Profile of whey destination in the city of Barbacena and microregion - Minas Gerais

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i14.35344

Keywords:

Co-product; Dairy; Alternatives.

Abstract

Whey from cheese production is considered a polluter of water bodies and soil when discarded directly into them without prior treatment and is usually present in high volumes in the effluents of cheese industries. Despite this, whey has been shown to be a co-product of significant value for the food industry, since it can be added to various products, increasing their nutritional composition and minimizing the waste of this raw material, in addition to reducing environmental impacts. Through these facts, the main objective of this research was to collect data regarding the destination of whey in dairy products located in the city of Barbacena or microregion. For the collection of such data, a structured online questionnaire with 11 questions was applied to the research participants who are responsible for cheese-producing industries and registered in the Inspection Services SIF, SIE or SIM. Data were computed and tabulated using Excel software. In the industries studied, 55.6% have an Effluent Treatment Station on their premises; the most common destination of whey is animal feed and the predominant cheeses generate sweet whey. With the research, it is concluded that the final destination of whey in the analyzed industries is done properly and consciously, and it is still important to disseminate information relevant to the best alternatives for the use of whey and the use of appropriate technologies in the industries to be able to use the whey more profitably.

References

Almeida, J. S., Sousa, L. V., & Silva, E. P. (2020). Sistema de tratamento de águas residuárias de laticínios. Anais do 3° Simpósio de TCC [Simpósio], faculdades FINOM e Tecsoma. 617-630.

Alves, M. P., Moreira, R. O., Rodrigues, P. H. Jr., Martins, M. C. F., Perrone, I. T., & Carvalho, A. F. (2014). Soro de leite: Tecnologias para o processamento de coprodutos. Revista. Inst. Laticínios Cândido Tostes, 69(3), 212-226. https://doi.org/10.14295/2238-6416.v69i3.341

Amorim, R. F. (2014). Tratamento de efluente em lagoas de estabilização: um estudo de caso em indústria de laticínio na região do Vale do Jamari-RO [ Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal de Rondônia]. Repositório Institucional da Universidade Federal de Rondônia. https://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/448

Antunes, A. J. (2003). Funcionalidades de Proteínas do Soro de Leite Bovino (1a ed). Manole Ltda. https://www.google.com.br/books/edition/Funcionalidade_de_prote%C3%ADnas_do_soro_de/1raIw30CqEwC?hl=pt-BR&gbpv=1&pg=PP1&printsec=frontcover

Araújo, M.B., Alexandre, A.P.S. & Lima, C.C. (2015, maio 05-07). Redução da carga poluidora do soro de leite por meio de tratamento químico. IV Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais [Simpósio]. SBERA associação, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 1.24_AllanaPatriciaSantosAlexandre.pdf (sbera.org.br)

Assis, H. F. (2019). Uso de soro de leite bovino in natura na alimentação de suínos pós-desmame. [Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Viçosa]. https://www.locus.ufv.br/bitstream/123456789/27086/1/texto%20completo.pdf

Baldasso, C. (2008). Concentração, Purificação e Fracionamento Das Proteínas do Soro do Lácteo através da Tecnologia de Separação por Membranas [Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul]. Lume Repositório Digital da UFRGS. Microsoft Word - dissertacao_camila3.doc (ufrgs.br)

Belloli, O. B., Santos, J. S., Silva, J.R., Scachetti, I. S. C., Costa, G. N., & Castro-Gomes, R. J. H.. (2020). Suplemento alimentar à base de isolado proteico do soro de leite, probiótico e β-glucana: efeitos nas medidas antropométricas e imunidade em mulheres. Research, Society and Development, 9(12), 1-19. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i12.11116

Bernardi, F. (2020). Soro de leite - Alternativas para o processamento do coproduto [Trabalho de conclusão de curso, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões]. Repositório Digital da URI Erechim. http://repositorio.uricer.edu.br/handle/35974/279

