Incidence and epidemiological profile of Zika cases in two cities in different regions of the state of Pernambuco

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i11.33344

Keywords:

Epidemiology; Zika; Socioeconomic.

Abstract

The Zika virus is an arboviruses, transmitted by the Aedes aegypti mosquito, known by the acronym ZIKV, - a relative of the causes of other diseases, such as dengue, yellow fever and West Nile fever. This article aims to describe the epidemiological profile and incidence of Zika cases in the cities of Ipojuca and Petrolina in the state of Pernambuco. To this end, data surveys were used on the two cities from the Health Department of the State of Pernambuco (SESPE) and the Department of Informatics of the Unified Health System (DataSUS) from January to December 2019. The incidence, in synthesis, it is verified as the sum of variable factors, such as: sex, age, housing, education, race and financial condition, of the cities studied.

References

Albuquerque, M. F. P. M., et al. (2018). Epidemia de microcefalia e vírus Zika: a construção do conhecimento em epidemiologia. Cadernos de Saúde Pública, 34(10).

Almeida, L. S., Cota, A. L. S., & Rodrigues, D. F. (2020). Saneamento, Arboviroses e Determinantes Ambientais: impactos na saúde urbana. Cienc. Saúde Coletiva, 25(10), 3857-3868.

Brito, C. A. A., et al. (2016). Zika in Pernambuco: rewriting the first outbreak. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 49(5), 553–558.

Costa, J. M. B. S., et al. (2017). Painel estadual de monitoramento da infecção pelo vírus zika e suas complicações: caracterização e uso pela Vigilância em Saúde. Saúde em Debate, 41(3), 316–328.

Departamento de Informática do SUS - DATASUS. (2020). Informações de Saúde, Epidemiológicas e Morbidade: banco de dados.

Donalisio, M. R., Freitas, A. R. R., & Zuben, A. P. B. V. (2017). Arboviruses emerging in Brazil: challenges for clinic and implications for public health. Revista de Saúde Pública, 51(0).

Figueiredo, L. T. M. (2015). The recent arbovirus disease epidemic in Brazil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 48(3) 233–234.

Freitas, P. S. S. (2019). Síndrome congênita do vírus Zika: perfil sociodemográfico das mães. Rev. Panam Salud Publica, 43(1).

Garcia, L. P. (2018). Epidemia do vírus Zika e microcefalia no Brasil: Emergência, evolução e enfrentamento. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), Texto para Discussão, 2368(7).

Garcia, L. P., et al. (2016). Evidências da vigilância epidemiológica para o avanço do conhecimento sobre a epidemia do vírus Zika. Epidemiologia Serv. Saúde, 25(4), 679-681.

Guimarães, L. M., & Cunha, G. M. (2020). Diferenças por sexo e idade no preenchimento da escolaridade de fichas de vigilâncias em capitais brasileiras com maior incidência de dengue, 2008-2017. Cadernos de Saúde Pública (CSP), 36(10).

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. (2020). Cidades e Estados.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. (2019). Desigualdade Social por Cor ou Raça no Brasil. Estudos e Pesquisas - Informação Demográfica e Socioeconômica, 41.

Levorato, C. D., et al. (2014). Fatores associados à procura por serviços de saúde numa perspectiva relacional de gênero. Ciência & Saúde Coletiva, 19(4), 1263-1274.

Lins, T. M. P., & Candeias, A. L. B. (2018). Estudo da influência de variáveis socioeconômicas em casos confirmados de Zika em Recife, Pernambuco. Revista Brasileira de Meio Ambiente, 4(1), 85-96.. ISSN: 2595-4431.

Marconi, M. D. A., & Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos de metodologia científica. Atlas.

Rede Interagencial de Informação para a Saúde (Ripsa). (2008). Indicadores básicos para a saúde no Brasil: conceitos e aplicações. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2.

Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco - SESPE. (2019). Cadernos de Informações em Saúde.

Vasconcelos, P. F. C. (2015). Doença pelo vírus Zika: um novo problema emergente nas Américas? Rev. Pan-Amaz Saude, 6(2), 9-10.

Published

23/08/2022

How to Cite

FERREIRA, B. . G. R. da S. .; NUNES, L. C. M. .; CAMPOS, M. J. A. .; FRANÇA, M. G. de A. .; SILVA , P. O. .; OLIVEIRA , S. B. de .; SOUZA , M. B. R. de . Incidence and epidemiological profile of Zika cases in two cities in different regions of the state of Pernambuco. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 11, p. e309111133344, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i11.33344. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/33344. Acesso em: 6 oct. 2022.

Issue

Section

Health Sciences