Experience report on a elder’s coexistence group: elder’s health book as a multidimensional diagnostics tool

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i10.32610

Keywords:

Elderly health; Elder’s support group; Health education; Elder’s health book.

Abstract

Objective: Report the experience about the updating of the Elder’s Health Book, in an Elder’s Support Group of a Basic Health Unit located in the municipality of Niterói/RJ. Method: Experience report taken in the first semester of 2022, about the participation on the Elder’s Health Book in the coexistence group of a health unit, organized by the unit’s professionals and the nursing academics of the 6th semester of the Universidade Federal Fluminense (UFF). Results and discussion: The activity with the elders group, had present, the nursing academics, to perform the update of the Elder’s Health Book. The service was carried out in order of arrival, and, at the consultation, the elders were oriented about the health book’s functionality, its importance and usefulness. The consultation, as well as the monitoring of the user’s routine, allowed an approximation between the professional and the elderly, and through active listening, it was possible to perform the multidimensional evaluation, enabling the identification of the vulnerabilities and individualities of each patient, enabling a humanized care and health promotion. Conclusions: The participation experience in the coexistence group allowed for a direct and individual contact with the patient, and promoted autonomy in the consultation, stimulating the confidence of the students on the nurse-patient relationship. Therefore, the importance of correctly filling out all the information collected in the Elder’s Health Book and of their multidimensional assessment, providing an adequate care according to the needs of each patient, strengthening the bond between the healthcare unit and the population.

References

Almeida, L. (2022). Desafios e implicações provocadas pela Covid-19 na saúde mental do idoso. Revista Newslab. https://newslab.com.br/desafios-e-implicacoes-provocadas-pela-covid-19-na-saude-mental-do-idoso/

Alves, J. E. D. (2020). Envelhecimento populacional continua e não há perigo de um geronticídio. Laboratório de Demobragia e Estudos Populacionais, UFJF. https://www.ufjf.br/ladem/2020/06/21/envelhecimento-populacional-continua-e-nao-ha-perigo-de-um-geronticidio-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/#:~:text=38%2C3%20vezes.,Em%20termos%20relativos%2C%20a%20popula%C3%A7%C3%A3o%20idosa%20de%2065%20anos%20e percentual % 20de%201950%20para%202100).

Araújo, T. M. B. de et al. (2021). Estatuto do Idoso: sua aplicabilidade na sociedade [Congresso]. VI Congresso Internacional de envelhecimento humano, Campina Grande, Paraíba, Brasil. https://www.editorarealize.com.br/editora/anais/cieh/2019/TRABALHO_EV125_MD1_SA6_ID1765_05062019220034.pdf

Beleza, C. M. F., & Soares, S. M. (2019). A concepção de envelhecimento com base na teoria de campo de Kurt Lewin e a dinâmica de grupos. Ciência & Saúde Coletiva, 24, 3141-3146. https://www.scielo.br/j/csc/a/CRrDNN8b47FzFyYQw6ZC57c/?format=html&lang=pt

Benetti, E. R. R., Kirchhof, R. S., de Azevedo Guido, L., Prochnow, A. G., de Lima, S. B. S., & Weiller, T. H. (2011). Percepções acerca do planejamento em enfermagem como ferramenta de gestão. Revista Contexto & Saúde, 11(20), 1177-1180. https://revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoesaude/article/view/1766/1470

BRASIL. (2018). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa: (4a ed.), https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderneta_saude_pessoa_idosa_5ed.pdf

Chernicharo, I. D. M., Freitas, F. D. D. S. D., & Ferreira, M. D. A. (2013). Humanização no cuidado de enfermagem: contribuição ao debate sobre a Política Nacional de Humanização. Revista Brasileira de Enfermagem, 66, 564-570. https://www.scielo.br/j/reben/a/RQb7LZXH3vmYsBYdCCWJ6fn/?format=pdf&lang=pt

Crivelaro, P. M. S. Posso, M. B. S., Gomes, P. C., & Papini, S. J. (2021). Dez competências para ensino-aprendizagem da consulta de enfermagem e integralidade em saúde: uma revisão integrativa. Enfermagem em Foco, 12(1). http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/3850

Decreto n 94.406 de 08 de Junho de 1987. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1980-1989/d94406.htm#:~:text=DECRETO%20No%2094.406%2C%20DE,enfermagem%2C%20e%20dá%20outras%20providências.

