Labor risks in family farming in Rondônia

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i10.32936

Keywords:

Rural work; Occupational risks; Occupational health and safety.

Abstract

Agribusiness has an important representation in the economy of Brazil and Rondônia, and in the state, beef cattle is the activity that stands out the most. In the development of their work activities, rural workers are exposed to various environmental risks (physical, chemical, biological, ergonomic and accidents) and knowing them was the objective. Through a bibliographic study, the objective was to verify the most common practices of rural work, identifying the occupational risks of these activities and a survey of statistical data from Social Security and INSS on the record of accidents and occupational diseases. In rural areas, there is a great diversification of activities and tasks performed with family labor, therefore, there is a great diversity of risks to which workers are exposed and, consequently, a diversity of accidents and occupational diseases. Preventive actions must be carried out constantly to reduce risks, highlighting the maintenance of tools, machinery, and equipment, the use of personal protective equipment, proper use of chemicals, and awareness of the risks in order to maintain the physical and mental integrity of the worker.

References

Anuário Estatístico da Previdência Social – AEPS (2019). Ministério do Trabalho e Previdência. DATAPREV, 2019: Brasília:https://www.gov.br/trabalho-e-previdencia/pt-br/acesso-a-informacao/dados-abertos/dados-abertos-previdencia/previdencia-social-regime-geral-inss/arquivos/versao-onlinte-aeps-2019/aeps-2019.

Brasil (1991). Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991. Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8213compilado.htm>. Acesso em: 18 Maio de 2022.

Brasil (2021). Ministério do Trabalho e Previdência. Dados da Previdência Social - DATAPREV. https://www.gov.br/trabalho-e-previdencia/pt-br/acesso-a-informacao/dados-abertos/dados-abertos-previdencia/previdencia-social-regime-geral-inss/dados-abertos-previdencia-social.

Brasil (2021). Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Política Nacional de Saúde Integral das Populações do Campo e da Floresta. 1. ed.; 1. reimp. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2013. 48 p.: il. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_saude_populacoes_campo.pdf.

Brasil (2020). Portaria SEPRT n.º 6.730, de 09 de março de 2020. NR 01 - Disposições gerais e Gerenciamento de Riscos Ocupacionais. https://www.gov.br/trabalho-e-previdencia/pt-br/composicao/orgaos-especificos/secretaria-de-trabalho/inspecao/seguranca-e-saude-no-trabalho/normas-regulamentadoras/nr-01-atualizada-2020.pdf.

Brasil (2021). Portaria MTP n.º 423, de 07 de outubro de 2021. NR 17 - Ergonomia. https://www.gov.br/trabalho-e-previdencia/pt-br/composicao/orgaos-

Brasil (2022). Portaria MTP n.º 698, de 04 de abril de 2022. NR 31 - Segurança e saúde no trabalho na agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e aquicultura. https://www.gov.br/trabalho-e-previdencia/pt-br/composicao/orgaos-especificos/secretaria-de-trabalho/inspecao/seguranca-e-saude-no-trabalho/normas-regulamentadoras/nr-31-atualizada-2022-retif.pdf.

Brasil (2006). Lei 11.326 de 24 de julho de 2006. Estabelece as diretrizes para a formulação da Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11326.htm.

Carrasco, L. M. C. M., de Lourenzo, M. A. R., Fontana, B. M., Rodrigues, G. L., Melo, A. L. S., Roriz, B. R. B., ... & Vanzo, K. L. T. (2021). A influência da exposição a Agrotóxicos para o desenvolvimento da depressão: uma revisão sistemática. Research, Society and Development, 10(15), e502101523166-e502101523166.

CEPEA - Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (2022) Pib do agronegócio brasileiro. https://www.cepea.esalq.usp.br/br/pib-do-agronegocio-brasileiro.aspx

Cícera, s. (2021). Agronegócio de Rondônia avança e bate recordes de exportação e produção agrícola em 2020. https://rondonia.ro.gov.br/agronegocio-de-rondonia-avanca-e-bate-recordes-de-exportacao-e-producao-agricola-em-2020/.

