Psychiatric disorders related to alcohol use

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i14.36204

Keywords:

Alcoholism; Health damage; Psychological effects; Disorders.

Abstract

Alcoholism is a pathological condition that develops through excessive use of alcohol. It presents as consequences, public health problems, in addition to damage observed in the individual's social networks. In this conception, the study's primary objective is to analyze the use of alcohol and its direct effects on the health and interpersonal relationships of users. In addition, the damage that excessive use of alcohol can bring to the psychological of the dependent will also be discussed, especially in cases in which the emergence of psychiatric diseases has been detected. This is a systematic literature review, which included studies in Portuguese and published between 2017 and 2022. To obtain this answer, this work was based on searches of scientific articles in the indexed databases of the data portal of scientific articles withdrawn from research sources such as: Google Scholar, Scielo, LILACS and PubMed. In its mechanism of action, alcohol, which is a psychotropic substance that depressants the central nervous system (CNS), promotes simultaneous alteration of numerous neuronal pathways, generating a profound neurological impact and translating into several biological and behavioral changes. The multifocal action of alcohol on the CNS results in a general effect of psychomotor depression, difficulties in storing information and logical reasoning, motor incoordination, in addition to stimulation of the reward system, which may explain the development of chemical dependence, it was evident the alcohol can produce symptoms of depression, anxiety, agitation, symptoms that end up harming the physical, psychological and social aspect of the patient.

References

Baltar, J. G. Da C., Iglesias, A., & Borloti, E. B. (2019). Comorbidade entre Uso de Álcool e Outras Drogas, Transtornos Psiquiátricos e Comportamento Suicida: Uma Revisão. Revista Psicologia E Saúde, 2019.

Becker, H.C. (2017). Influence of stress associated with chronic alcohol exposure on drinking. Neuropharmacology, 122, 115-126, 2017.

Campêlos. R., Barbosam. A., & Diasd. R. (2020). Transtornos de ansiedade em usuários de substâncias de um Centro de Atenção Psicossocial álcool e drogas. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 12(11), e4917; 2020.

Caproni, P. H. M.; Mathias, F. T. (2022). Alcoolismo: o que é, sintomas, tratamento, medicamentos, tem cura? 2017. <https://minutosaudavel.com.br/alcoolismo-oqueesintomastratamentomedicamentos-tem-cura/>.

Costardi, J. V. V. et. al. (2017). Uma revisão sobre o álcool: do mecanismo de ação central à dependência química. Revista da Associação Médica Brasileira. 2017, 61(4), 381-387.

Geovana, N. (2019). Alcoolismo: como identificar e tratar. 2017. <https://medicoresponde.com.br/alcoolismo-como-identificar-e-tratar/.

Haidar, F.C. (2018). Depressão, ansiedade, estresse e habilidades de enfrentamento em usuários de álcool e outras drogas. Dissertação entregue a Universidade Federal do Maranhão. São Luís, 2018.

Lemos, F. et al. (2020). Alcoolismo. Vida e Saúde. Tatuí- SP, revista mensal, (2), 10-12. Fevereiro, 2020.

Lima, A. I. O. et al. (2019). Prevalência de Transtornos Mentais Comuns e Uso de Álcool e Drogas entre Agentes Penitenciários. Psicologia: Teoria e Pesquisa. 2019, v. 35, e3555.

Martins. D. B. Alcoolismo Cura Através da Conscientização. São Paulo: Revista Cefa, 2019.

Martins, E.M.; Junior, G. F. (2021). O alcoolismo e suas consequências na estrutura familiar. Revista Saúde e Desenvolvimento. 1(2), Jul- dez, 2021.

Matos, M. I. S. (2017). Meu lar é o botequim. Alcoolismo e masculinidade. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2017.

Meldau, D C (2018). Alcoolismo. https://www.infoescola.com/doencas/alcoolismo/.

Nadaleti, N. P. et al. (2018). Avaliação do consumo de álcool entre adolescentes e os problemas associados. SMAD, Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 14(3), 168-176; 2018.

Nóbrega, G. G. D. Da; et al. (2018). A influência do álcool no aparecimento de depressão e de ansiedade: uma revisão integrativa. IV Congresso Brasileiro de Ciências da Saúde. CONBRACIS, 2018.

Organização pan-americana da saúde/organização mundial da saúde (opas/oms). (2021). Consumo do Álcool nas Américas. 2021. https://www.paho.org/pt/topicos/alcool

Reis, G. A.; Góis, H. R. D.; Alves, M. S. & Partata, A. K. (2019). Alcoolismo e seu tratamento. Revista Científica do ITPAC, Araguaína, 7(2), Pub.4, Abril 2019.

Sales, D. N. (2019). Prevalência de transtornos psiquiátricos e alcoolismo em uma amostra de pacientes com tremor essencial. Dissertação de Mestrado enviado à Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Ribeirão Preto, 2019.

Silva, F. J. G. D. & Monteiro, C. F. D. S. Uso de álcool, outras drogas e sofrimento mental no universo feminino. Revista Brasileira de Enfermagem. 2020, v. 73, n. 1, e20180268.

Silva, M.A.A. (2018). O impacto do alcoolismo na vida social e familiar do indivíduo: a intervenção do profissional da saúde de forma efetiva no tratamento. Teófilo Otoni - Minas Gerais. Universidade Federal De Minas Gerais Curso De Especialização Em Atenção Básica Em Saúde Da Família.

Silveira, K. L., Oliveira, M. M. De & Alves, P. F. (2018). Transtornos psiquiátricos menores em usuários de substâncias psicoativas. SMAD, Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool E Drogas (Edição Em Português), 14(1), 28-36.

Souza, L. G. S.; Menandro, M. C. S. & Menandro, P. R.M. (2017). O alcoolismo, suas causas e tratamento nas representações sociais de profissionais de Saúde Família. Physis Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 25 [4]: 1335-1360.

Tramontini, Rc. (2021). Protocolo para identificação e manejo inicial dos transtornos por uso de álcool em hospitais gerais. Dissertação apresentada como requisito para a obtenção do título de Mestre em Prevenção e Assistência em Saúde Mental e Transtornos Aditivos. Porto Alegre.

Vargas, C. R. M. De. (2018). Semelhanças na vida de mulheres em situação de abuso ou dependência de álcool. Brasília: UnB.

Zeigler, D., et al. (2018). Os efeitos neurocognitivos do álcool nos adolescentes e estudantes Universitários. In: Teixeira, J. (ed.). Boletim Cérebro Toxicodependente. Lisboa: Instituto da Droga e Toxicodependência.

Published

23/10/2022

How to Cite

LIMA , Ádamo L. O. .; SOUZA NETO, J. L. de; FRANCO , J. V. V. .; VALENTE, G. G. T. .; BARBOSA, J. M. .; LOBO, G. S. .; ROSA , G. M. de A.; LEMOS, A. R. .; VIANA, Y. C. .; MONTES , A. S. . Psychiatric disorders related to alcohol use. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 14, p. e177111436204, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i14.36204. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/36204. Acesso em: 9 dec. 2022.

Issue

Section

Review Article