Ferreira, L. F., Silva, C. M., & de Paiva, A. C. (2020). Importância da avaliação do estado nutricional de idosos. Brazilian Journal of Health Review, 3(5), 14712-14720. https://brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/18506

Fiocruz. (2018). A importância da vacinação não está somente na proteção individual, mas porque ela evita a propagação em massa de doenças que podem levar à morte ou a sequelas graves. https://www.incqs.fiocruz.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1721:a-importancia-da-vacinacao-nao-esta-somente-na-protecao-individual-mas-porque-ela-evita-a-propagacao-em-massa-de-doencas-que-podem-levar-a-morte-ou-a-sequelas-graves&catid=42&Itemid=132

Ipea. (2021). Projeções indicam aceleração do envelhecimento dos brasileiros até 2100. https://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=38577

Kruger, H. V. (2018). Políticas de saúde: você conhece os princípios do SUS? [BLOG]. https://blog.ipog.edu.br/saude/principios-do-sus/

Meneses, M. O., Anjos, A. M. C., Carvalho, R. V. S., Lopes, C. A. S., Oliveira, V. A. S., & Leal, S. R. M. D. (2019). O planejamento estratégico situacional como ferramenta de gestão na atenção primária em saúde. Brazilian Journal of Surgery and Clinical Research, 28(4), 13-16. https://www.mastereditora.com.br/periodico/20191110_131936.pdf

Ministério da Defesa. (2022). A importância da vacinação em idosos. MB. Brasil. https://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:4LSqSjZnGnkJ:https://www.marinha.mil.br/saudenaval/vacinaemidosos+&cd=3&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br&client=opera-gx

Ministério da Saúde. (2015). Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Saúde. Saúde do idoso. DF, Brasil. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/agenda_nacional_prioridades_2ed_4imp.pdf

Ministério da Saúde. (2018). Caderneta de saúde da pessoa idosa. (5a ed.). https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderneta_saude_pessoa_idosa_5ed.pdf

Ministério da Saúde. (2021). Saúde da pessoa idosa. Governo Federal. https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/s/saude-da-pessoa-idosa

Ministério da Saúde. (2020). Calendário Nacional de Imunização. (2021) file:///C:/Users/Meu%20Computador/Downloads/calendario-de-vacinacao-2020_adulto-e-idoso.pdf

Ministério da Saúde. (2021). Recomendação nº 008, de 26 de abril de 2021. DF, Brasil. http://www.conselho.saude.gov.br/recomendacoes-cns/1712-recomendacao-n-008-de-26-de-abril-de-2021

Oliveira, M. J. S., de Souza, A., Calvetti, P. Ü., & Filippin, L. I. (2018). A escuta ativa como estratégia de humanização da assistência em saúde. Saúde e Desenvolvimento Humano, 6(2), 33-38. https://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/saude_desenvolvimento/article/view/4732/pdf

Organização Pan-Americana da Saúde. (2020). COVID-19 e as Pessoas Idosas. Brasília, Distrito Federal, Brasil. https://www.paho.org/pt/envelhecimento-saudavel/covid-19-e-pessoas-idosas

Organização Pan-Americana da Saúde. (2020). Década do Envelhecimento Saudável nas Américas (2021-2030). Brasília, Distrito Federal, Brasil. https://www.paho.org/pt/decada-do-envelhecimento-saudavel-nas-americas-2021-2030

Pereira, A. S. Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/358/2019/02/Metodologia-da-Pesquisa-Cientifica_final.pdf

Pereira, J. M. D. S. (2020). O Impacto das atividades lúdicas e criativas na saúde psicológica e global nos idosos: Um Estudo Retrospetivo (Doctoral dissertation). https://bdigital.ufp.pt/bitstream/10284/8694/1/DM_Joana%20Marisa%20dos%20Santos%20Pereira.pdf

Resolução CNS n. 510, de 07 de abril de 2016. http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/Reso510.pdf

