Patient safety: a literature review

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i10.32711

Keywords:

Patient Safety; Hospital Care; Primary Health Care.

Abstract

Introduction: The term patient safety refers to the reduction of unnecessary risks and harm associated with health care or to an acceptable minimum in health care. Aiming at this, the National Program for Patient Safety was instituted, taking its specific objectives to the need to build, systematize and disseminate knowledge on the subject. In view of this, it is known that the organization and communication among health professionals are essential to avoid adverse events, these being the biggest challenges to maintain patient safety. Methodology: The databases Virtual Health Library (BVS) and Scientific Electronic Library Online (SciELO) were used to search for articles, as well as Google for the necessary legislation related to the content in question. The inclusion criteria for the studies were scientific research available online in full text in article format, published within the timeframe, in Portuguese and English, and excluded articles not related to the proposed theme and studies with a methodological design that did not allow the identification of the proposed objective. Conclusion: Patient safety is a primordial process so that the assistance offered is safe and effective in all areas of health. Although it is extremely important, many are the obstacles related to the application in practice of patient safety, such as the lack of human resources in sufficient quantity and quality. The healthcare institution must promote the improvement of these professionals so that they can be adequately trained.

References

Bell, G. B.; Spencer, R.; Avery, J.A. & Campbell, M. S. (2014). Tools for measuring patient safety in primary care settings using the RAND/UCLA appropriateness method. BMC Family Practice, 15 (110).

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria no 529, de 01 de Abril de 2013. Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP). Brasília, 2013.

Cancino, K. D.; Arias, M.; Caballero, E. & Escudero, E. (2020). Elaboração de um roteiro de avaliação de administração segura de medicamentos em estudantes de enfermagem. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 28.

Costa, E. A. M.; Lobão, W. M.; Ribas, C. L. M. & Passos, N. M. (2020). Segurança do paciente em serviços de saúde: uma análise na cidade de Salvador, Bahia. Rev. SOBECC, 25 (1), 17-24.

Kruschewsky, N. D. F.; Freitas, K. S. & Filho, A. M. da S. (2021). Cultura de segurança do paciente em terapia intensiva: revisão integrativa. Rev. Baiana enferm., 35 (37164).

Maia, J. L. B.; Batista, R. F. L.; Rosa, M. B.; Melo, J. B.; Silva, F. M. & Carneiro S. (2019). Erros de dispensação de medicamentos: contribuição à melhoria de sistemas de medicação. Rev. Enferm. UERJ, 27 (44633).

Manwell, L. B. et al. (2009). Physician Perspectives on Quality and Error in the Outpatient Setting. WisMed J., 108 (3), 139-44.

Manzo, B. F.; Brasil, C.L.; Reis, F. F.; Correa, A.R.; Simão, D.A. & Costa, A.C. (2019). Segurança na administração de medicamentos: Investigação sobre a prática de enfermagem e circunstâncias de erros. Revista Electrónica trimestral de Enfemería.

Marchon, S. G.; Mendes, J. R. W. V.; Pavão, A. L. B. (2015). Characteristics of adverse events in primary health care in Brazil. Cad. Saúde Pública, 31 (11), 2313-30.

Mesquita, K. O. de, Silva, L. C. C. da, Lira, R. C. M., Freitas, C. A. S. L. & Lira, G. V. (2016). Segurança do paciente na atenção primária à saúde: revisão integrativa. Cogitare Enfermagem, 21 (2).

Nascimento J. C. & Draganov, P. B. (2015). História da qualidade em segurança do paciente. Hist. Enferm. Rev. eletrônica, 6 (2), 299-309.

Nora, C. R. D. & Junges, J. R. (2021). Segurança do paciente e aspectos éticos: revisão de escopo. Rev. Bioét. (Impr.), 29 (2), 304-16.

Reis, G. A. X. dos; Hayakawa, L. Y.; Murassaki, A. C. Y.; Matsuda, L. M.; Gabriel, C. S. & Oliveira, M. L. F. de (2017). Implantação das estratégias de segurança do paciente: percepções de enfermeiros gestores. Revista Artigo original, 26 (2), 6-7.

Reis, G. A. X.; Oliveira, J. L. C.; Ferreira, A. M. D.; Vituri, D. W.; Marcon, S. S. & Matsuda, L. M. (2019). Dificuldades para implementar estratégias de segurança do paciente: Percepções de enfermeiros gestores. Revista Gaúcha de Enfermagem, 40.

Santos, F. B. dos; Valente, G. S. C. (2020). Sistematização da Assistência de Enfermagem e a Segurança do Paciente no Ambiente Domiciliar. Enfermagem em foco, 106-113.

Santos, P. R.; Rocha, F. L. & Sampaio, C. S. (2019). Ações para segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos em unidades de pronto atendimento. Revista Gaúcha de Enfermagem, 40.

Silva, A. E. B. de C. (2010). Segurança do paciente: desafios para a prática e a investigação em Enfermagem. Revista Eletrônica de Enfermagem, 12 (3), 422-4.

Silva, A. T.; Alves, M. G.; Sanches, R. S.; Terra, F. de S. & Resck, M. R. (2016). Assistência de enfermagem e o enfoque da segurança do paciente no cenário brasileiro. Saúde em Debate, 40, 292-301.

Siman, A. G. et al. (2019). Desafios da prática na segurança do paciente. Revista Brasileira de Enfermagem, 72 (6).

Siqueira, C. L.; Silva, C. C.; Teles, J. K. N. & Feldman, L. B. (2015). Gerenciamento de risco: percepção de enfermeiros em dois hospitais do Sul de Minas Gerais, Brasil. Revista Mineira de Enfermagem, 19 (4), 919-26.

Sousa, P. & Mendes, W. (2014) Segurança do paciente: conhecendo os riscos nas organizações de saúde. Rio de Janeiro, EaD/ENSP.

Souza, L. M.; Silva, M. C. S. da; Zavalhia, S. da R.; Coppola, I dos S & Rocha, B. P. da (2018). Percepção de enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família sobre segurança do paciente. Journal of Nursingand Health, 8 (2).

Souza, M. J.; Real, D. S.; Cunhal, I. S. & Bohomol, E. (2017). Práticas seguras para administração de medicamentos: construção e validação de instrumento. Enferm. Foco, 8 (4), 20-25.

Souza, M. M.; Ongaro, J. D.; Lanes, T. C.; Andolhe, R.; Kolankiewicz, A. C. B. & Magnago, T. S. B. S. (2019). Cultura de segurança do paciente na atenção primária à saúde. Rev. Bras. Enferm., 72 (1), 27-34.

Souza, M. T., Silva, M. D., Carvalho, R. (2010). Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein; 8, 102-106.

Timm, M. & Rodrigues, M. C. S. (2016). Adaptação transcultural de instrumento de cultura de segurança para a Atenção Primária. Acta Paul Enfermagem, 26-37.

Published

01/08/2022

How to Cite

BARBOSA, D. A. .; GONÇALVES, A. C.; NOGUEIRA, A. C. .; MARTINS, R. H. C. .; ABRÃO, R. K. . Patient safety: a literature review. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 10, p. e308111032711, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i10.32711. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/32711. Acesso em: 2 oct. 2022.

Issue

Section

Health Sciences