Analysis of signed reports of deaf subjects: accessibility in History teaching

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i9.31518

Keywords:

Inclusion; Accessibility; Deafness; Teaching; History.

Abstract

This article analyzes the various legal tools that aim to guarantee the inclusion and accessibility of deaf subjects in regular public education in Belém do Pará, emphasizing the analysis in History Teaching based on signed reports of deaf university students, who have already gone through teaching- learning of the subject “History”. The objective is to understand how the reality of education and history classes happens or happened for the deaf subjects interviewed. The main research question is: did you find it difficult to understand the subjects of History? This is a field research with graduates of the public school system, in addition to being based on reports from authors in the literature. According to the interviews carried out, the results indicate that the lack of accessibility and inclusive practices during classes negatively affected the understanding of deaf students in History subjects.

References

Ambrosetti, N. B. (1999). “Eu” e o “Nós”: trabalhando com a diversidade em sala de aula. In: André, M. Pedagogias das diferenças na sala de aula. São Paulo, Editora Papirus.

Ambrosetti, N. B. (1999). O. “Eu” e o “Nós”: trabalhando com a diversidade em sala de aula. In: André, M. Pedagogias das diferenças na sala de aula. São Paulo. Editora Papirus.

Azevedo, P. B. (2013). História ensinada: práticas de letramento e produção de sentido. Educação: Teoria e Prática, Rio Claro, v. 23, n. 44, p. 24-45.

Borges et al. (2013). Reflexões sobre a inclusão, a diversidade, o currículo e a formação de professores. Educação, Tecnologia e Interdisciplinaridade, v. 3. Disponível em: https://www.anais.ueg.br/index.php/congresso_acac/article/view/2066. Acesso em: 18 ago 2021.

BRASIL. (2001). Lei n. 10.172, de 09 de janeiro de 2001. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10172.htm. Acesso em: 18 ago 2021.

BRASIL. (2005). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5626.htm. Acesso em: 18 ago 2021.

BRASIL. (1996). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 18 ago 2021.

BRASIL. (1988). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 18 ago 2021.

BRASIL. (1999). Disponível em: https://www.libras.com.br/portaria-1679-de-1999. Acesso em: 18 ago 2021.

BRASIL, (2001). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10172.htm. Acesso em: 18 ago 2021.

BRASIL, 2010 Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2010/lei-12319-1-setembro-2010-608253-veto-129310-pl.html. Acesso em: 18 ago 2021.

Caetano, J. F., Lacerda, C. B. F. de., & Santos, L. F. dos. (2013). Tenho um aluno surdo e agora? Introdução à Libras e educação de surdos. São Carlos, EdUFSCar.

Campello, A. R. (2007). Pedagogia Visual: Sinal na Educação dos Surdos. In: Quadros, R. M. & Perlin, G. Estudos Surdos II. Petropolis: Editora Arara Azul.

Campello, A. R. (2008). Pedagogia visual na educação de surdos-mudos. Tese (Programa de Pós-Graduação de Educação da Universidade Federal de Santa

Catarina – UFSC). Disponível em: https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=https://cultura-sorda.org/wp-content/uploads/2015/04/Tesis_Souza_Campello_2008b.pdf&ved=2ahUKEwiZ3MfL7bzyAhWWJLkGHUgVA7cQFnoECAQQAQ&usg=AOvVaw1qYX1TNnXMhminwtXuu_3F. Acesso em: 18 ago 2021.

Costa, A. da. (2007). Ensino de História e educação inclusiva: suas dimensões formativas. In: Monteiro, A. M., Gasparello, A. M., Magalhães, M. de S. Ensino de História: sujeitos, saberes e práticas. Rio de Janeiro: Mauad X: FAPERJ.

Cury, C. R. J. (1999). Direito à diferença: um reconhecimento legal. Educação em revista, Belo Horizonte, n. 15.

Damázio, M. M. & Alves, C. B., Ferreira, J. de P. (2010). A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: A abordagem bilíngue na escolarização de pessoas com surdez. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial. UFCE, Fortaleza - CE.

Festa, P. S. V. & Gonçalves, H. B (2013). Metodologia do Professor no Ensino de alunos surdos. In: Revista Eletrônica do Curso de Pedagogia das Faculdades OPET. Disponível em: https://www.google.com/amp/s/docplayer.com.br/amp/396181-Metodologia-do-professor-no-ensino-de-alunos-surdos-humberto-bueno-goncalves-1-priscila-soares-vidal-festa-2.html. Acesso em: 18 ago 2021.

Henriques, R. M. O Currículo Adaptado na Inclusão de Deficiente Intelectual. Ano? Disponível em: www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/489-4.pdf. Acesso em: 10 dez 2020.

Magalhães, F. G. de L. (2013). O Papel do Intérprete de LIBRAS na Sala de Aula Inclusiva. Revista Brasileira de Educação e Cultura, p. 73-86.

Perlin, G. & Strobel, K. L. (2006). Fundamentos da Educação de Surdos. UFSC, Florianópolis.

Sousa, V. (2015). A importância do papel do Intérprete de Libras no processo de aprendizagem do aluno surdo em sala de aula nas escolas de Ensino comuns. Cadernos da Fucamp, v.14, n.20, p.168-181/2015. Disponível em: https://www.fucamp.edu.br/editora/index.php/cadernos/article/view/635. Acesso em: 18 ago 2021.

Verri, C. R. & Alegro, R. C. (2006). Anotações sobre o processo de ensino e aprendizagem de história para alunos surdos. Práxis Educacional, Vitória da Conquista, n. 2, p. 7-114. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/515. Acesso em: 18 ago 2021.

Published

04/07/2022

How to Cite

AZEVEDO, K. M. de M. .; COSTA, R. A. da. Analysis of signed reports of deaf subjects: accessibility in History teaching. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 9, p. e10711931518, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i9.31518. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/31518. Acesso em: 19 aug. 2022.

Issue

Section

Education Sciences