Educating to transform: Violence, not here!

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i10.33029

Keywords:

Abuse; Bond theory; Domestic violence.

Abstract

Since 2012, the scientific community has recognized the connection between child abuse, domestic violence and animal cruelty, indicating that probably where there is animal cruelty there can be child abuse/domestic violence and vice versa. The objective of this project is to spread information about the Link Theory, to make the community aware of responsible custody, inform the academic community on the subject and demonstrate the importance of the veterinarian in this process. After a period of two months of recruitment and creation of a discussion group, virtual meetings were held to discuss the project, and mainly, to draw up a schedule composed of the activities that would be carried out. 23 postagens were published on topics related to the connection between animal abuse and domestic violence. The project's page on the social network Instagram produced 23 postagens, obtaining a total of 208 followers. The information provided on the page reached mostly women of different age groups, with 38% between 18 and 24 years old and 32.7% between 25 and 34 years old, and from various locations. The use of social networks is essential nowadays as it is a tool that allows the mobilization and participation of the population, and can impact directly or indirectly. In this way, several people were oriented on the relationship between mistreatment of animals and domestic violence through the project, multiplying this theme for the population.

References

Anuário Brasileiro de Segurança Pública. (2021). Violência doméstica e sexual. 1° Ed. Fórum Brasileiro de Segurança Pública. 380 p. https://forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2021/10/anuario-15-completo-v7-251021.pdf

Alencar, A. L. F., Siqueira, A. B., Cunha, G. R. et al. (2021). The link: relationship between animal abuse and domestic violence in the municipality of Boa Vista/RR in the years 2018 and 2019. Brazilian Journal of Development, 7(4), 38514-38528. https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-353

Barrero, S. (2017). A vulnerabilidade na família como determinante de maus-tratos aos animais de companhia. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) – Programa de Pós-graduação em Ciências Veterinárias, Universidade Federal do Paraná.

Brasil. (2006). LEI Nº 11.340, de 7 de agosto de 2006. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11340.htm. Acesso em 08 de mar. de 2022.

Brasil. (2020). LEI Nº 14.064, de 29 de setembro de 2020. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/lei/L14064.htm. Acesso em 08 de mar. de 2022.

Cardoso, M. C., Ferreira, C. P., Silva, C.M. et al. (2021). Utilização das redes sociais em projeto de extensão universitária em saúde durante a pandemia de Covid-19. Revista Expressa Extensão, 26(1),1-8. https://doi.org/10.15210/ee.v26i1.19640

Cortês, G. R., Luciano, M. C. R. & Dias, K. C. O. (2012). A informação no enfrentamento à violência contra mulheres: Centro de Referência da Mulher “Ednalva Bezerra”: relato de experiência. Biblionline, 8, 134-151.

Costa, P. R. S. M., Grossi, M. P., Del Río, J. M. V., Costa, L. M. R. & Oliveira, M. L.V. F. (2021). Violências contra as mulheres na pandemia da COVID-19: uma análise de notícias, memes e vídeos. Revista del Laboratorio Iberoamericano para el Estudio Sociohistórico de las sexualidades, 5(7), 143-186. https://doi.org/10.46661/relies.5705

Danesi, I. G. & Junior, R. G. (2020). A aplicação da teoria do elo no enfrentamento à violência doméstica. Brazilian Journal of Development, 6(10),

-74270. https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-014

Freitas, D. M., Assunção, G.S ., Rocha, J. P. D., Souza, N. G., Almeida, R. P. & Borges, D. C. S. (2022).Violência doméstica e os maus-tratos aos animais. Scientia Generalis, 1(2), 135–135.

Marques, L. K S. & Vidigal, F. (2018). Prosumers e redes sociais como fontes de informação mercadológica: uma análise sob a perspectiva da inteligência competitiva em empresas brasileiras. TransInformação, 30(1), 1-14. https://doi.org/10.1590/2318-08892018000100001

Nassaro, M. R. F. (2013) Maus Tratos aos Animais e Violência Contra Pessoas - A Aplicação da Teoria do Link nas ocorrências atendidas pela Polícia Militar do Estado de São Paulo. 1ª Ed – São Paulo: Edição do Autor, 90p.

Presser, T. (2014). Fatores que contribuem para a prática da violência doméstica. In: DireitoNet, 2014. https://www.direitonet.com.br/artigos/exibir/8562/Fatores-que-contribuem-para-a-pratica-da-violencia-domestica

Reichenheim, M. E., Dias, A. S. & Moraes, C. L. (2006). Co-ocorrência de violência física conjugal e contra filhos em serviços de saúde. Revista de Saúde Pública, 40(4), 595-603. https://doi.org/10.1590/S0034-89102006000500007

Rickey, E. W. (2010). Serial Murderes and their Victims. Belmond: Wadsworth.

Santos, V. T. A., Rates, M. L. S., Cunha, L. A., Malveira, N. A. M., Figueiredo, Y .J. S .L., Araújo, R. R., Silva, T. S. L .B., & Dias, J.M.G. (2021). Violência Doméstica no Nordeste: uma análise dos dados do Sistema de Informação de Agravos e Notificação (SINAN) entre 2009 e 2018. Research, Society and Development, 10 (13), 1-7. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i13.21098

Scavone, L. (2005). O trabalho das mulheres pela saúde: cuidar, curar, agir. São Paulo: Associação Brasileira de Saúde Coletiva, 176 p.

Scheffer, G. K. (2019). Violência doméstica: os animais também são vítimas. In: Jusbrasil. https://canalcienciascriminais.jusbrasil.com.br/artigos/683343196/violencia-domestica-os-animais-tambem-sao-vitimas.

Silva, L. C. G. et al. (2021). A teoria do elo – uma análise do conhecimento dos médicos-veterinários e a importância de sua aplicação. Revista clínica Veterinária, n. 151, 40-45. https://doi.org/10.48868/rov

Vermelho, S. C., Velho, A. P. M., Bonkovoski, A. & Piroli, A. (2014). Refletindo sobre as redes sociais digitais. Educação & Sociedade, 35(126), 179-196. https://doi.org/10.1590/S0101-73302014000100011

Wolf, L. R., Alvarenga, F. M., Hauptman, L., Nunes, B. P. &Garcia, R. C. M. (2021). Enfrentamento da violência doméstica e maus-tratos aos animais em tempo de COVID-19. Revista Experiência, 6(2), 52-61.

Published

05/08/2022

How to Cite

SILVA, A. de S. .; LINHARES, I. P. .; FIGUEIREDO, J. R. .; RABELO, M. N. .; OLIVEIRA FILHO, V. T. .; SANTOS , V. R. N. dos .; ARAGÃO, W. dos S. .; SILVA, R. R. da .; ALMEIDA, P. L. dos S. .; COSTA, P. R. S. M.; CAMPOS, R. N. de S. . Educating to transform: Violence, not here!. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 10, p. e397111033029, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i10.33029. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/33029. Acesso em: 4 oct. 2022.

Issue

Section

Health Sciences