The use of the Management Plan by Protected Area Managers

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v12i1.38532

Keywords:

Environmental management; Conservation unit; Sustainable development reserve.

Abstract

During the research there was a need for information on the progress of the activities planned in the Management Plan, and this information was collected through forms and filled in by the managers of the CUs. The specific objectives of this work are: to analyze the use of the management plan by the managers of the protected areas and to evaluate the fulfillment of the planning of the management programs contained in the management plan of the protected areas studied. The analysis of this information was performed by adapting the Tracking Tool. It was identified in the studied areas, the Madeira River Sustainable Development Reserve (RDS do Rio Madeira) and the Caverna Maroaga Environmental Protection Area (APA Maroaga), that there is an effective use of management plans, by the managers of these protected areas, as well as how the strategically planned management programs are carried out during the preparation of the Plans. The use of the Management Plan as an administrative instrument for the management of the studied CUs is related to and directly influences the empowerment of the actors that make up the management council and constitutes an important governance instrument. It is concluded that the adoption of management practices during the Plan's implementation helps to consolidate the strategic planning initiated during the Plan's preparation phase. The use of medium-term tactical planning contributes to the management council members acting efficiently and directly in the management of the protected area.

References

Ackoff, R. L. Redesidning the future: a systems approach to societal problems. Jhon Wiley, 1974.

Amazonas, Governo do Estado do. Lei Complementar Nº 53de 05 de junho de 2007. DOE, 2007.

Amazonas, Governo do Estado do. Série Técnica Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Nº24. Manaus. 2010.

Andrade, A. R. D. Planejamento Estratégico: formulação, implemetação e controle. Atlas, 2016.

Bursztyn, M. Bursztyn, M. A. Fundamentos de Política e Gestão Ambiental.Caminhos para a sustentabilidade. Garamond, 2012.

Costa, E. A. D. Gestão Estratégica Fácil: construindo o futuro de sua empresa. Saraiva, 2012.

Costa, F. S. D. A dinâmica dos recursos comuns em Unidades de Conservação e Assentamentos. Belém: [s.n.], 2014.

Cozzolino, L. F.; Irving, M. D. A. Avaliação de Gestão Participativa em Unidades de Conservação: Uma Análise a Partir da Ótica da Governança. In: II SAPIS - Seminário Áreas Protegidas e Inclusão Social. Rio de Janeiro: [s.n.], 2006.

Diegues, A. C. S. Populações Tradicionais em Unidades de Conservação: O Mito Moderno da Natureza Intocada. HUCITEC, 2001.

Dudley, N. Guidelines for Applying Protected Area Management Categories. Gland: IUCN, 2004. 86 p. <https://cmsdata.iucn.org/downloads/guidelines_for_applying_protected_area_management_categories.pdf>.

FAS, Fundação Amazônia Sustentável. Relatório de atividades 2016 / Fundação Amazonas Sustentável. Manaus. 2017.

Graham, J.; & Amos, B. E. P. T. Governance Principles for Protected Areas in the 21st Century. Durban. 2003.

ICMBIO, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Conselhos Gestores de Unidades de Conservação Federais: Um guia para gestores e conselheiros. Brasília: ICMBio, 2014. http://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/comunicacao/publicacoes/guia-conselhos-2014.pdf>.

IEB, Instituto Internacional de Educação do Brasil. Seminário Gestão Participativa de Unidades de Conservação no Sul do Amazonas, Nordeste de Rondônia e Mato Grosso, 9 a 11 de outubro de 2012. Brasília: [s.n.], 2013. 78 p.

Leitão, A. C. C. Procedimentos de Criação e Funcionamento dos Conselhos Gestores das Unidades de Conservação Estaduais no Amazonas. Manaus, 2016. INPA, Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão de Áreas Protegidas). INPA.

Lima, G. F. D. C. A institucionalização das políticas e da gestão ambiental no Brasil: avanços, obstáculos, 2011.

Milano, M. S. (1997) Planejamento de unidades de conservação: um meio e não um fim. In: AMBIENTE, I. A. D. P. E. U. L. D. M. Anais do Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação. 150-165.

Miller, K. Planificación de parques nacionales para el ecodesarrollo en Latinoamerica.. Fundación para la Ecologia y la Proteccion del Medio Ambiente - FEPMA. Madrid. 1980.

Oliveira, D. D. P. R. D. Planejamento Estratégico: conceitos, metodologias e práticas. Atlas, 2015.

Pereira, H. S.; Vasconcelos, A. R. M. Desafios Ambientais ao Desenvolvimento: A Evolução da Gestão Ambiental Públicano Amazonas (2003-2015) e as Mudanças Globais, Santa Catarina, 2015.

Philippi Jr., Arlindo; Roméro, Marcelo de Andrade; Bruna, Gilda Collet. Curso de Gestão Ambiental. Barueri: Manole, 2014.

Reis, A.F.; Pagani, M.I. (2021). Planejamento e gestão de Unidades de Conservação: um olhar sobre a Estação Ecológica de Bananal (SP). Revista Brasileira de Ecoturismo, 14(5), 717-736.

Santos, A. Á. B. Conselhos Gestores de Unidade de Conservação. Universidade de Brasília, Brasília, 2008. Tese de (Doutorado em Ciências Florestais), UNB.

Santos, F. G. F. P, Simonian, L. T. L., Bastos, R. Z. (2022). O papel das unidades de conservação de Ananindeua-PA para a governança municipal. Novos Cadernos NAEA. 25(1), 169-195.

SDS, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas. Roteiro para elaboração de planos de gestão para as unidades de conservação estaduais do Amazonas. Manaus. 2010.

Souza, M. L. G. D. Efetividade de Conselhos Gestores na gestão participativa de Unidades de Conservação de uso sustentável no Amazonas. Manaus: Universidade Federal do Amazonas., 2013.

Steiner, G. A. Planificación de La Alta Dirección. Barañáin (Navarra): EUNSA, 1994.

Veríssimo, A. et al. Áreas Protegidas na Amazônia Brasileira: Avanços e Desafios. [S.l.]: IMAZON/ISA, 2011.

WWF, Brasil. Reflexões sobre conselhos gestores de unidades de conservação federais apoiadas pelo WWF-Brasil: lições aprendidas com os Conselhos Gestores das Reservas Extrativistas Chico Mendes e Cazumbá - Florestas Nacionais de Macauã e de São Francisco e Parque Naci. WWF Brasil. Brasília, p. 62. 2013.

WWF, Brasil. SDS, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável do Amazonas. ICMBIO, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Efetividade de gestão das unidades de conservação no Estado do Amazonas. Brasília. 2011.

Published

13/01/2023

How to Cite

VASCONCELOS, A. R. M. .; FRAXE, T. de J. P. .; NORTE FILHO, A. F. do .; COSTA, M. S. B. da .; OKA, J. M. .; CARNEIRO, J. P. R. .; GONÇALVES, V. V. C. .; SENNA, G. M. de .; WITKOSKI, A. C. .; SILVA, S. M. .; MACUÁCUA, X. V. . The use of the Management Plan by Protected Area Managers. Research, Society and Development, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 19512138532, 2023. DOI: 10.33448/rsd-v12i1.38532. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/38532. Acesso em: 27 jan. 2023.

Issue

Section

Exact and Earth Sciences