Cislaghi, F. P. C., Badaró, A. C. L., Pinto, E. P., & Scarabotto, L. (2018). Aproveitamento do soro de leite nas agroindústrias (20 ed.) Jornal de Beltrão S/A. Aproveitamento do soro de leite nas agoindustrias – Fabiane Cislaghi – ISBN 978-85-86299-48-3 – Food Brasil

Coelho, K. S., Cunha A. F., Diogo, A. L. G., Oliveira, H. M., & Quintão, L. C. (2021). Influência da qualidade do leite cru refrigerado no processamento, rendimento e qualidade do queijo Minas Frescal. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial, 15(1), 3468-3482. https://periodicos.utfpr.edu.br/rbta

Comex Stat. (2021). Exportação e Importação Municípios. http://comexstat.mdic.gov.br/pt/municipio

Deliberação Normativa Conjuntiva n° 1, de 5 de maio de 2008 do Conselho Estadual de Política Ambiental. (2008). Diário do Executivo - Minas Gerais. COPAMCERH1_08.doc (live.com)

Duarte, F. O., Duarte, A. C. O., Bemfeito, R. M., Oliveira, E. M., & Gonçalves, R. A. (2020). Análise sensorial de pão doce enriquecido com farinha de orapro-nóbis, soro de leite e farinha de quinoa. Revista Conexão Ciência, 15(2), 38-50. https://doi.org/10.24862/cco.v15i2.1142

Endres, C. M., Seguenka, B., Alves, C.A., Barcelos, J. C., Rodrigues, M. V., & Brião, V. B. (2015, outubro 15-16). Obtenção do xarope de soro de leite hidrolisado e concentrado. IX Simpósio de Alimentos [Simpósio]. UPF, Passo Fundo, RS, Brasil. c15.pdf (upf.br)

Gajo, F. F. S., Gajo, A. A., Silva, R. B. V., & Ferreira, E. B. (2016). Diagnóstico da destinação do soro de leite na mesorregião do campo das vertentes – Minas Gerais. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes, 71 (1), 26-37. https://doi.org/10.14295/2238-6416.v70i1.501

Guerra, C. R. A., Marinho, S. D. G. A., Stephani, R., Renhe, I. R. T., Carvalho, A. F., & Perrone, I. T. (2020). Utilização de soro de leite e amido na produção de doce de leite pastoso: rendimento, composição, perfil de textura, viscosidade e avaliação sensorial de aceitação. Revista Inst. Laticínios Cândido Tostes, 75(1), 1-9. https://doi.org/10.14295/2238-6416.v75i1.747

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2018). Produção e venda dos produtos e/ou serviços industriais, segundo as classes de atividades e produtos. Tabela 6705: Produção e vendas dos produtos e/ou serviços industriais, segundo as classes de atividades e os produtos - Prodlist Indústria 2016 (ibge.gov.br)

Instrução Normativa nº 66, de 21 de julho de 2020 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento/Secretaria de Defesa Agropecuária. (2020). Diário oficial da união: Edição 140, Seção 1, Página 4. https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/instrucao-normativa-n-66-de-21-de-julho-de-2020-268265894

Instrução Normativa nº 80, de 13 de agosto de 2020 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. (2020). Diário Oficial da União: Edição 157, Seção 1. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 80, DE 13 DE AGOSTO DE 2020 - INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 80, DE 13 DE AGOSTO DE 2020 - DOU - Imprensa Nacional

Jesus, G. L.(2020). Obtenção, Caracterização e Comparação de Filmes à Base de Proteínas do Soro de Leite [Tese doutorado em Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Sul]. Lume Repositório Digital da UFRGS. https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/213495/001117924.pdf?sequence=1&isAllowed=y

Lievore, P. (2013). Caracterização do soro ácido e uso na elaboração de leite fermentado [Dissertação mestrado, Universidade Estadual de Ponta Grossa]. http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/718

Lima, J. S., Silva,F. B., & Silva, S. K. (2021).Análise de viabilidade para investimento em uma planta de aproveitamento do soro do leite. Revista Brazilian Applied Science Review, 5(4), 1881-1906. http://dx.doi.org/10.34115/basrv5n4-012

MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. (s.d.). SIF’s: estabelecimentos registrados no SIF. http://abiec.com.br/sifs/

Mendes, B. G., Castro, K. A., Silva, K. A. L., Pereira, A. I. A., & Orsine, J. V. C. (2015). Qualidade e rendimento da musssarela em tempos de armazenamento sob refrigeração da massa acidificada. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial, 9(1), 1744-1756. http://dx.doi.org/10.3895/rbta.v9n1.1898

Mirabella, N., Castellani, V., & Sala, S. (2014). Current options for the valorization of food manufacturing waste: a review. Journal of Cleaner Production, 65, 28-41. https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2013.10.051

Nascimento, R. da S. (2016). Aproveitamento e tratamento dado ao soro gerado pelas fábricas e fabriquetas no alto Sertão Sergipano [Trabalho de Conclusão de Curso, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe]. Repositório Institucional do IFS. https://repositorio.ifs.edu.br/biblioteca/handle/123456789/222

Nasrrallah, M., & Santos, J. (2021). Oferta limitada de lácteos reduz exportações em julho. In Boletim do Leite (ano 27, n. 314, pp. 1-9). Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada - ESALQ/USP. https://www.cepea.esalq.usp.br/upload/revista/pdf/0372056001629288923.pdf

Nunes, L. A., Gerber, J. Z., Costa, F. P., Souza, R. J. S., & Kalid, R. A. (2018). O soro do leite, seus principais tratamentos e meios de valorização. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, 11(1), 301-326. http://dx.doi.org/10.17765/2176-9168.2018v11n1p301-326

Papa, G. M. (2018). Aproveitamento do soro de leite para a produção de doce [Trabalho de Conclusão de Curso, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Minas Gerais]. GERALDO_MAGELA_PAPA.pdf (ifmg.edu.br)

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica (1 ed). https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1&isAllowed=y

Perrone, Í. T., Stephani, R., Neves, B. S., Sá, J. F. O., & Carvalho, A. F. (2012). Atributos tecnológicos de controle para produção do doce de leite. Revista Inst. Laticínios Cândido Tostes, 67(385), 42-51. Micro-03eCLIENTESILCT mar (emnuvens.com.br

Portaria nº 146/1996 do Ministério da Agricultura, do Abastecimento e da Reforma Agrária. (1996). Diário Oficial da União. https://wp.ufpel.edu.br/inspleite/files/2016/03/Portaria-n%C2%B0-146-de-7-de-mar%C3%A7o-de-1996.pdf

Portaria n° 352/1997 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. (1997). Diário Oficial da União. PORTARIA-352 97 RTIQ-minas-frescal.pdf (cidasc.sc.gov.br)

Portaria nº 364/1997 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. (1997). Diário Oficial da União: Seção 1, n° 172. Página 46 do Diário Oficial da União - Seção 1, número 172, de 08/09/1997 - Imprensa Nacional

Pfrimer, R. T. (2018). Desenvolvimento e avaliação de bebida láctea fermentada acrescida de leitelho e saborizada com polpa de cagaita (Eugenia dysenterica) [Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Goiás]. Repositório da UFG. Dissertação - Renata Teixeira Pfrimer - 2018.pdf (ufg.br)

Queijos: produção e consumo em meio à pandemia. (2021). In EMBRAPA. Anuário do leite 2021: Saúde única e total (pp. 22-24). ANUÁRIO leite 2021: saúde única e total. - Portal Embrapa

Resolução n° 430, de 13 de maio de 2011 do Conselho Nacional do Meio Ambiente. (2011). Diário Oficial da União. Resolução CONAMA Nº 430 DE 13/05/2011 - Federal - LegisWeb

Rodrigues, J., Bezerra, J. R. M. V., Teixeira, A. M., & Rigo, M. (2018). Avaliação sensorial e físico-química de sorvete com polpa de açaí e proteína do soro do leite. Revista Ambiência, 14(2), 225-236. 230461835.pdf (core.ac.uk)