Dias, E. C. (2006). Condições de vida, trabalho, saúde e doença dos trabalhadores rurais no Brasil. Pinheiro TMM, organizador. Saúde do trabalhador rural–RENAST. Brasília (DF): Ministério da Saúde, 1-27.

Fernandes F. C.; Wildner S. M.; Furlanetto A. L. (2006). Possíveis infecções ocupacionais em tratadores de suínos. Arquivo Catarinense de Medicina, 35: 1626.

Heberlê, A. L. O., Sicoli, A. H., de Souza Silva, J., Borba, M. F. S., Balsadi, O. V., & da Fonseca Pereira, V. (2017). Agricultura familiar e pesquisa agropecuária: contribuições para uma agenda de futuro100. AGRICULTURA familiar brasileira: desafios e perspectivas de futuro, 133.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2021). Classificação Nacional de Atividades Econômicas. Versão CNAE 2.0. https://cnae.ibge.gov.br/?view=secao&tipo=cnae&versaoclasse=7&secao=A .

Iida, I., & Buarque, L. I. A. (2016). Ergonomia: projeto e produção. Editora Blucher.

Jakobi, H. R., Barbosa-Branco, A., Bueno, L. F., Ferreira, R. D. G. M., & Camargo, L. M. A. (2013). Incapacidade para o trabalho: análise dos benefícios auxílio-doença concedidos no estado de Rondônia. Ciência & Saúde Coletiva, 18, 3157-3168. https://www.scielo.br/j/csc/a/hGGKxqXRnmXRV8cN3vHnP3J/?format=pdf&lang=pt.

Lima, P., & Junior, P. (2008). Possíveis doenças físicas e mentais relacionadas ao manuseio de agrotóxicos em atividades rurais, na região de Atibaia, SP/Brasil (Doctoral dissertation, Universidade de São Paulo).

Lima, V. A. P., de Oliveira, A. F., & de Almeida Alves, D. (2021). Uso das ferramentas e técnicas de gerenciamento de projetos em propriedades rurais através da NR-28 e NR-31. Scientific Electronic Archives, 14(8).

Marconi, M.de A.,& Lakatos, E.M. (2021) Fundamentos de metodologia científica. (9ª ed.), Atlas.

Pfeifer, L. F. M., Salman, A. K. D., Taborda, J. M. M., da Silva, G. M., Andrade, J. S., de ARAUJO, L. V. & TEIXEIRA, O. D. S. (2021). Caracterização da pecuária em Rondônia. Embrapa Rondônia-Capítulo em livro científico (ALICE).

Rigotto, R. M., Silva, A. M. C. D., Ferreira, M. J. M., Rosa, I. F., & Aguiar, A. C. P. (2013). Tendências de agravos crônicos à saúde associados a agrotóxicos em região de fruticultura no Ceará, Brasil. Revista Brasileira de Epidemiologia, 16, 763-773.

Rosa Neto, C.; Silva, F. A. C.; Araújo, L. V. (2020). Qual é a participação da agricultura familiar na produção de alimentos no Brasil e em Rondônia? https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/55609579/artigo---qual-e-a-participacao-da-agricultura-familiar-na-producao-de-alimentos-no-brasil-e-em-rondonia.

Schettino, S., Guimarães, N. V., da Silva, D. L., de Souza, C. L. L., Minette, L. J., de Paula Junior, J. D., & Schettino, C. F. (2020). Relação entre a ocorrência de acidentes de trabalho e a baixa escolaridade dos trabalhadores no setor florestal. Brazilian Journal of Development, 6(4), 22567-22589.

Souza, G. P. G., da Costa Souza, M. F., Galdino, C. V., Balbino, C. M., Silvino, Z. R., & Joaquim, F. L. (2020). Uso de Agrotóxicos por trabalhadores rurais no Município de Paty do Alferes-RJ/Brasil. Research, Society and Development, 9(7), e846974933-e846974933.

Published

02/08/2022

How to Cite

KOLLN, A. M.; KOLLN, F. T.; GONÇALVES, A. P. A.; LOPES JUNIOR, H. Labor risks in family farming in Rondônia. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 10, p. e329111032936, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i10.32936. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/32936. Acesso em: 3 oct. 2022.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences