Invetory Management and Aplication of the ABC Curve in a Paint Store

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i15.37609

Keywords:

Inventory management; Paint shop; ABC curve.

Abstract

This article exposes the importance of inventory management for companies, as well as seeking alternatives to remain in the competitive and increasingly demanding market. The ABC curve is a tool used in numerous companies with an inventory control method that allows managers to have an overview of all products, classifying them based on their monetary value. Thus, this study has the general objective of analyzing the stock management of a paint store. As specific objectives, it seeks to identify the stock management practices used in the studied company; investigate the products with the highest turnover; propose suggestions for improvement in inventory management. The methodology adopted was a survey, the method of applied nature was applied, a quantitative approach with exploratory objectives. As for the results whose proposal is the use of the ABC curve in a paint store, the products with the highest turnover were identified, with a view to reducing costs and maximizing sales, in which the list of products sold and their respective unit values were built, resulting table ABC. This tool made it possible to identify which products should always be available to the customer, as well as those that can be reduced or even eliminated from stock, depending on their turnover. Having identified the products, it was concluded with alternatives that suggest improvements in the practice of stock management in the company, so that the manager identifies the benefits that the tool will bring from its implementation.

References

Almeida, T. E. (2020). Desafios na gestão logística de uma microempresa fabricante de biscoitos na perspectiva da integração das atividades primárias e de apoio. Research, Society and Development, 9, 8, 722986023, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i8.6023.

Anselmo, A., & de Sousa Junior, M. A. A. Gestão de Compras: estratégias usadas como forma reduzir custos. Revista Interface Tecnológica, 18, 1, 697-709, 2021.

Cajueiro, R. L. P. (2015). Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos: guia prático do estudante. Vozes.

Camassola, K. (2019). Implementação de controles internos de estoques para auditoria: um estudo em uma indústria metalúrgica da Serra Gaúcha. [Monografia – Universidade de Caxias do Sul]. https://repositorio.ucs.br/xmlui/handle/11338/5617.

Freitas, R., de Moura Carpes, A., Piveta, M. N., de Moura Carvalho, B.; Trindade, N. R. (2020). A gestão de estoque nas organizações: uma análise crítica entre a iniciativa pública e a privada. Revista de Gestão do Unilasalle. 9, 1, 105-122. https://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/desenvolve/article/view/5663

Gil, A. C. (2019). Como Elaborar Projetos de Pesquisa. Atlas. 2019.

Guagliardo, T. N. M. (2020). Benefícios da gestão da cadeia de suprimentos em uma indústria de personal care localizada em Porto Alegre/RS: uma análise a partir da teoria dos custos de transação. [Trabalho Final de Graduação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul].

Hohenberger, L. (2020). Análise e reestruturação da gestão de estoques de uma mecânica de refrigeração. [Trabalho de Conclusão de Curso – niversidade Federal da Fronteira Sul]. https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/4039.

Knechtel, M. R. (2014). Metodologia da pesquisa em educação: uma abordagem teórico-prática dialogada. Intersaberes.

Oliveira, M. M. (2018). Como Fazer Pesquisa Qualitativa. Vozes.

Oliveira, F. S. D. (2022). Gestão de estoques para controle de perdas: estudo em uma rede supermercadista. [Trabalho Final de Graduação – Universidade Federal de Uberlândia]. https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/35669.

Paschoarelli, L. C.; Medola, F. O. & Bonfim, G. H. C. (2015). Características Qualitativas, Quantitativas e Quali-quantitativas de Abordagens Científicas: estudos de caso na subárea do Design Ergonômico. Revista de Design, Tecnologia e Sociedade. https://periodicos.unb.br/index.php/design-tecnologia-sociedade/article/view/15699.

Patrocínio, Á. D. S., Silva, R. M., & Lopes, T. O. (2022). Metodologias para redução de inconsistências no saldo dos insumos em uma indústria manufatureira. Repositório Universitário da Ânima. https://repositorio.animaeducacao.com.br/handle/ANIMA/23949.

Peres, S. R.; Rabelo, J. C.; Furquim, M. G. D. & Souza Júnior, J. C. (2020). Avaliação de implantação da ferramenta de controle de estoques curva ABC em uma empresa de produtos agropecuário. Revista Brasileira de Administração Científica. 11, 3, 144-154. http://doi.org/10.6008/CBPC2179-684X.2020.003.0010.

Quintela, P. (2021). Análise do processo de logística de armazenagem no retorno dos materiais para o depósito da empresa newlight no pós-evento. Encontros de Iniciação Científica UNI7, 11, 1.

Ribeiro, P. P. (2020). Avaliação da gestão de estoque em uma microempresa de autopeças utilizando a curva abc como ferramenta de apoio. Revista Cereus. 12, 2, 130-146. http://www.ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/2791.

Rocha, J. F. & Correa, J. C. B. S. (2020). Gerenciamento da cadeia de suprimentos: um estudo de caso em uma indústria de tintas do estado do Ceará. Revista de Gestão da Faculdade Lourenço Filho, 1, 1.

Silva, M. G. & Rabelo, M. H. S. (2017). Importância do controle de estoques para as empresas. Revista Acadêmica Conecta FASF, 2, 1.

Silva, V. G. M.; Gomes, M. G.; Braga, C. C. & Rufino, V. E. (2018). Controle de estoque: um estudo sobre a eficiência da gestão de estoque numa distribuidora atacadista em Divinópolis, MG. Research, Society and Development, 7, 5, 575152. https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/247.

Zangirolami-Raimundo, J.; Echeimberg, J. O. & Leone, C. (2018). Tópicos de metodologia de pesquisa: Estudos de corte transversal. Journal of Human Growth and Development. https://www.revistas.usp.br/jhgd/article/view/152198/149017.

Published

23/11/2022

How to Cite

VARGAS, P. F. .; SCHERER, N. .; PIRES , M. dos S.; OLIVEIRA, B. B. de. Invetory Management and Aplication of the ABC Curve in a Paint Store. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 15, p. e464111537609, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i15.37609. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/37609. Acesso em: 31 jan. 2023.

Issue

Section

Human and Social Sciences