Resolvability of the public dental service in a municipality in the State of Bahia, Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i10.32676

Keywords:

Primary Health Care; Dental Care; Dental Health Services; Health status indicators.

Abstract

Objective: This study aimed to verify the dental procedures offered by the public network and characterize the resolvability of primary health care in a municipality in Bahia. Methods: This is a descriptive cross-sectional study with data collected in the Health Information System for Primary Care in the year 2019. Data were collected regarding gender, age group, types of procedures performed in primary care, first programmatic dental appointment and the completed treatments. The indicator of proportion of tooth extraction in relation to individual clinical procedures and the indicator of resolution were used. Results: The results showed that the municipality's dental services were more used by women (62.94%) and by the age group from 0 to 19 years (26.24%). Dental procedures in the basic periodontics group were the most performed (45.54%) and there was a high proportion of extractions in relation to individual clinical procedures (11.14%). It was found that the municipality's oral health service had high resolvability (86.67%), demonstrating that most of the treatments initiated were able to be completed. Conclusion: The municipality had a high rate of resolvability for dental services in primary care in the period studied. The indicators adopted in the study can help in the implementation of actions that promote an improvement in the quality of the oral health service and that meets the health needs of the population.

Author Biographies

Emanuella Dias Teixeira, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Graduanda do Curso de Odontologia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Cristiane Alves Paz de Carvalho, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Professora Adjunta do Curso de Odontologia do Departamento de Saúde I

Esli Souza Costa, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Professor Assistente do Departamento de Ciências Naturais da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Fábio Silva de Carvalho, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Professor Adjunto do Curso de Odontologia

References

Almeida, P. F. D., Santos, A. M. D., Santos, V. D. P., & Silveira Filho, R. M. (2016). Integração assistencial em região de saúde: paradoxo entre necessidades regionais e interesses locais. Saúde e Sociedade, 25, 320-335. https://doi.org/10.1590/s0104-12902016153295

Barroso, Á. D. P. (2015). Parametrização de procedimentos e de cobertura nas áreas de endodontia, periodontia e exodontia para as populações adolescente, adulta e idosa de Minas Gerais. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, Brasil. http://hdl.handle.net/1843/ODON-AEQKSU

Bortoli, F. R., Kovaleski, D. F., & Moretti-Pires, R. O. (2019). Medicalização social e bucalidade: a busca pela superação da técnica. Cadernos Saúde Coletiva, 27, 67-72. https://doi.org/10.1590/1414-462X201900010197

Brasil. (2014). Caderno de Diretrizes, Objetivos, Metas e Indicadores: 2013-2015. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Articulação Interfederativa. Brasília: Ministério da Saúde. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderno_diretrizes_objetivos_2013_2015_2edicao.pdf

Brasil. (2017). Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Ministério da Saúde. Brasília, DF: Ministério da Saúde. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prt2436_22_09_2017.html

Brasil. (2018). A saúde bucal no Sistema Único de Saúde. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde. Recuperado de: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_bucal_sistema_unico_saude.pdf

Bulgareli, J., Cortellazzi, K. L., Ambrosano, G. M. B., Meneghim, M. D. C., Faria, E. T. D., Mialhe, F. L., & Pereira, A. C. (2014). A resolutividade em saúde bucal na atenção básica como instrumento para avaliação dos modelos de atenção. Ciência & Saúde Coletiva, 19, 383-391. https://doi.org/10.1590/1413-81232014192.20102012

Dutra, I. L. S., Ferreira, M. C., & Reis, W. F. C. A. (2020). Avaliação da gestão do cuidado em saúde bucal na atenção básica através dos indicadores de saúde. Brazilian Journal of Health Review, 3(6), 16448-16461. https://doi.org/10.34119/bjhrv3n6-067

Fonseca, D. A. V. D., Mialhe, F. L., Ambrosano, G. M. B., Pereira, A. C., & Meneghim, M. D. C. (2014). Influência da organização da atenção básica e das características sociodemográficas da população na demanda pelo pronto atendimento odontológico municipal. Ciência & Saúde Coletiva, 19, 269-278. https://doi.org/10.1590/1413- 81232014191.2048

França, M. A. D. S. A., Freire, M. D. C. M., Pereira, E. M., & Marcelo, V. C. (2020). Indicadores de saúde bucal propostos pelo Ministério da Saúde para monitoramento e avaliação das ações no Sistema Único de Saúde: pesquisa documental, 2000-2017. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 29(1), e2018406. https://doi.org/10.5123/S1679-49742020000100002

Gibilini, C., Esmeriz, C. E. C., Volpato, L. F., Meneghim, Z. M. D. A. P., Silva, D. D., & Sousa, M. D. L. R. (2016). Acesso a serviços odontológicos e auto-percepção da saúde bucal em adolescentes, adultos e idosos. Arquivos em odontologia, 46(4). https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3548

Gomes, R., Nascimento, E. F. D., & Araújo, F. C. D. (2007). Por que os homens buscam menos os serviços de saúde do que as mulheres? As explicações de homens com baixa escolaridade e homens com ensino superior. Cadernos de Saúde Pública, 23, 565-574. https://doi.org/10.1590/S0102-311X200700030001

IBGE. (2010). Distribuição da população de Jequié-Bahia por sexo de acordo com os grupos de idade. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. https://censo2010.ibge.gov.br/sinopse/webservice/frm_piramide.php?codigo=291800

IBGE. (2020). Pesquisa nacional de saúde: 2019 - informações sobre domicílios, acesso e utilização dos serviços de saúde - Brasil, grandes regiões e unidades da federação. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Rio de Janeiro: IBGE. https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101748.pdf

IBGE. (2021). Estimativa da população de Jequié-Bahia para o ano de 2021. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/ba/jequie.html

Lei nº 2.039, de 22 de dezembro de 2017. (2017). Dispõe sobre o plano plurianual para o quadriênio 2018-2021 e dá outras providências. Jequié, BA. https://www.camarajequie.ba.gov.br/Handler.ashx?f=f&query=7cca7f24-f8e3-4e1e-be20-bf9d15f26df9.pdf

Lima, C. S., & Aguiar, R. S. (2020). Acesso dos homens aos serviços de atenção primária à saúde: uma revisão integrativa. Research, Society and Development, 9(4), e157943027. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i4.3027

Neves, M., Giordani, J. M. D. A., & Hugo, F. N. (2019). Atenção primária à saúde bucal no Brasil: processo de trabalho das equipes de saúde bucal. Ciência & Saúde Coletiva, 24, 1809-1820. https://doi.org/10.1590/1413-81232018245.08892017

Pinto, R. D. S., Matos, D. L., & Loyola Filho, A. I. D. (2012). Características associadas ao uso de serviços odontológicos públicos pela população adulta brasileira. Ciência & Saúde Coletiva, 17, 531-544. https://doi.org/10.1590/S1413-81232012000200026

Rouquayrol, M. Z., & Silva, M. G. C. (2018). Epidemiologia & Saúde (8ª ed.). MedBook.

Saintrain, M. V. L., Marques, P. L. P., Almeida, L. H. P., Lourenço, C. B., Silva, R. M., & Vieira, A. P. G. F. (2014). Relação entre o gênero no acesso ao serviço odontológico e aos artigos de higiene bucal. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, 27(3), 381-388. https://periodicos.unifor.br/RBPS/article/view/2496

Santiago, C. P. L., Cavalcante, D. D. F. B., Ambrosano, G. M. B., Pereira, A. C., Lucena, E. H. G. D., Cavalcanti, Y. W., & Padilha, W. W. N. (2021). Resolutividade da atenção básica em saúde bucal em municípios do estado da Paraíba, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 26, 3589-3597. https://doi.org/10.1590/1413-81232021269.2.23272019

SESAB. (2022). População residente estimada, estratificada por sexo e faixa etária de Jequié-Bahia no ano de 2019. Secretaria Estadual da Saúde do Estado da Bahia. http://www3.saude.ba.gov.br/cgi/tabcgi.exe?populacao/popresid.def

Silva, K. C., de Sousa, A. M., Carnut, L., & Rodrigues, C. S. (2010). Percepção sobre o acesso aos serviços de atenção primária à saúde bucal: uma perspectiva de gênero. JMPHC-Journal of Management & Primary Health Care, 1(1), 1-7. https://doi.org/10.14295/jmphc.v1i1.87

Silva, R. O. C., Graziani, G. F., & Ditterich, R. G. (2020). Avanços e retrocessos no estabelecimento de indicadores de saúde bucal 2007 a 2019 no Brasil. Tempus–Actas de Saúde Coletiva, 14(1), 65-75. https://doi.org/10.18569/tempus.v14i1.2648

Silvestre Junior, R. A., Braga, M. L. A., Coura, T. L. A. S., Borges, F. S. Q., Costa, L. E. D., & Feitosa, F. S. Q. (2021). Avaliação do acesso e qualidade do atendimento odontológico na atenção básica de Patos-PB sob a perspectiva dos usuários. Research, Society and Development, 10(10), e197101018343. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.18343

Soares, A. R. D. S., Campos, F. L., Paiva, P. C. P., Vasconcelos, M., Senna, M. I. B., & Ferreira, R. C. (2019). Organização e resolutividade dos serviços públicos odontológicos para a atenção em saúde bucal de pré-escolares: estudo em dois municípios brasileiros. Arquivos em Odontologia, 55, 1-11. https://doi.org/10.7308/aodontol/2019.55.e15

Sória, G. S., Nunes, B. P., Bavaresco, C. S., Vieira, L. S., & Facchini, L. A. (2019). Acesso e utilização dos serviços de saúde bucal por idosos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, 35, e00191718. https://doi.org/10.1590/0102-311X00191718

Tavares, I. S., Carvalho, C. A. P., & Carvalho, F. S. (2022). Experiência de dor de dente de acordo com risco familiar em município do nordeste brasileiro. Research, Society and Development, 11(6), e22711628862. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v11i6.28862

Published

04/08/2022

How to Cite

TEIXEIRA, E. D.; CARVALHO, C. A. P. de; COSTA, E. S.; CARVALHO, F. S. de. Resolvability of the public dental service in a municipality in the State of Bahia, Brazil. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 10, p. e355111032676, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i10.32676. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/32676. Acesso em: 4 oct. 2022.

Issue

Section

Health Sciences