discussing about the awareness of the act of eating well, by the method of playful circuit. As a result, a high adhesion of the school community, and dialogical action.

Author Biographies

Hugo josé coelho corrêa de Azevedo, Fundação Oswaldo Cruz

Graduação em Ciências Biologicas (UNIFEI)

Especialização em Ensino em Ciêncas (IFRJ)

Mestrado em Ensino em Biociências e Saúde (FIOCRUZ/IOC)

Sílvia Arcanjo Carlos Ribeiro, Universidade Federal de Itajubá

Graduação em Ciências Biológicas (UNFEI)

Mestrado em Educação em Ciências (UNIFEI)

Guilherme de paula Faria, Universidade Federal de Itajubá

Graduação em Ciências Biológicas (UNFEI)

Mestrado em Educação em Ciências (UNIFEI)

Úrsula Raniely Souto, Universidade Federal de Itajubá

Graduação em Ciências Biológicas (UNFEI)

Mestrado em Educação em Ciências (UNIFEI)

References

Accioly, E. (2009). A escola como promotora da alimentação saudável. Revista Ciência em tela. 2(2), 1-9.

Albuquerque, C. G., & Quirino, M. J. S. O. (2019). Descascar mais e desembrulhar menos: uma abordagem contextualizada e interdisciplinar do ensino de Ciências. Research, Society and Development. 8(10), 1-13.

Balbinot, R. (2012). Ação pedagógica: entre verticalismo pedagógico e práxis dialógica. Editora Paulinas. São Paulo.

Batista, D., Vasconcellos, R., & Terán, A. (2017). A Presença Do Lúdico No Evento Circuito Da Ciência, Manaus, Amazonas, Brasil. Revista Areté| Revista Amazônica de Ensino de Ciências. 8(15), 165-174.

Brasil. (2009). Lei Federal nº 11.988/2009. Sanciona a execução do evento semana para a vida em todo território nacional.

Esteca, A., De Andrade, L. D. (2018). Desenhando a liberdade: A experiência de oficinas de desenho no sistema prisional. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal. 5(3), 255-261.

Fernandes, P. S., Bernardo, C. D. O., Campos, R. M., De Vasconcelos, F. D. (2009). Avaliação do efeito da educação nutricional na prevalência de sobrepeso/obesidade e no consumo alimentar de escolares do ensino fundamental. Jornal de Pediatria, 85(4), 315-321.

Harres, J. B. S. (2001). A evolução do conhecimento profissional de professores: o caso do conhecimento prévio sobre a forma da Terra. Caderno Brasileiro de Ensino de Física. 18(3), 278-297.

Lanes, K. G., Lanes, D. V. C., Copetti, J., Lara, S., Puntel, R. L., Folmer, V. (2013). Educação em saúde e o ensino de ciências: sugestões para o contexto escolar. VITTALLE-Revista de Ciências da Saúde. 25(2), 21-30.

Lestinge, S., & Sorrentino, M. (2008). As contribuições a partir do olhar atento: estudos do meio e a educação para a vida. Ciência & Educação. 14(3), 601–619.

Malaquias, D. S., & Cardoso, S. P. (2019). Aspectos da formação docente e interlocuções com o programa de iniciação à docência. Research, Society and Development. 8(5), 1-20.

Moura, F. M., Leite, R. C. M. (2019). A educação alimentar e nutricional em questão: desdobramentos na formação inicial de professores pedagogos. Research, Society and Development. 9(2), 1-27.

Purcino, L. S., & Figueiredo, S. P. (2014). Labirinto do consumo: comunicação da alimentação saudável na Empírika Revista EDICC. 2(2), 183-190.

Santos, E. M. (2014). Coordenações coletivas: o planejamento no espaço escolar entre professores e gestores numa escola pública do Distrito Federal. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Gestão Escolar). 52f. Universidade de Brasília. Brasília.

Saviani, D. (2016). Educação escolar, currículo e sociedade: o problema da Base Nacional Comum Curricular. Movimento-revista de educação. 4(1), 54-84.

Silva, C. (2013). O Programa Nacional de Alimentação Escolar sob a ótica dos alunos da rede estadual de ensino de Minas Gerais, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva. 18(1), 963-969.

Souza, D. G., Souza, F. S., & Miranda, J. C. (2019). Análise dos impactos da implementação do Subprojeto PIBID Ciências Naturais (UFF) sobre a escola parceira, com o suporte do software CHIC. Research, Society and Development. 8(5), 1-20.

Zompero, A. F. (2015). A Educação Alimentar Nos Documentos De Ensino Para Educação Básica. Revista Ciências & Ideias. 9(1), 1-31.

Downloads

Published

14/08/2020

How to Cite

Azevedo, H. josé coelho corrêa de, Ribeiro, S. A. . C., Faria, G. de paula, Souto, Úrsula R., & Farias, E. V. de M. . (2020). Promoting healthy eating nutrition at public school: an experience report in the Week of Education for Life (WEL). Research, Society and Development, 9(9), e118993051. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.3051

Issue

Section

Education Sciences