Food and nutrition education actions for patients with chronic kidney disease on hemodialysis: an experience report

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i15.37121

Keywords:

Renal Dialysis; Food and Nutrition Education; Renal Insufficiency Chronic; Food Formulated; Sugars.

Abstract

Dietary restrictions imposed on patients with chronic kidney disease can make them susceptible to food monotony, thus, food and nutrition education actions must become permanent practices, as they contribute to the quality of life of patients, helping in the process of acceptance and acceptance. understanding of the new eating habits required by the disease and treatment. The objective of this article is to report experiences lived by undergraduate students of Nutrition when promoting food and nutrition education actions. This is a descriptive study, of the experience report type, about the experiences of students of the Nutrition course of the Faculty of Health Sciences of Trairi-UFRN, during the performance of Food and Nutrition Education actions with patients assisted in a Center of Nephrology in a city in Rio Grande do Norte. Three actions were carried out, two aimed at reducing the consumption of ready-made sugars and seasonings and another related to the preparation and distribution of a recipe booklet, aiming to contribute to the reduction of food monotony during social distancing. In the actions, the active participation of patients who were on hemodialysis was valued, with clarification of doubts about the topics addressed and others. EAN actions are strongly correlated with the treatment and health status of the patient. Therefore, they must be worked on continuously and permanently, and must be included in the routine care of hemodialysis centers, as they contribute to the promotion of food and nutrition autonomy. as a form of entertainment for patients, helping to improve their quality of life.

References

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Ministério da Saúde). (2020). RDC Nº 429, DE 8 DE OUTUBRO DE 2020. Brasil: Ministério da Saúde.

Aguiar, L. K. de, Prado, R. R., Gazzinelli, A., & Malta, D. C. (2020). Fatores associados à doença renal crônica: inquérito epidemiológico da Pesquisa Nacional de Saúde. Revista Brasileira de Epidemiologia, 23, 1-15.

Andrade, B. D. (2017). Dissertação de mestrado em saúde coletiva. Repositório da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Bastos, M. G., & Kirsztajn, G. M. (2011). Doença renal crônica: importância do diagnóstico precoce, encaminhamento imediato e abordagem interdisciplinar estruturada para melhora do desfecho em pacientes ainda não submetidos à diálise. Jornal Brasileiro de Nefrologia, 33(1), 93–108.

Casarin, S. T. & Porto, A. R. (2021). Relato de Experiência e Estudo de Caso: algumas considerações. Journal of Nursing and Health, 11(2).

Danelon, B., Moreira, A., Nascimento, M., Loures, L., & Aguiar. Efeitos a curto e longo prazos de ações de Educação Alimentar e Nutricional no perfil nutricional de pacientes em hemodiálise. Revista Nutrición Clínica y Dietética Hospitalaria. 38(4), 131-136.

Fernandes, K. F. G. M., Geraldo, L. S., da Silva, F. A., Lemos, J. C. A., & Ramos, C. I. (2021). Conhecimento sobre hiperfosfatemia, ingestão alimentar e níveis séricos de fósforo de pacientes em hemodiálise. Brazilian Journal of Development, 7(9), 90750–90765.

Mahan, L.K., & Raymond, J. L. Krause: Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. (2018). Elsevier.

Marinho, A. W. G. B., Penha, A. P., Silva, M. T., & Galvão, T. F. (2017). Prevalência de doença renal crônica em adultos no Brasil: uma revisão sistemática da literatura. Caderno de Saúde Coletiva, 25(3), 379-388.

Martins, C., & Riella, M. C. Nutrição e o Rim (2013). Guanabara Koogan.

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional Brasília (2012). Marco de referência de educação alimentar e nutricional para as políticas públicas. https://www.cfn.org.br/wp-content/uploads/2017/03/marco_EAN.pdf

Ministério da Saúde (2014). Guia alimentar para a população brasileira. Ministério da Saúde.

Mussi, R. F. de F., Flores, F. F., & Almeida, C. B. de. (2021). Pressupostos para a elaboração de relato de experiência como conhecimento científico. Práxis Educacional, 17(48), 60-77.

Oliveira, M. A., Ferreira, J. S., Stringhini, M. L.F., Martins, K. A., & Freitas, A. T. V. S. (2020). Educação alimentar e nutricional na promoção do consumo adequado de sódio na doença renal crônica. Brazilian Journal of Development, 6(10), 81519–81526.

Oliveira, M. E., Souza, T., Almeida, A., & Coutinho, D. J. G. (2021). Influência da terapia nutricional na doença renal crônica: uma revisão integrativa. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação (REASE), 7(10), 2675-3375.

Oliveira, J. T. S. e Souza, A. M. (2020). Importância da nutrição na qualidade de vida de pacientes portadores de doença renal crônica. Revista Episteme Transversali, 11(3), 1-19.

Pinheiro A. B. V., Lacerda, E. M. A., Benzecry, E. H., Gomes, M. C. S., & Costa, V. M. (2000). Tabela para avaliação de consumo alimentar em medidas caseiras. Atheneu.

Ribeiro-Silva, R. de C., Pereira, M., Campello, T., Aragão, É., Guimarães, J. M. de M., Ferreira, A. J., Barreto, M. L., & Santos, S. M. C. dos. (2020). Implicações da pandemia COVID-19 para a segurança alimentar e nutricional no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 25(9), 3421–3430.

Santos, L. L., Reis, A. A., Camargo, E., Farias, D. V., & Musa, L. S. (2021). Leitura dos rótulos nutricionais e o consumo excessivo de alimentos ultraprocessados: relato de experiência de oficina prática na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Brazilian Journal of Health Review, 4(4), 18400-18419.

Santos, K., Beltrame, R. R., Thoen, R. U., & Giacomelli, V. (2019). Educação Alimentar e Nutricional para redução do consumo de sódio e alimentos ultraprocessados de pacientes em hemodiálise. Educação alimentar e nutricional: experiências acadêmicas, (1), 41-51.

Silva, J. P. de S. e, Silva, L. F., Guerra, Érica D., Andrade, L. V. B., Aguiar, D. S., Silva, A. P., & Silva, J. J. de S. (2020). Educação em saúde na sala de espera: relato de experiência. Brazilian Journal of Development, 6(1), 1057–1066.

Sociedade brasileira de nutrição parenteral e enteral (2021). Diretriz BRASPEN de terapia nutricional no paciente com doença renal. Brasil: Braspen.

Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP (2011). Tabela Brasileira de Composição de Alimentos. Brasil: Unicamp

Published

18/11/2022

How to Cite

COSTA, M. L. C. .; LEITE , L. B. P. .; LIMA , K. E. B. de .; ALBUQUERQUE , M. I. L. de .; AZEVEDO, J. S. de .; SANTOS, L. S. .; RODRIGUES , T. E. G. .; BEZERRA, D. S. . Food and nutrition education actions for patients with chronic kidney disease on hemodialysis: an experience report. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 15, p. e304111537121, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i15.37121. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/37121. Acesso em: 31 jan. 2023.

Issue

Section

Health Sciences