Perception of the elderly about the caregiver's orientations about drug therapy

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i14.35362

Keywords:

Old; Drug therapy; Carer.

Abstract

Introduction: the aging of the Brazilian population is a real phenomenon, requiring specific care from health services and family members, in this context, the caregiver assumes a prominent role, especially in relation to the care provided in relation to the singularities of this phase, specific procedures and drug therapies, and the effective support of the latter is closely related to the guidance provided by the caregiver. Objective: to know the perception of the elderly about the guidance received from the caregiver about drug therapy. Methodology: this is a study with a qualitative approach using a semi-structured interview with two guide questions applied to ten elderly people in the area of coverage of a Basic Health Unit located in a municipality in the northern region of the state of Minas Gerais. Results: the caregiver presents himself as an important actor in the care of the elderly, in the face of the senescence process installed, especially in relation to drug therapy. Conclusion: this study showed that the perception of the elderly about the caregiver's orientations in drug therapy is mainly related to a question of dependence on the caregiver, focusing on schedules, Cuidado de Enfermería.

Author Biographies

Valquíria Ferreira da Silva, Faculdades Unidas do Norte de Minas Gerais

Graduação em enfermagem. 

Fabíola Aline Silva Lobo, Faculdades Unidas do Norte de Minas Gerais

Graduação em enfermagem.

Tadeu Nunes Ferreira, Universidade Estadual de Montes Claros

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES), especialista em Educação Profissional na área da saúde (FIOCRUZ/UNIMONTES) e em Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente (FIOCRUZ). 

Jany Kelly Cardoso Silva, Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna

Graduação em enfermagem. 

Anderson Neco Rocha, Faculdades Santo Agostinho

Graduação em farmácia. 

Silvânia Paiva dos Santos, Universidade Estadual de Montes Claros

Doutora em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Montes Claros. Professora do departamento de enfermagem da Universidade Estadual de Montes Claros. 

Ana Carolina Costa Maia Pinheiro , Universidade Estadual de Montes Claros

Graduação em enfermagem. 

Márcia Oliveira da Silva, Faculdades Santo Agostinho

Graduação em enfermagem. 

Cinthia Moreira de Araújo Melo, Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna

Graduação em enfermagem. 

Vitória de Melo Gomes, Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna

Graduanda em enfermagem. 

Leandro Felipe Antunes da Silva, Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna

Graduação em enfermagem. 

Mariana Stefany Cardoso Nascimento, Faculdades Unidas do Norte de Minas Gerais

Graduação em odontologia. 

Tatiane Pereira Horta, Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna

Graduação em enfermagem. 

References

Aguiar, A. S. C., Mariano, M. R., Almeida, L. S, Cardoso, M. V. L. M. L., Pagliuca, L. M. F., & Rebouças, C. B. A. (2012). Percepção do enfermeiro sobre promoção da saúde na Unidade de Terapia Intensiva. Rev. Esc. Enferm. USP, 46(2), 428-435.

Bueno, C. S., Bandeira, V. A. C., Oliveira, K. R., & Colet, C. F. (2012). Perfil de uso de medicamentos por idosos assistidos pelo Programa de Atenção ao Idoso (P.A.I.) da UNIJUÍ. Rev. bras. geriatr. gerontol, 15(1), 51-61.

Bardin, L. (2009). Análise de Conteúdo. Edições 70, LDA.

Ciosak, S. I., Braz, E., Costa, M. F. B. N. A., Nakano, N. G. R., Rodrigues, J., Alencar, R. A., & Rocha A. C. A. L. (2011). Senescência e Senilidade: novo paradigma na atenção básica. Rev Esc Enferm USP, 45(2), 1763-1768.

Coutinho, A. T., Popim, R. C., Carregã, K., & Spiri, W. C. (2013). Integralidade do cuidado com o idoso na estratégia de saúde da família: visão da equipe. Esc. Anna Nery Rev. Enferm, 17 (4), 628-637.

