Viral escape and compartmentalization in HIV/AIDS patient with neurological complications and under effective antiretroviral therapy: a case report

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i15.37426

Keywords:

Antiretroviral therapy; Central nervous system; Compartmentalization; HIV Reservoir.

Abstract

The global neurocognitive manifestations related to HIV infection are widely known. Several research groups around the world have studied the presence of HIV variants in different biological compartments, with discordant HIV-RNA levels between plasma and tissues. The aim of the present study was to investigate the viral escape of HIV in a patient with neurodegenerative manifestations, in whom no reason aside from HIV-related activity was found, despite effective antiretroviral therapy (ART). This is a descriptive Case Report, based on retrospective information obtained by medical record review, patient interviews, laboratory test results, and reports filed at the Infectious Diseases Service of the São José Hospital for Infectious Diseases (HSJ), in Fortaleza, Ceará, Brazil. The obtained data indicate that HIV compartmentalization in the CNS can be facilitated by viral variants of a phenotype that enables effective replication in cells such as microglia or monocytes, especially when considering the limited penetration of ART through the blood-brain barrier, favoring the persistence of replication, increased genetic diversity, and the sustainment of viral reservoirs.

References

Almeida, S M D (2015). Análise do líquido cefalorraquidiano na infecção pelo HIV e compartimentalização do HIV no sistema nervoso central. Arquivos de neuropsiquiatria, 73, 624-629.

Chan, P., & Spudich, S. (2022). Compartimentação do HIV no SNC e seu impacto nos resultados do tratamento e nas estratégias de cura. Relatórios atuais sobre HIV/AIDS, 1-10.

Chun, T W, Engel, D., Berrey, M M, Shea, T., Corey, L., & Fauci, A S (1998). Estabelecimento precoce de um pool de células T CD4+ latentemente infectadas durante a infecção primária pelo HIV-1. Proceedings of the National Academy of Sciences, 95 (15), 8869-8873.

Dahm, T., Rudolph, H., Schwerk, C., Schroten, H., & Tenenbaum, T. (2016). Neuroinvasão e inflamação em infecções virais do sistema nervoso central. Mediadores da inflamação, 2016.

Dunfee, R L, Thomas, E R, Gorry, P R, Wang, J., Taylor, J., Kunstman, K., ... & Gabuzda, D. (2006). A variante HIV Env N283 aumenta o tropismo de macrófagos e está associada a infecção cerebral e demência. Anais da Academia Nacional de Ciências, 103 (41), 15160-15165.

Finzi, D., Hermankova, M., Pierson, T., Carruth, L M, Buck, C., Chaisson, R E, ... & Siliciano, R F (1997). Identificação de um reservatório para HIV-1 em pacientes em terapia antirretroviral altamente ativa. Science, 278 (5341), 1295-1300.

Gisslen, M., Keating, S M, Spudich, S., Arechiga, V., Stephenson, S., Zetterberg, H., ... & Price, R W (2021). Compartimentação da inflamação do líquido cefalorraquidiano em todo o espectro da infecção por HIV-1 não tratada, lesão do sistema nervoso central e supressão viral. PloS one, 16 (5), e0250987.

Harrington, P R, Schnell, G., Letendre, S L, Ritola, K., Robertson, K., Hall, C., ... & Swanstrom, R. (2009). Caracterização transversal da compartimentação env do HIV-1 no líquido cefalorraquidiano ao longo de todo o curso da doença. Aids, 23 (8), 907-915.

Heaton, R K, Clifford, D B, Franklin, D R, Woods, S P, Ake, C., Vaida, F., ... & Charter Group. (2010). Distúrbios neurocognitivos associados ao HIV persistem na era da terapia antirretroviral potente: Estudo CHARTER. Neurology, 75 (23), 2087-2096.

Kantor, R., Bettendorf, D., Bosch, R J, Mann, M., Katzenstein, D., Cu-Uvin, S., ... & ACTG A5077 Study Team. (2014). Níveis de RNA do HIV-1 e Resistência a Medicamentos Antirretrovirais em Compartimentos Sanguíneos e Não Sanguíneos de Homens e Mulheres Infectados pelo HIV-1 inscritos no Estudo de Grupo de Ensaios Clínicos de Aids A5077. PLoS One, 9 (4), e93537.

Karris, M A, & Smith, D M (2011). Infecção por HIV-1 específica de tecido: por que é importante. Future virology , 6 (7), 869-882.

Lambotte, O., Chaix, M L, Gubler, B., Nasreddine, N., Wallon, C., Goujard, C., ... & Delfraissy, J F (2004). O reservatório de linfócitos HIV em pacientes em HAART de longo prazo é uma memória da evolução do vírus. Aids, 18 (8), 1147-1158.

McCarty, E J, Quah, S P, Dinsmore, W W & Emerson, C R (2010). Um caso de multirresistência no sistema nervoso central. Revista Internacional de DST & AIDS, 21 (11), 777-779.

Medeiros, J. B. (2019). Redação Científica–Guia prático para trabalhos científicos, 13ª edição. São Paulo: Atlas.

Noë, A., Plum, J., & Verhofstede, C. (2005). O reservatório latente de HIV-1 em pacientes submetidos à HAART: um arquivo de resistência a drogas pré-HAART. Journal of Antimicrobial Chemotherapy, 55 (4), 410-412.

