Evaluation of the effects of the new territorial planning plan of Teresina / PI on its potential for occupation and urban expansion

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i10.32250

Keywords:

Procedural hierarchical analysis; PDOT; Urban planning.

Abstract

With the accelerated growth process of cities, it becomes essential to think about the ways in which the urban space should develop, especially regarding its territorial planning, use and occupation of the land. In this sense, we can mention the creation and implementation of territorial planning plans that stand out as tools for guidance and construction of these spaces and seek, through a careful and technical look, to contribute to the emergence of cohesive, compact and planned cities. In view of this, the present study sought, using geographic information systems, to map and evaluate the effects of the new Teresina Territorial Planning Plan - PDOT - (Law 5.481/2019) on the potential for occupation and urban expansion. Applying the technique of Procedural Hierarchical Analysis (AHP) the standardization and organization of the geographic data deemed relevant and that directly influence the decision process regarding the occupation and use of the land was conducted. To determine the data values, weights were assigned, according to degrees of importance, in a weight matrix from which the Consistency Index (CI) and the Consistency Ratio (RC) were determined for validation of the AHP. Considering the results obtained, it has been effectively observed that the new PDOT has promoted changes in land use and occupation, as well as in the way the city grows. Thus, many areas that could be occupied were identified, however with reservations and restrictions of an environmental nature and a strong tendency towards cohesion and compaction of the city.

References

Barros, A. F., & Marques, E. T. (2009). Áreas urbanizáveis e expansão urbana: uma proposta de mapeamento para o município de viçosa-mg utilizando sistema de informação geográfica (análise multicritério). Revista Geografia & Pesquisa, 03(01), 1-144.

Bento, S. C., Conti, D. M., Baptista, R. M., & Ghobril, C. N. (2018). As novas diretrizes e a importância do planejamento urbano para o desenvolvimento de cidades sustentáveis. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, 07(03), 469-488. DOI: 10.5585/geas.v7i3.1342.

Lima, S. M. S. A., Lopes, W. G. R., Façanha, A. C. (2021). Alterações na cobertura do solo em Teresina, Piauí, Brasil. Sociedade & Natureza. 33. 1-14.

Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001 (2001). Regulamenta os arts. 182 e 183 da Constituição Federal, estabelece diretrizes gerais da política urbana e dá outras providências. Diário oficial da união. Brasília: DF.

Castro, J. S., Costa, L. S., Barbosa, G. R., Assemany, P. P., & Calijuri, M. L. (2015). Utilização de SIG e análise multicritério para seleção de áreas com potencial para a construção de universidades e loteamentos universitários. Boletim de Ciências Geodésicas, 31(21), 252-257. DOI: 10.1590/S1982-21702015000300037.

Collins, M. G., Steiner, F. R., & Rushman, M. J. (2001). Land-use suitability analysis in the United States: historical development and promising technological achievements. Environmental Management, 28(5), 611-21. DOI: 10.1007/s002670010247.

Crepani, E., Medeiros, J. S., Filho, P. H., Florenzano, T. G., Duarte, V., & Barbosa, C. C. F. (2001). Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento Aplicado ao Zoneamento Ecológico-Econômico e ao Ordenamento Territorial. São José dos Campos: INPE.

Glaeser, E. (2011). Triumph of the City: How Our Greatest Invention Makes Us Richer, Smarter, Greener, Healthier, and Happier. Economic Geography, 88(1), 97-100. DOI: 10.2307/4147407.

Gomes, R. C.; & Bias, E. S. (2008). Integração do método AHP e SIG como instrumento de análise do nível de conservação ambiental em bacias hidrográficas. Geociências, 37(1), 167-182.

Lima, L. S., Sousa, F. F. L. M., Lopes, A. S., Loureiro, C. F. G. (2019, novembro). O fenômeno do espraiamento urbano e seus impactos na acessibilidade ao trabalho em Fortaleza. Anais do Congresso de Pesquisa e Ensino em Transportes da ANPET, 33°, 2019, Balneário Camboriú, SC, Brasil, 33.

Melo, C. D. C. C. J. (2009). Expansão urbana do município de Teresina e as políticas habitacionais a partir de 1966. Tese de doutorado, Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo. Disponível em: https://dspace.mackenzie.br/handle/10899/26087.