Sandim, F. L. S. (2018). Caracterização de soro de queijo produzido na microrregião de Ubá [Dissertação de mestrado, Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais Campus Rio Pomba]. mpcta.riopomba.ifsudestemg.edu.br

Santin, J. (2020). Soro do leite: o que é e benefícios para a saúde. Milkpoint. https://www.milkpoint.com.br/noticias-e-mercado/giro-noticias/beneficios-do- soro-do-leite-para-a-saude-18419n.aspx

Santos, T. G. (2015). Queijo Minas Padrão com reduzido teor de sódio: composição e caracterização sensorial. [Dissertação de Mestrado, Universidade Tecnológica Federal do Paraná]. http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/1672/1/LD_PPGTAL_M_Santos%2CTha%C3%ADs%20Gentiluce%20dos_2015.pdf

SENAI. (2016). Industrialização de leites (1 ed). SENAI-SP. https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=jD5FDwAAQBAJ&oi=fnd&pg=PT5&dq=Industrializa%C3%A7%C3%A3o+de+leites&ots=hxNhbkMpHa&sig=yQ-1aCzp6BW7oQZWHhzqjZ4qANM#v=onepage&q=Industrializa%C3%A7%C3%A3o%20de%20leites&f=false

Silva, D. J. P. da. (2011). Resíduos na Indústria de Laticínios. [Monografia, Universidade Federal de Viçosa]. https://docplayer.com.br/1070440-Residuos-na-industria-de-laticinios.html

Silva, R. R., Siqueira, E. Q. & Nogueira, I. S.. (2018). Impactos ambientais de efluentes de laticínios em curso d’água na Bacia do Rio Pomba. Rev. Eng. Sanit. Ambient., 23(2), 217-228. https://www.scielo.br/j/esa/a/SzF6yPQVXyTPZN6kr9Ytmdf/?format=pdf.

Siqueira, K. B. (2019). O mercado Consumidor de Leite e Derivados (Circular Técnica n. 120). Embrapa. https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/199791/1/CT-120-MercadoConsumidorKennya.pdf

Souza, C. F., & Hemkemeier, M. (2020). Pós-tratamento por eletrocoagulação de efluente do processamento de soro de leite tratado por reator anaeróbio. Research, Society and Development, 9(9), 1-26. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i3.75091

Trindade, M. B., Soares, B. C. V., Scudino, H., Guimarães, J. T., Esmerino, E. A., Freitas, M. Q. Pimentel, T. C., Silva, M. C., Souza, S. L. Q., Almada, R. B., & Cruz, A. G. (2019). Cheese whey exploitation in Brazil: a questionnaire survey. Food Science and Technology, 39(3), 788-791. https://doi.org/10.1590/fst.07419

Vilela, M. E., Braz, J. M., Mariano, M. M., Bulhões, N. G., Santos, D. C., & Dutra, M. B. L. (2020). Avaliação sensorial e físico-química de doce de leite pastoso contendo diferentes concentrações de soro de leite. Rev. Inst. Laticínios Cândido Tostes, 75(1), 22-33. https://doi.org/10.14295/2238-6416.v75i1.767

Zacarchenco, P., B., Van Dender, A.G., Spatodi, L. M., & Moreno, I. (2008). Soro de leite: de problema ambiental a solução para tratamento de doenças. Leite & Derivados, 18(106), 137-148. https://ital.agricultura.sp.gov.br/arquivos/tl/artigos/soro_de_leite_de_problema_ambiental_a_solucao_para_tratamento_de_doencas.pdf.

Published

25/10/2022

How to Cite

ASSUNÇÃO, C. C. O. de; CAMPOS, C. M. S.; CASTRO, M. S. R.; CASTRO, W. de F. Profile of whey destination in the city of Barbacena and microregion - Minas Gerais. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 14, p. e224111435344, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i14.35344. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/35344. Acesso em: 8 dec. 2022.

Issue

Section

Agrarian and Biological Sciences