Paolucci, S., Baldanti, F., Campanini, G., Zavattoni, M., Cattaneo, E., Dossena, L., & Gerna, G. (2001). Análise de quais espécies resistentes a drogas de HIV em plasma, células mononucleares do sangue periférico e isolados virais de pacientes virgens de tratamento e HAART. Journal of medical virology, 65 (2), 207-217.

Ruff, C T, Ray, S C, Kwon, P., Zinn, R., Pendleton, A., Hutton, N., ... & Persaud, D. (2002). Persistência do vírus selvagem e ausência de estrutura temporal no reservatório latente do vírus da imunodeficiência humana tipo 1 em pacientes pediátricos com extensa exposição aos antirretrovirais. Journal of virology, 76 (18), 9481-9492.

Schnell, G., Joseph, S., Spudich, S., Price, R W, & Swanstrom, R. (2011). A replicação do HIV-1 no sistema nervoso central ocorre em dois tipos celulares distintos. Patógenos PLoS , 7 (10), e1002286.

Simioni, S., Cavassini, M., Annoni, JM, Abraham, AR, Bourquin, I., Schiffer, V., ... & Du Pasquier, RA (2010). Disfunção cognitiva em pacientes com HIV apesar da supressão de longa data da viremia. Aids, 24 (9), 1243-1250.

Sonti, S., Sharma, AL, & Tyagi, M. (2021). Persistência do HIV-1 no SNC: Mecanismos de latência, patogênese e atualização das estratégias de erradicação. Pesquisa de vírus, 303 , 198523.

Soulié, C., Descamps, D., Grudé, M., Schneider, V., Trabaud, M A, Morand-Joubert, L., ... & ANRS Resistance AC11 Group. (2015). Pacientes HIV-1 tratados e virgens de antirretrovirais podem abrigar vírus mais resistentes no LCR do que no plasma. Journal of Antimicrobial Chemotherapy, 70 (2), 566-572.

Spatola, M., Loos, C., Cizmeci, D., Webb, N., Gorman, M J, Rossignol, E., ... & Alter, G. (2022). Compartimentalização funcional de anticorpos no sistema nervoso central durante a infecção crônica pelo HIV. O Jornal de Doenças Infecciosas .

Stefic, K., Chaillon, A., Bouvin-Pley, M., Moreau, A., Braibant, M., Bastides, F., ... & Barin, F. (2017). Probing the compartmentalization of HIV-1 in the central nervous system through its neutralization properties. PloS one, 12(8), e0181680.

Sturdevant, C B, Dow, A., Jabara, C B, Joseph, S B, Schnell, G., Takamune, N., ... & Swanstrom, R. (2012). Compartimentação do sistema nervoso central de variantes do subtipo C do HIV-1 precoce e tardiamente na infecção em crianças pequenas. Patógenos PLoS, 8 (12), e1003094.

Valcour, V., Chalermchai, T., Sailasuta, N., Marovich, M., Lerdlum, S., Suttichom, D., ... & Ananworanich, J. (2012). Invasão viral e inflamação do sistema nervoso central durante a infecção aguda pelo HIV. O Jornal de doenças infecciosas, 206 (2), 275-282.

van Zyl, G U, Dorfman, J R, & Kearney, M F (2022). Resistência aos medicamentos do HIV em vários compartimentos do corpo. Opinião atual em HIV e AIDS, 17 (4), 205-212.

Verhofstede, C., Noë, A., Demecheleer, E., De Cabooter, N., Van Wanzeele, F., Van Der Gucht, B., ... & Plum, J. (2004). Variantes resistentes a medicamentos que evoluem durante a terapia não supressiva persistem em células mononucleares do sangue periférico infectadas pelo HIV-1 após terapia antirretroviral altamente ativa de longa duração. JAIDS Journal of Acquired Immune Deficiency Syndromes , 35 (5), 473-483.

Wang, Y M, Dyer, W B, Workman, C., Wang, B., Sullivan, J S, & Saksena, N K (2000). Evidência molecular para compartimentalização induzida por drogas de quase-espécies de HIV-1 em um paciente com mudanças periódicas para HAART. Aids, 14 (15), 2265-2272.

White, D A, Heaton, R K, & Monsch, A U (1995). Estudos neuropsicológicos de indivíduos infectados pelo vírus da imunodeficiência humana tipo 1 assintomáticos. Jornal da Sociedade Internacional de Neuropsicologia, 1 (3), 304-315.

Zayyad, Z., & Spudich, S. (2015). Neuropatogênese do HIV: da neuroinvasão inicial ao transtorno neurocognitivo associado ao HIV (HAND). Relatórios atuais de HIV/Aids, 12 (1), 16-24.

Published

24/11/2022

How to Cite

BATISTA, T. A. B.; SAMPAIO, T. S. .; SALES, L. C. V. .; GUIMARÃES, R. C. .; ARRUDA, Érico A. G. . Viral escape and compartmentalization in HIV/AIDS patient with neurological complications and under effective antiretroviral therapy: a case report. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 15, p. e481111537426, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i15.37426. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/37426. Acesso em: 9 feb. 2023.

Issue

Section

Health Sciences