Rodrigues, M. C. S., & Oliveira, C. D. (2016). Interações medicamentosas e reações adversas a medicamentos em polifarmácia em idosos: uma revisão integrativa. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 24. https://www.scielo.br/j/rlae/a/FtSs4nsL4HMBbX8yqgqkkSz/?format=html&lang=pt#

Rutzen, M. R. (2019). Aplicação da Avaliação Multidimensional como Facilitadora do Processo de Trabalho Interdisciplinar. FioCruz. https://saudedapessoaidosa.fiocruz.br/aplicacao-da-avaliacao-multidimensional-como-facilitadora-do-processo-de-trabalho-interdisciplinar

Santos, R. R., Bicalho, M. A. C., Mota, P., de Oliveira, D. R., & de Moraes, E. N. (2013). Obesidade em idosos. Rev Med Minas Gerais, 23(1), 64-73. https://www.researchgate.net/profile/Rodrigo-Santos-41/publication/258877210_Obesidade_em_idosos/links/0c9605294dae49d197000000/Obesidade-em-idosos.pdf

dos Santos Silva, F. D. L., & da Silva Andrade, E. G. (2020). Papel do enfermeiro na orientação ao idoso sobre o envelhecimento na atenção básica: revisão literária. Revista JRG de Estudos Acadêmicos, 3(7), 197-206. http://revistajrg.com/index.php/jrg/article/view/52

Schoffen, L. L., & dos Santos, W. L. (2018). A importância dos grupos de convivência para os idosos como instrumento para manutenção da saúde. Revista de divulgação científica Sena Aires, 7(3), 160-170. https://scholar.google.com.br/scholar?scilib=1&hl=pt-BR&as_sdt=0,5#d=gs_qabs&t=1657123176303&u=%23p%3DjfS9VXEEcgUJ

da Silva, R. D. (2018). Grupo de convivência: percepção dos idosos em uma unidade básica de saúde. Revista Família, Ciclos de Vida e Saúde no Contexto Social, 6(3), 432-438. https://www.redalyc.org/journal/4979/497956691004/497956691004.pdf

Silva, M. V. S., Rodrigues, J. D. A., Ribas, M. D. S., Sousa, J. C. S. D., Castro, T. R. O. D., Santos, B. A. D., & Pegoraro, V. A. (2020). O impacto do isolamento social na qualidade de vida dos idosos durante a pandemia por COVID-19. https://repositorio.uniceub.br/jspui/bitstream/prefix/15121/1/O%20impacto%20do%20isolamento%20social%20na%20qualidade%20de%20 vida%20dos%20idosos%20durante%20a%20pandemia%20por%20COVID.pdf

Soares, F. (2021). Práxis Educativa de Enfermeiros da Estratégia Saúde da Família. Biblioteca Virtual de Enfermagem. http://biblioteca.cofen.gov.br/praxis-educativa-enfermeiros-estrategia-saude-familia/

Soares, I. G. E., & Rech, V. (2017). Simulador de idosos para otimização do processo de ensino aprendizagem dos profissionais em saúde: dados inicias. http://www.editorarealize.com.br/artigo/visualizar/34857

Souza, L. H. R., da Silva Brandão, J. C., Fernandes, A. K. C., & Cardoso, B. L. C. (2017). Queda em idosos e fatores de risco associados. Revista de Atenção à Saúde, 15(54), 55-60. https://seer.uscs.edu.br/index.php/revista_ciencias_saude/article/view/4804/pdf

Wichmann, F. M. A., Couto, A. N., Areosa, S. V. C., & Montañés, M. C. M. (2013). Grupos de convivência como suporte ao idoso na melhoria da saúde. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 16, 821-832. https://www.scielo.br/j/rbgg/a/MZNRCXPFPPyrFLgqg8GRGZm/?lang=pt

Published

27/07/2022

How to Cite

MACHADO, J. L. .; SODRE, J. D. .; VALADÃO, F. S. .; SANCHEZ, M. C. O. .; BRAGA, A. L. de S. .; NASSAR, P. R. B. .; CHRIZOSTIMO, M. M. .; BITTENCOURT, A. S. da S. . Experience report on a elder’s coexistence group: elder’s health book as a multidimensional diagnostics tool. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 10, p. e201111032610, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i10.32610. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/32610. Acesso em: 1 oct. 2022.

Issue

Section

Health Sciences