orthern Sports: Rethinking new ways to play through Mirimbol and Contrataque

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v13i3.45449

Keywords:

Sports; Physical Education; Teaching.

Abstract

Created in the municipality of Igarapé-Miri, in the interior of Pará, Mirimbol and Contrataque are the focus of this investigation. The objective was to analyze the knowledge of elementary school students regarding these two modalities in Santana, Amapá. The study was carried out with an exploratory and descriptive nature, with a sample of 200 students. In data collection, a questionnaire was used to verify the students' knowledge regarding the modalities researched. It was found in the results that in the reality investigated, little is known about these sports and they are still confused with game content. Most participants are unaware of the technical, historical aspects and specific characteristics of the two modalities investigated. It is concluded that it is necessary to consider regionalities in studies of this nature because it reveals the peculiarities of the national reality and the contribution of these sports, diversifying the content offered to students.

References

Andrade, E., Ferreira, T. & Silva, J. M. (2020). Hibridismo cultural nos currículos da educação física escolar. In.: Oliveira ESA. Educação física, infância e saúde em discussão: coletânea de estudos 2. Navegando Publicações.

Amstel, N. A. V., Bueno, I. A. S. & Marchi Júnior, W. (2021). Políticas públicas e gestão de novos esportes no Brasil: o caso do futsac. Corpoconsciência, Cuiabá-MT, 25(03): 168-187.

Andrade, M. M (2014). Introdução à metodologia do trabalho científico. (10a ed.), Atlas.

Batista, C., & Moura, D. L. (2019). Princípios metodológicos para o ensino da educação física escolar: o início de um consenso. Journal of Physical Education, 30(3041), 1-11.

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. Edições 70.

Bracht, V. (2005). Sociologia Crítica do Esporte: Uma Introdução. Unijuí.

Canan, F. (2020). Repensando um modelo de classificação dos jogos esportivos: uma proposta Inicial. Educación Física y Ciencia, 22(1), 1-22.

Carvalho, J. P. X., Barcelos, M., & Martins, R. L. D. R. (2020). Infraestrutura escolar e recursos materiais: desafios para a educação física contemporânea. Revista Humanidades e Inovação, 7(10), 219-237.

Costa, A. V. & Dias, M. F. S. (2023). Desafios para o ensino dos esportes não convencionais com pessoas idosas: a realidade de um Centro de Referência de Assistência Social. Ibero-American Journal of Health Science Research, 3(1), 27-33.

Farias, U. S., Nogueira, V. A., Sousa, C. A. & Maldonado, D. T. (2019). Educação Física escolar no ensino fundamental: o planejamento participativo na organização didático-pedagógica. Motrivivência, Florianópolis, 31(58): 01-24.

Gil, A. C. (2022). Como elaborar projeto de pesquisa. (7a ed.), Atlas.

Hildelbrando, R. (2021). Manbol: livro de regras. Belém: Federação Internacional de Manbol.

Kunz, E. (1994). Transformação didático-pedagógica do esporte. UNIJUÍ.

Marconi, M. A. & Lakatos, E. M. (2017). Fundamentos de metodologia científica. (8a ed.), Atlas.

Severino, A. J. (2018). Metodologia do trabalho científico. (24a ed.), Cortez.

Silva, M. C. M. & Duarte, C. P. (2019). Projetos Coletivos do Corujinha: algumas contribuições da Educação Física para o currículo em ação da escola. Instrumento: Rev. Est. e Pesq. em Educação, Juiz de Fora, 21(1), 129-138.

Silva, I. E. & Souza, D. S. G. (2022). Desafios e aprendizagens ao ministrar aulas na educação de jovens e adultos. 7º Encontro das licenciaturas. Educação em foco, 1(01): 1-5.

Soares, C. L., Taffarel, C. N. Z., Varjal, E., Catellani Filho, L., Escobar, M. O. & Bracht V. (1992). Metodologia do ensino de educação física. Cortez.

Sousa, D. A. S. & Santiago, M. L. E. (2018). Recursos didáticos e de infraestrutura: reflexo sobre as aulas de educação física em escolas públicas na cidade de Miguel Alves-PI. Revista do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica. Universidade Federal do Piauí, Teresina, 6(2), 34-44.

Tomita, A. S. F. & Canan, F. (2015). Modalidades esportivas “não tradicionais” – primeiros caminhos para uma denominação. In: Congresso regional de profissionais de educação física, Anais. Marechal Cândido Rondon, PR: Unioeste, 1(1), 17-19.

Tomita, A. S. F. & Canan, F. (2019). A utilização de modalidades esportivas não tradicionais em aulas de educação física escolar. Corpoconsciência, Cuiabá-MT, 23(2), 13-25.

Vieira, J. A. T., Costa, A. V. & Dias, M. F. S. (2023). A inserção de esportes não convencionais na iniciação esportiva: um relato de experiência. Ibero-American Journal of Health Science Research, 3(1), 72-78.

Published

01/04/2024

How to Cite

COSTA, A. V. .; DIAS, M. F. S. . orthern Sports: Rethinking new ways to play through Mirimbol and Contrataque. Research, Society and Development, [S. l.], v. 13, n. 3, p. e13413345449, 2024. DOI: 10.33448/rsd-v13i3.45449. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/45449. Acesso em: 15 jun. 2024.

Issue

Section

Health Sciences