Freirean reflections and continuing education in health in the regulation center for the access to health care

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i11.33768

Keywords:

Regulation Center; Permanent Education; Health education; Health services.

Abstract

The aim of this study is to reflect in the light of Paulo Freire on the possibility of connecting care practice in a Regulation Center with Permanent Education in order to contribute to improving access to SUS services. It is a Theoretical reflection with a qualitative approach, anchored in the political precepts of Permanent Education in Health and in the light of Paulo Freire. By systematizing educational ideals that propose reflective construction based on an action-reflection process, the necessary problematization is obtained to explore a network that analyzes the work process carried out in the work context of the Regulation Centers. The permanent educational strategy materializes and drives the generation of knowledge by directing actions and transformations of reality in meaningful learning environments based on dialogicity between peers. with the reality arising from the fragmented care model to which the daily life of Brazilian health services is part, we find in the Freiriana philosophy, the motivation to rethink about the importance of its practice to the detriment of the problematization of sensitive points and thus produce strategies of action towards collaborative and horizontal construction among the actors of this process in the search for a dignified, fair and equitable health.

Author Biography

Carina Corrêa Bonates Campos, Universidade Federal Fluminense

Graduated in Nursing from Universidade Estácio de Sá (2009). Specialization in Occupational Nursing from Universidade Federal Fluminense (2011). Specialization in the form of Residency in Medical-Surgical Nursing at the Federal University of the State of Rio de Janeiro (2013). MBA in Health Management and Infection Control from INESP São Paulo (2013). Stomal therapist from the State University of Rio de Janeiro (2015). Master's Student of the Professional Master's Program in Health Education at UFF (2021)

References

Alves, T. M. K.; Piani, P. P. F.; Barroso, R. F. F.; Cunha, C. L. F. & Oliveira, P. T. R. (2021). Desafios da regulação do acesso à assistência hospitalar no Sistema Único de Saúde em uma metrópole norte brasileira. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 13(3), e6491.

Backes, D. S., Naujorks, A. A., Haeffner, L. S., Rodrigues, C. dos S. de F., Santini, T. P., & Colome, J. S. (2020). Educação permanente mediada pela incubadora de aprendizagem: (re)significação do cuidado em saúde. Research, Society and Development, 9(5), e61952425. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i5.2425

Baldissera, V. D. A. & Bueno, S. M. V. (2015). A educação permanente em saúde e a educação libertária de Paulo Freire. Ciência, Cuidado e Saúde, 13(2), 191-192.

Batista, Ândrea F., & Fagundes, M. (2021). O pensamento de Paulo Freire: gênese e consolidação da educação popular no Brasil . Research, Society and Development, 10(15), e437101523278. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i15.23278

Brasil. (2007). Ministério da Saúde. Portaria nº 1.996 de 20 de agosto de 2007. Dispõe sobre as diretrizes para a implementação da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde. Recuperado de https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2007/prt1996_20_08_2007.html

Brasil. (2008) Ministério da Saúde. Portaria nº 1.559, de 1º de agosto de 2008. Institui a Política Nacional de Regulação do Sistema Único de Saúde - SUS. Recuperado de https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html.

Brasil. (2010). Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Diretrizes para a implantação de complexos reguladores. Editora do Ministério da Saúde.

Donaduzzi, D. S. da S. ., Fettermann, F. A., Colomé, J. S. ., & Beck, C. L. C. . (2021). Educação permanente em saúde como dispositivo para transformação das práticas em saúde na atenção básica. Research, Society and Development, 10(5), e12010514648. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i5.14648

Freire P. (1967). Educação como prática de liberdade. Editora civilização Brasileira.

Freire, P. (2001). Educação e Mudança. Paz e Terra.

Freire, P. (2020). Pedagogia do Oprimido. Paz e Terra.

Freitas, A. L. C. & Freitas, L. A. A. (2021) O processo de humanização: os movimentos de ação-reflexão na obra de Paulo Freire. Revista Didática Sistêmica, 22(1), 18–29.

Gadotti, M. (1997). Lições de Freire. Rev Fac Educ, 23(1-2), 13-24.

Gadotti, M. & Freire, P. (1992) A educação contra a educação: o esquecimento da educação e a educação permanente. Paz e Terra.

Galiza, A. B.., Mercês, R. S. das & Bentes, J. A. de O. (2022). A educação inclusiva na perspectiva Freireana. Research, Society and Development, 11(9), e25711931971. https://doi.org/10.33448/rsd-v11i9.31971

Gomes, A. P. & Rego, S. (2014). Paulo Freire: contribuindo para pensar mudanças de estratégias no ensino de medicina. Rev. bras. educ. med, 38(3).

Gramsci, A. (1982). Os intelectuais e a organização da Cultura. Civilização Brasileira.

Macedo, K. D da S., Acosta, B. S, Silva, E. B. da, Souza, N.S. de, Beck, C.L.C & Silva, K.K. D. da. (2018). Metdologias ativas de aprendizagem: caminhos possíveis para inovação no ensino em saúde. Escola Anna Nery. 22(3). 1-9. Recuperado de: https://www.scielo.br/pdf/ean/v22n3/pt_1414-8145-ean-22-03-e20170435.pdf.

Meira, R. B., Tonini, T.., Meira, T. B., & Andrade, A. R. (2022). Aplicação de uma metodologia na regulação em saúde para otimização da gestão da qualidade. Research, Society and Development, 11(5), e51211528517. https://doi.org/10.33448/rsd-v11i5.28517

Oliveira Júnior, R. R. (2014). Dos conceitos de regulação às suas possibilidades. Saúde Soc, 23(4), 1198-1208.

Viegas, S. M. F. & Penna, C. M. M. (2013). O SUS é universal, mas vivemos de cotas. Ciênc. saúde coletiva, 18(1), 181-190.

Published

28/08/2022

How to Cite

CAMPOS, C. C. B.; SANTOS , N. C. dos .; CORTEZ , E. A. . Freirean reflections and continuing education in health in the regulation center for the access to health care. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 11, p. e459111133768, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i11.33768. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/33768. Acesso em: 3 oct. 2022.

Issue

Section

Teaching and Education Sciences