Miranda, J. I. (2010). Fundamentos de Sistemas de Informações Geográficas. (2. ed. rev.). Brasília: Embrapa Informação Tecnológica.

Moura, A. C. M. (2007, abril). Reflexões metodológicas como subsídio para estudos ambientais baseados em Análise de Multicritérios. Anais do Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Florianópolis, SC, Brasil, 13.

Pessoa, T. M. (2019). Teresina uma cidade entre rios: estudo da gestão das águas pluviais na zona sul. Orientador: Dissertação de mestrado, Universidade Federal da Bahia, Salvador. Disponível em: https://www.escavador.com/sobre/3072228/thiscianne-moraes-pessoa.

Pimenta, L. B., Beltrão, N. E. S., Gemaque, A. M. S., & Tavares, P. A. (2019). Processo Analítico Hierárquico (AHP) em ambiente SIG: temáticas e aplicações voltadas à tomada de decisão utilizando critérios espaciais. Interações, 2(20), 407-420. DOI: 10.20435/inter.v20i2.1856.

Reis Filho, A. A. (2012). Análise Integrada por Geoprocessamento da Expansão Urbana de Teresina com base no Estatuto da Cidade: estudo de potencialidades, restrições e conflitos de interesses. Tese de doutorado, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/MPBB-935K4U.

Reis, E. B., Viana, B. A. S. (2021). Condomínios Horizontais e a Ocupação de Vazios Urbanos na Cidade. Revista Formatação (Online), 28(53), 345-370.

Rezende, P. S., Marques, D. V., & Oliveira, L. A. (2017). Construção de modelo no QGIS e utilização do método de processo analítico hierárquico - AHP para mapeamento de riscos à inundação na área urbana de Paracatu - MG. Caminhos De Geografia, 18(61), 01–18. DOI: 10.14393/RCG186101.

Rodrigues, R. S., & Veloso Filho, F. A. (2016). Planejamento urbano em Teresina-PI. Revista Equador, 3(5), 340-359. DOI: 10.26694/equadorv5i3.4977.

Saaty, T. L. (2008). Decision making with the analytic hierarchy process. International Journal of Services Sciences, 1(1), 83-98. DOI: 10.1504/IJSSCI.2008.017590.

Saaty, T. L. (1990). How to make a decision: the analytic hierarchy process. European Journal of Operational Research, 48(1), 9-26. DOI: 10.1016/0377-2217(90)90057-I.

Saaty, T. H. (1997). A scaling method form priorities in hierarquical structures. Journal of Mathematical Psychology, 15(3), 234-281. DOI: 10.1016/0022-2496(77)90033-5.

Silva, E. O., Silva, G. R., Vieira, N. R. C. (2017, março). Expansão urbana da cidade de Teresina e suas transformações socioespaciais. Anais do Encontro Nacional do INCT Observatório das Metrópoles, Natal, RN, Brasil.

Silva, C. M. B. F., Santos, L. P. (2021, janeiro-junho). Cidade Compacta, Coordenada e Conectada: uma análise da política urbana de Teresina (PI) sob a ótica dos princípios DOTS. Revista da Academia de Ciências do Piauí. 2(2), 19-35.

Sousa, J. V., Jerônimo, T. B., Melo, F. J. C., & Aquino, J. T. (2017). Uso do AHP para identificação de perdas da qualidade em empresas de manufatura: um estudo de caso. Exacta, 15(1), 89-100. DOI: 10.5585/exactaep.v15n1.6691.

Lei Complementar n° Lei 5.481, de 20 de dezembro de 2019 (2019). Dispõe sobre o Plano Diretor de Teresina, denominado “Plano Diretor de Ordenamento Territorial – PDOT. Diário oficial do município. Teresina, PI.

Valente, A. L. S. (1996). Uso de SIG na determinação de áreas com restrições à ocupação urbana na sub-bacia do Arroio Feijó. Anais do Congresso e Feira para usuários de geoprocessamento, Curitiba, PR, Brasil.

Published

22/07/2022

How to Cite

VIEIRA, L. L.; VIEIRA, V. de C. B. . Evaluation of the effects of the new territorial planning plan of Teresina / PI on its potential for occupation and urban expansion. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 10, p. e54111032250, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i10.32250. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/32250. Acesso em: 30 nov. 2022.

Issue

Section

Exact and Earth Sciences