Faria, J. S. R., & Paiva, M. J. M. (2021). Atenção farmacêutica à saúde da pessoa idosa. Research, Society and Development, 10(16), 1-8.

Gontijo, J. V., Tinoco, M. S., Pereira, M. L., & Monteforte, P. T. (2020). Perfil de medicamentos prescritos para idosos institucionalizados. Research, Society and Development, 9(12), 1-17.

Lamela, D., & Bastos, A. (2012). Comunicação entre profissionais de saúde e o idoso: Uma revisão de Investigação. Psicol. soc, 24(3), 684-690.

Leonello, V. M., & Oliveira, M. A. C. (2010). Integralidade do cuidado à saúde como competência educativa do enfermeiro. Rev. bras. enferm, 63(3), 366-370.

Marin, M. J. S., Rodrigues, L. C. R., Druzian, S., & Cecílio, L. C. O. (2010). Diagnósticos de Enfermagem de idosos que utilizam múltiplos medicamentos. Rev. Esc. Enferm. USP, 44(1), 47-52.

Marques, M. B. (2009). Avaliação da competência de idosos diabéticos para o autocuidado. 2009. 110 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza.

Melo, M. C., Souza, A. L., Leandro, E. L., Mauricio, H. Á., & Silva, I. D., Oliveira, J. M. O. (2009). A educação em saúde como agente promotor de qualidade de vida para o idoso. Ciênc. saúde coletiva, 14(1), 1579-1586.

Minayo, M. C. S. (2021). Ética das pesquisas qualitativas segundo suas características. Revista Pesquisa Qualitativa, 9(22), 521–539.

Moraes, E. N. (2012). Atenção à Saúde do Idoso. Aspectos Conceituais. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde.

Pacheco E. S., Rocha, K. A., Mota, M. S., Silva, V. R., Gomes, A. T., Viana, V. M. O., & Rocha, A. F. (2020). Percepções dos cuidadores de idosos sobre o ato de cuidar. Research, Society and Development, 9(7), 1-9.

Roecker, S., Budó, E. F. P. A., & Marcon, S. S. (2013). O trabalho educativo do enfermeiro na estratégia saúde da família. Texto Contexto enferm, 22(1), 157-165.

Salci, M. A., Maceno, P., Rozza, S. G., Silva, D. M. G. V., Boehs, A. E., & Heidemann, I. T. S. B. (2013). Educação em saúde e suas perspectivas teóricas: algumas reflexões. Texto Contexto enferm, 22(1), 224-230.

Silva, C. S. O., Pereira, M. I., Yoshitome, A. Y., Neto, J. F. R., & Barbosa, D. A. (2010). Avaliação do uso de medicamentos pela população idosa em Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Esc. Anna Nery Rev. Enferm, 14 (4), 811-818.

Vagetti, G. S., Hackenberg, C. C., Arruda, M. L., Beggiato, S. M. O., & Oliveira, V. (2020). Políticas públicas em saúde, violência, educação e assistência social para pessoas idosas no Brasil: revisão de escopo. Research, Society and Development, 9(8), 1-8.

Veras, R. P., Caldas, C. P., Cordeiro, H. Á., Motta, L. B., & Lima, K. C. (2013). Desenvolvimento de uma linha de cuidados para o idoso: hierarquização da atenção baseada na capacidade funcional. Rev. bras. geriatr. gerontol, 16(2), 385-392.

Published

21/10/2022

How to Cite

SILVA, V. F. da .; LOBO, F. A. S. .; FERREIRA, T. N. .; SILVA, J. K. C. .; ROCHA, A. N.; SANTOS, S. P. dos .; PINHEIRO , A. C. C. M. .; SILVA, M. O. da .; MELO, C. M. de A. .; GOMES, V. de M. .; SILVA, L. F. A. da .; NASCIMENTO, M. S. C. .; HORTA, T. P. .; MONTEIRO, S. C. . Perception of the elderly about the caregiver’s orientations about drug therapy. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 14, p. e121111435362, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i14.35362. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/35362. Acesso em: 9 dec. 2022.

Issue

Section

Health Sciences